in

Vagina Seca, Ressecada, o que fazer?

Vagina Seca, Ressecada, o que fazer?

Existe um problema que uma parcela da população brasileira feminina desconhece: Estamos falando de Vagina Seca. Um dos primeiros sinais que indicam ressecamento na região íntima, é quando a mulher começa a sentir dores e ardências durante uma relação sexual.

De acordo com estudos realizados, cerca e um quinto da mulherada não sabe sobre esse problema e muito como ir em busca de ajuda profissional para resolvê-lo. Para ser mais exato, um pouco mais de mil mulheres com faixa etária a partir dos dezesseis anos foram investigadas ao redor do país.

Presente Para o Seu Parceiro

Sauna e Spa Familiar para Homens

Conheça >> www.spawellbeing.com.br.

Elas tiveram que responder uma série de questões sobre esse assunto e no final das contas, apenas oitenta e oito por cento delas aparentava saber de fato sobre alguma coisa ligada a Vagina Seca.  Quase vinte por cento não fazia a menor ideia do que se tratava esse assunto.

Bom, para quem não sabe, a região vaginal pode sofrer com ressecamento, quando a sua produção de estrogênio se altera. Geralmente isso ocorre com mais frequência, no caso de mulheres que acabaram de ter um bebê ou que acabaram de entrar no período da Menopausa.

Outros fatores também podem promover mudanças na produção desse hormônio, como acontece com a parcela feminina que faz Quimioterapia para o combate ao Câncer mamário.

O problema de secura vaginal é algo que vai muito mais além das simples dores de caráter físico. Mulheres que enfrentam essa questão se sentem mais irritadas do que o normal, enquanto que outras também acabam se sentindo muito mais inseguras.  Há também a parcela feminina que acaba sofrendo com baixa estima.

Contudo, mesmo sofrendo com tais sintomas, a parcela que vai em busca de ajuda profissional ainda é muito baixa. Para se ter uma noção, um pouco mais de vinte por cento das mulheres que sentiram a região íntima seca, de fato foram atrás de um médico ginecologista em busca de auxílio. E sabe porque isso acontece? Veja a seguir:

  • A maioria das mulheres acham que a Vagina Seca e os seus desconfortos são naturais e melhoram com o tempo;
  • Outra boa parcela acha que secura na região não é algo relevante que precisa de tratamento;
  • E outras mulheres simplesmente não vão em busca de ajuda profissional porque alegam não ter tempo para isso no dia a dia.

Além dessas justificativas, acredita-se também que a falta de preocupação da mulherada frente a isso, é o fato delas não conhecerem verdadeiramente sobre o assunto e nem seu nível de seriedade.

Essa desinformação precisa ser solucionada, da mesma forma que acontece com as divulgações constantes sobre câncer mamário no outubro rosa, por exemplo. Precisamos conscientizar a mulherada de que a secura vaginal é um problema e que ela pode e deve tratá-lo para melhorar a sua qualidade de vida.

E pensando nisso o artigo de hoje irá esclarecer tudo o que envolve o assunto e ajudar a você e muitas mulheres a conhecerem mais sobre o tema, que é tão importante.

Basicamente, quando as paredes da Vagina ficam secas, acabam se inflamando e por conta disso, acabam se formando fissuras e rachaduras. Felizmente tem como controlar essa situação e dar um jeito nela de uma vez por todas.

A utilização de certos cremes hidratante próprios para a área, ajudam a proteger a mucosa íntima, por exemplo e uma boa alimentação também é fundamental. A soja, por exemplo, é um ótimo alimento para essa situação, pois promove o estímulo de maior produção de Estrogênio, reduzindo a secura da vagina.

Porém, independentemente de qualquer método de tratamento, o mais importante de todos é entrara em contato com seu próprio corpo. Se observar mais e não ter receio de ir em busca de ajuda profissional sempre que notar algo diferente.

Principais causas e sintomas típicos do Ressecamento da Vagina

Em determinadas fases, uma mulher pode acabar se deparando com secura vaginal, decorrente da falta de lubrificação na região. A vagina seca pode acabar atrapalhando significativamente a vida sexual de uma mulher, bem como afetá-la de diversas maneiras, principalmente no âmbito Emocional. Como já mencionamos, essa secura decorre da diminuição de Estrogênio no organismo feminino, atingindo principalmente as mulheres que acabaram de ser mães ou as que entraram no período da menopausa. Visto que ambas situações passam por uma queda da produção hormonal. Tratamentos específicos como Quimioterapia e Radioterapia, utilizados para pacientes com câncer, também acabam promovendo a queda hormonal e consequentemente a mulher pode vir a ter ressecamento na parte íntima. Dos sintomas que o problema gera e que mais incomodam a mulherada afetada são: • Coceiras no local; • Sensação de que a Vagina está queimando; • Irritação no local; • Redução da Elasticidade; • Dor durante a Relação Sexual. Há quem use o auxílio de lubrificantes a base de água para tentar resolver o problema, mas a solução é provisória e o ressecamento em si não acaba de vez. Na verdade, o lubrificante ajuda a promover alívio dos sintomas, mas o problema em si continua.

Em determinadas fases, uma mulher pode acabar se deparando com secura vaginal, decorrente da falta de lubrificação na região. A vagina seca pode acabar atrapalhando significativamente a vida sexual de uma mulher, bem como afetá-la de diversas maneiras, principalmente no âmbito Emocional.

Como já mencionamos, essa secura decorre da diminuição de Estrogênio no organismo feminino, atingindo principalmente as mulheres que acabaram de ser mães ou as que entraram no período da menopausa. Visto que ambas situações passam por uma queda da produção hormonal.

Tratamentos específicos como Quimioterapia e Radioterapia, utilizados para pacientes com câncer, também acabam promovendo a queda hormonal e consequentemente a mulher pode vir a ter ressecamento na parte íntima.

Dos sintomas que o problema gera e que mais incomodam a mulherada afetada são:

  • Coceiras no local;
  • Sensação de que a Vagina está queimando;
  • Irritação no local;
  • Redução da Elasticidade;
  • Dor durante a Relação Sexual.

Há quem use o auxílio de lubrificantes a base de água para tentar resolver o problema, mas a solução é provisória e o ressecamento em si não acaba de vez. Na verdade, o lubrificante ajuda a promover alívio dos sintomas, mas o problema em si continua.

A Vagina Seca é sinal de um problema maior?

Algumas pessoas têm essa dúvida: Será que o ressecamento da parte íntima é sintoma de enfermidade grave? Se você é uma delas fique tranquila, que a Vagina Seca só é um problema decorrente da queda de produção de Estrogênio.

Esse ressecamento não vai ser sinal de doença alguma, e é normal ele aparecer caso você esteja amamentando, na menopausa ou fazendo algum tratamento específico para alguma outra doença, como ocorre no caso do Câncer.

Toda mulher que entra na Menopausa sofre com Secura Vaginal?

Não necessariamente entrar na Menopausa já coloca a mulher na posição de sofrer com Vagina Seca. No primeiro ano desse período, por exemplo, cerca de u pouco mais de vinte por cento delas encara esse problema.

Depois dos primeiros três anos, essa porcentagem acaba ultrapassando quarenta e cinco por cento da mulherada que acaba ficando com a região íntima seca. A maioria delas acabam tendo problemas no aspecto sexual e a qualidade de vida acaba sofrendo também as consequências do problema.

Tem como prevenir Vagina Seca?

Felizmente tem como sim prevenir esse problema de ressecamento vaginal. E uma das medidas mais simples é ter relações sexuais regularmente, pois ato aumenta o fluxo sanguíneo e estimula a lubrificação vaginal prevenindo que o local fique ressecado.

Outra maneira de tratamento preventivo é repondo o hormônio que sofre queda, por intermédio da terapia de reposição. Esse tratamento pode ser realizado assim que a mulher entra no período da menopausa, prevenindo que ela sofra com o problema posteriormente.

Mas vale frisar que não é toda mulher que tem o aval para fazer esse tipo de reposição. Somente médico qualificado poderá indicar ou não o uso desse tipo de tratamento preventivo.

Principais dicas para a mulher que tem Ressecamento Vaginal

Quanto mais a mulherada souber e entender que Vagina Seca não tem nada de normal e tem que ser tratada, mesmo serão as que sofrerão com as consequências desagradáveis que esse problema pode trazer para suas vidas.

O alívio dos sintomas gerados pelo problema, podem ser contornados com o uso de Lubrificantes durantes as relações sexuais e o uso de cremes específicos para a região interna da vagina. Esses cremes são ótimos para serem usados no decorrer do dia, além do fato de que eles promovem a restauração da Lubrificação natural da região.

Presente Para o Seu Parceiro

Sauna e Spa Familiar para Homens

Conheça >> www.spawellbeing.com.br.

Outra notícia boa é que nos dias de hoje já existem diversas formas de cuidados para que a mulher consiga manter o controle da secura vaginal. Em vista disso, ela consegue ter mais domínio sobre os sintomas, de tal forma que sua vida sexual e sua qualidade de vida no geral não fiquem prejudicadas.

Aliás, existem vários métodos caseiros que podem ser utilizados para superar problemas com ressecamento da Vagina. No próximo tópico iremos ensinar seis receitinhas super fáceis para você fazer em casa e já notar melhoras. Aproveita todas elas mulher!

Receitas Caseiras para tratar Secura Vaginal

As receitas caseiras, além de ajudar a controlar os sintomas da Vagina Seca, estimulam a produção natural da lubrificação da área ainda protege a vagina de possíveis infecções. Abaixo você verá seis dicas naturais ótimas para combater a secura da vagina e o melhor: você pode usar elas quando você quiser, sem nenhuma restrição.

  1. Receita de Chá de Camomila

Para quem não sabe, o chá de camomila traz inúmeros benefícios e um deles é aliviar a inflamação e as coceiras provocadas pelo Ressecamento da Região da Vagina. Embora a infusão não estimule a produção natural da lubrificação íntima, ainda sim é uma das melhores formas caseiras de buscar alívio dos sintomas do problema; Para fazer é bem simples: Separe duas colheres de Flor de Camomila (cerca de vinte gramas aproximadamente), para cada um litro de água. A primeira coisa a se fazer é colocar a água no fogo e esperar ela ferver. Quando isso ocorrer, coloque a camomila e deixe descansando por uns dez minutos. Quando você notar que o chá está em uma temperatura não muito quente, coe ele e despeje a infusão em uma bacia grande, que te permita realizar um banho de assento. O ideal é você fazer esse banho diariamente até que note devidamente as primeiras melhoras.

Para quem não sabe, o chá de camomila traz inúmeros benefícios e um deles é aliviar a inflamação e as coceiras provocadas pelo Ressecamento da Região da Vagina. Embora a infusão não estimule a produção natural da lubrificação íntima, ainda sim é uma das melhores formas caseiras de buscar alívio dos sintomas do problema;

Para fazer é bem simples: Separe duas colheres de Flor de Camomila (cerca de vinte gramas aproximadamente), para cada um litro de água. A primeira coisa a se fazer é colocar a água no fogo e esperar ela ferver. Quando isso ocorrer, coloque a camomila e deixe descansando por uns dez minutos.

Quando você notar que o chá está em uma temperatura não muito quente, coe ele e despeje a infusão em uma bacia grande, que te permita realizar um banho de assento. O ideal é você fazer esse banho diariamente até que note devidamente as primeiras melhoras.

  1. Yogurte Branco

O Yogurte Branco, ou popularmente conhecido como Yogurte Natural é rico em Probióticos que ajudam a promover o controle da secura localizada na área da Vagina. Além de aumentar a quantidade de Bactéria boa na região, ele promove a regulação do PH, fazendo com que a lubrificação do local fique equilibrada. Para aproveitar seus benefícios é bem fácil: Separe duas colheres de Yogurte, que equivalem aproximadamente vinte e cinco gramas. E, seguida, com a Vagina bem higienizada, aplique o produto diretamente no local, mais precisamente nas partes externas vaginais. Deixe-o agindo por no mínimo vinte minutinhos. E pronto: é só enxaguar e repetir o processo duas vezes ao dia, regularmente até que se note melhoras.

O Yogurte Branco, ou popularmente conhecido como Yogurte Natural é rico em Probióticos que ajudam a promover o controle da secura localizada na área da Vagina. Além de aumentar a quantidade de Bactéria boa na região, ele promove a regulação do PH, fazendo com que a lubrificação do local fique equilibrada.

Para aproveitar seus benefícios é bem fácil: Separe duas colheres de Yogurte, que equivalem aproximadamente vinte e cinco gramas. E, seguida, com a Vagina bem higienizada, aplique o produto diretamente no local, mais precisamente nas partes externas vaginais. Deixe-o agindo por no mínimo vinte minutinhos. E pronto: é só enxaguar e repetir o processo duas vezes ao dia, regularmente até que se note melhoras.

  1. Chá de Valeriana

O chá da Valeriana é uma ótima forma de manter o controle natural das oscilações que o PH da Vagina acaba sofrendo, principalmente por conta de crises de Estresse. Os componentes da Valeriana promovem o relaxamento do corpo, melhora a produção de hormônios no organismo e ainda mantém conservada a umidade da Região íntima. Para o preparo da infusão separe uma colher da Valeriana (cerca de dez gramas), para cada xícara de água (cerca de duzentos e cinquenta milímetros). Depois é só ferver a água e adicionar a Valeriana, deixando-a em repouso por no mínimo dez minutos. O recomendado é tomar no máximo duas xícaras da bebida diariamente para obter seus benefícios.

O chá da Valeriana é uma ótima forma de manter o controle natural das oscilações que o PH da Vagina acaba sofrendo, principalmente por conta de crises de Estresse. Os componentes da Valeriana promovem o relaxamento do corpo, melhora a produção de hormônios no organismo e ainda mantém conservada a umidade da Região íntima.

Para o preparo da infusão separe uma colher da Valeriana (cerca de dez gramas), para cada xícara de água (cerca de duzentos e cinquenta milímetros). Depois é só ferver a água e adicionar a Valeriana, deixando-a em repouso por no mínimo dez minutos.

O recomendado é tomar no máximo duas xícaras da bebida diariamente para obter seus benefícios.

  1. Mistura de Cúrcuma com Leite

Misturar o Leite com um pouco de Cúrcuma, resulta em um excelente remédio natural para combater e diminuir as chances de se ter Infecção na Vagina. Além disso, a mistura estimula o aumento produtivo de hormônios no organismo. Tanto a Cúrcuma quanto o leite são próprios para a sensibilidade da pele do local, que acaba ficando mais irritada por conta do problema de secura. Para o preparo é só misturar uma colher da Cúrcuma (cerca de dez gramas), a cada seis colheres de Leite (aproximadamente sessenta milímetros). Para fazer o remédio natural, vá umedecendo a cúrcuma com o leite até que fique em ponto de pasta. Essa pastinha você irá aplicar no local afetado pelo problema e deixar agindo por no mínimo dez minutos. Depois, para retirar a pasta, utiliza água em temperatura morna e faça isso uma vez ao dia.

Misturar o Leite com um pouco de Cúrcuma, resulta em um excelente remédio natural para combater e diminuir as chances de se ter Infecção na Vagina. Além disso, a mistura estimula o aumento produtivo de hormônios no organismo.

Tanto a Cúrcuma quanto o leite são próprios para a sensibilidade da pele do local, que acaba ficando mais irritada por conta do problema de secura. Para o preparo é só misturar uma colher da Cúrcuma (cerca de dez gramas), a cada seis colheres de Leite (aproximadamente sessenta milímetros).

Para fazer o remédio natural, vá umedecendo a cúrcuma com o leite até que fique em ponto de pasta. Essa pastinha você irá aplicar no local afetado pelo problema e deixar agindo por no mínimo dez minutos. Depois, para retirar a pasta, utiliza água em temperatura morna e faça isso uma vez ao dia.

  1. Mistura de Calêndula com Malva

Fazer banho de Assento com a Calêndula e a Malva ajuda a controlar a irritação que o Ressecamento Vaginal provoca. Para preparar o banho é simples: Separe três colheres de sopa de Calêndula (aproximadamente trinta gramas) e mais três de Malva para cada dois litros de água. Depois que colocar a água para ferver, adicione ambos ingredientes e deixe descansando por dozes horas ininterruptas. Posteriormente é só coar a mistura e despejá-la em uma bacia para fazer o banho. Permaneça com as partes íntimas mergulhadas por pelo menos cinco minutos e repita o banho de assento diariamente até ver melhoras nítidas.

Fazer banho de Assento com a Calêndula e a Malva ajuda a controlar a irritação que o Ressecamento Vaginal provoca. Para preparar o banho é simples: Separe três colheres de sopa de Calêndula (aproximadamente trinta gramas) e mais três de Malva para cada dois litros de água.

Depois que colocar a água para ferver, adicione ambos ingredientes e deixe descansando por dozes horas ininterruptas. Posteriormente é só coar a mistura e despejá-la em uma bacia para fazer o banho. Permaneça com as partes íntimas mergulhadas por pelo menos cinco minutos e repita o banho de assento diariamente até ver melhoras nítidas.

  1. Gel da Babosa

E por fim temos o Gel da Babosa como grande aliado das mulheres que sofrem com Vagina seca. O mesmo tem em sua composição, substância que ajudam a diminuir a irritação e as coceiras que o problema provoca na região acometida por ele. Além disso, o gel estimula a produção natural da lubrificação da vagina. Sem contar que ele possui propriedades Anti-inflamatórias e Antibacterianas, fato este que ajuda a prevenir futuras infecções no local. Para preparar a receita separe duas colheres do gel da babosa (cerca de trinta gramas), para cada duas gotinhas de óleo de Árvore do chá. Depois que misturar bem ambos ingredientes, é só aplicar diretamente no local e fazer isso duas vezes ao dia, até que se note as devidas melhoras no ressecamento. Resumindo, qualquer uma das receitas acima indicadas são ótimas para combater o problema de Vagina Seca. Você pode testá-las e ver qual a que melhor se adapta a você. Mas não deixe de ir em busca de ajuda médica, para que você possa tratar o problema de forma eficiente, usando os métodos caseiros como complemento adicional. Não esqueça de chamar as amigas e familiares para aprender as dicas e tudo a respeito sobre o Ressecamento Vaginal. Todas nós merecemos melhorar a nossa qualidade de vida não é mesmo? Se você tem enfrentado esse problema, não sinta vergonha. É algo normal de acontecer, mas tem tratamento e você não pode deixar de ser feliz por conta de certos incômodos. Cuide de você e ensine as meninas e mulheres da sua vida a se cuidarem também. Todas merecem viver bem!

E por fim temos o Gel da Babosa como grande aliado das mulheres que sofrem com Vagina seca. O mesmo tem em sua composição, substância que ajudam a diminuir a irritação e as coceiras que o problema provoca na região acometida por ele. Além disso, o gel estimula a produção natural da lubrificação da vagina.

Sem contar que ele possui propriedades Anti-inflamatórias e Antibacterianas, fato este que ajuda a prevenir futuras infecções no local. Para preparar a receita separe duas colheres do gel da babosa (cerca de trinta gramas), para cada duas gotinhas de óleo de Árvore do chá.

Depois que misturar bem ambos ingredientes, é só aplicar diretamente no local e fazer isso duas vezes ao dia, até que se note as devidas melhoras no ressecamento.

Resumindo, qualquer uma das receitas acima indicadas são ótimas para combater o problema de Vagina Seca. Você pode testá-las e ver qual a que melhor se adapta a você. Mas não deixe de ir em busca de ajuda médica, para que você possa tratar o problema de forma eficiente, usando os métodos caseiros como complemento adicional.

Não esqueça de chamar as amigas e familiares para aprender as dicas e tudo a respeito sobre o Ressecamento Vaginal. Todas nós merecemos melhorar a nossa qualidade de vida não é mesmo?

Se você tem enfrentado esse problema, não sinta vergonha. É algo normal de acontecer, mas tem tratamento e você não pode deixar de ser feliz por conta de certos incômodos. Cuide de você e ensine as meninas e mulheres da sua vida a se cuidarem também. Todas merecem viver bem!

Avatar

Written by Carolina Santos

Deixe uma resposta

Como usar e colocar Absorvente Interno? OB

Como usar e colocar Absorvente Interno? OB

Como Tirar Espinha Interna Urgente? O que fazer?