in

Tight Lacing: O que é? Faz Mal?

Quais são as vantagens de usar corset dicas de menina

A prática Tight Lacing, ou laço apertado, em uma tradução literal é o nome dado à prática de usar um corset por longos períodos, no intuito de alterar a silhueta reduzindo a cintura. Corset, tight lacing e cintas modeladoras.

Afinar a cintura pode trazer riscos à saúde. Então vale todo o cuidado. Em contra partida, estão os movimentos femininos que prezam pela liberdade de formas e roupas, grupos no Facebook reúnem mais de 150 mil mulheres adeptas do espartilho. 

Mulheres de todas as idades e etnias têm desafiado algumas regras impostas pela sociedade ser magra demais, ter cabelos lisos e compridos, ficar livre de celulites. Algumas, porém, encontraram o empoderamento justamente no símbolo que representa uma época de ditadura.

Que retrata a beleza feminina de quatro séculos atrás. O corset adeptas à prática do tight lacing para moldar formas e diminuir medidas. A prática que divide opiniões, o Tight Lancing para modelar a cintura, é assunto polêmico.

Tight Lacing Exercícios

Tight Lacing Exercícios dicas de menina

Os exercícios são fundamentais assim como a ida ao médico. O ideal é que seu tronco já esteja fortalecido assim que começar a usar o corset para a prática do Tight Lacing. Comece aos poucos os exercícios até chegar na quantidade recomendada.

O período inicial é super importante para adaptação da prática do Tight Lacing, é a chance que você dá ao seu corpo para ele se acostumar lentamente com esta peça e evitar ao máximo que ele sofra pelo trauma do aperto constante.

Após esse período inicial o corset também ficará bem melhor e ajustado ao seu corpo. Neste momento o corset não pode de maneira alguma ser apertado totalmente. Use junto ao corpo e com o passar dos dias você irá apertando um pouco mais, de forma bem gradual e lenta dia a dia.

Se depois, sentir dor, não continue a prática. Reveja passo a passo sobre o que você pode estar fazendo de errado, por exemplo: Será que está apertando demais? Fazendo exercícios de menos? Será que ficar menos tempo seria melhor?

Fique atenta a isso e respeite o tempo e limites do seu corpo. Você tem que manter uma boa postura também. Quando usar o corset, ele ajudará nisso, mas se tiver problemas, não será solucionado com a prática e poderá piorar.

Como Fazer Um Corset Para Tight Lacing

Corsets são peças cortadas em múltiplos painéis, unidos por numerosas costuras e estruturados com hastes rígidas para assegurar que a peça não deforme sob a tensão da redução praticada no perímetro da cintura.

Tem a função de ajudar a postura, dar suporte abdominal e delinear de forma destacada o contorno da cintura. Considerado por alguns como agressão ao corpo, o TL gera discussões, principalmente pelas suas praticantes que defendem o seu uso.

Algumas mulheres sentem dor, ao usar Tight Lacing, é um AVISO que o seu corpo está te dando para algo que antes não estava acontecendo. E no Tight Lacing você tem que ficar atenta a isso.

Além da dor, o corpo poderá apresentar também, feridas, inchaços, manchas roxas. Tudo o que você não notava antes no seu corpo que notou depois do TL, tem que ficar ligada. E procurar um médico especialista sempre que necessário. 

Embora a dor seja um sinal de algo errado no seu corpo, infelizmente muitas mulheres cometem o erro de ignorar essa reação do corpo. Achando que vai passar, mas isso poderá trazer danos enormes. É normal sentir um desconforto no começo, mas não dor.

O desconforto existe afinal, você nunca usou algo que restringe tanto os movimentos do tronco. É importante a orientação do médico especialista, para quem vai começar a prática do Tight Lacing.  Só assim, irá garantir uma orientação adequada.

Caso tenha algum problema de coluna já pré existente, não é recomendado a prática, pois poderá piorar. Mesmo uma lordose leve ou escoliose leve, é importante que o médico libere a prática. Isso vale para quem tem seios grandes ou silicone.

Problemas com vasinhos e circulação, também merecem grande atenção. Além de ser liberada pelo médico, é importante ir as consultas durante a prática do Tight Lacing, para verificar se o procedimento não está afetando o seu corpo de forma negativa. 

Isso é um cuidado a mais assim como todos os outros cuidados durante a prática. São importantes para que você consiga fazer um TL consciente de tudo que pode acontecer e de forma tranquila e gradual, sem traumatizar muito seu corpo e exageros devem ser evitados. 

Tight Lacing é uma modificação corporal óssea que por tabela envolve outros tantos órgãos. E por isso você deve ter atenção a qualquer sinal de dor, já que por si só a pratica é bastante agressiva, e poderá trazer problemas a sua saúde.

Quais são as vantagens de usar corset?

O corset tem um efeito profundo de reeducação corporal. Sua estrutura firme melhora a postura, modela o corpo e reduz efetivamente medidas, afinando até 10 cm a cintura e reduzindo o acúmulo de gordura na região abdominal.

A peça também auxilia em dietas, pois força o controle alimentar e reduz o chamado estômago alto. O corset está presente no guarda-roupa feminino há mais de 300 anos, mas foi apenas no final dos anos 70 que deu literalmente a volta por cima e passou a ser usado à mostra.

A Prática do Tight Lacing

Tight Lacing é a denominação internacional dada à prática de usar espartilhos progressivamente ajustados a fim de reduzir alguns centímetros na cintura durante o uso. Mesmo que não seja a intenção, essa prática pode reduzir a cintura, inclusive depois que a peça for removida.

No Brasil, considerando o desconhecimento sobre o tema, a criadora da marca Madame Sher, Leandra Rios, popularizou o uso do termo Tight Lacing para se referir também ao treino que é feito para reduzir a cintura e melhorar a postura.

Qual o melhor modelo para começar o Tight Lacing?

Waist Cincher em tela dicas de menina

Os underbusts destinados a treino devem ser mais curtos da cintura para cima, a fim de não interferir na expansão torácica durante a respiração e não projetar os seios durante os períodos em que o corpo estiver sentado.

O modelo mais confortável, e utilizado entre as mulheres, é o Waist Cincher em tela. Este tipo de corset faz pressão apenas na cintura, deixando o tórax livre. Na primeira fase do treino, a adaptação, é muito importante optar por um modelo leve e confortável. 

Cuidados e contra-indicações

O treino para a redução definitiva de medidas da cintura requer uma série de cuidados, incluindo acompanhamento médico e exercícios de compensação para a musculatura que passa parte do dia sustentada pela estrutura do corset.

A prática Tight Lacing, exige disciplina a fim de usufruir os benefícios da mudança corporal sem sucumbir aos potenciais danos físicos. Não poderá ser usado por gestantes, crianças ou pessoas que tenham problemas de saúde, dores na coluna.

Quantas horas por dia praticar Tight Lacing?

Geralmente o uso do corset durante seis a oito horas diárias é suficiente, garantindo resultados a partir de duas semanas. Pode usar o corset por mais tempo, desde que seja combinados com a prática regular de abdominais na mesma proporção.

O uso muito prolongado do corset tende a refletir em perda do tônus muscular da região abdominal, que é compensada com exercícios específicos, de preferência com acompanhamento de um especialista da área, para não ter problemas.

É necessário consultar um médico antes de começar o treino com o corset, para saber se não existem contra-indicações no seu caso. Além da consulta inicial, que verificará possíveis comprometimentos de órgãos internos, problemas circulatórios, de coluna, respiratórios e outros.

É importante que haja um acompanhamento semestral com um ortopedista. A escolha do modelo do corset deve ser baseada no uso a que a peça se destina. Os corsets para uso fashion não têm restrição de modelo e material, podendo ser escolhidos de acordo com o gosto pessoal.

Você encontra vários modelos no mercado, fica livre a escolha. Também tem a opção por alguns fabricantes, de mandar seu próprio desenho ou solicitar uma releitura de modelos internacionais e fazer conforme as suas medidas.

Agora, se o intuito é a redução de medidas através do uso diário do corset, os modelos adequados são os UnderBusts ou Waist Cinchers. É importante o uso de um produto de qualidade, neste caso, opte por tecidos e acabamentos em fibras naturais como algodão.

Leve também em consideração o seu tipo de corpo: espartilhos com painéis diagonais dão melhor sustentação ao baixo ventre e são especialmente recomendados para mulheres de manequins a partir do 40. Painéis paralelos valorizam mulheres magras.

É possível encontrar diversos modelos e materiais. Mas o importante é ser do seu tamanho, para segurança e conforto do corset. Para isso, é muito importante que as medidas sejam tiradas corretamente.

Tire as medidas sem folgas, mas com cuidado para não apertar a fita métrica.  Todos os corsets são ajustáveis, mas mesmo assim é importante que as medidas estejam corretas para que a peça tenha um caimento perfeito.

  • Busto- circunferência do busto na altura dos mamilos
  • Tórax- circunferência da linha abaixo dos seios.
  • Cintura- dois dedos acima do umbigo.
  • Bacia- quatro dedos abaixo do umbigo.
  • Quadril- parte mais larga do corpo

Como vestir o Corset?

Como vestir o Corset dicas de menina

Todo o processo deve ser feito diante de um espelho, para você conferir se o ajuste está sendo feito de forma correta nos pontos necessários. Antes de vestir o corset abra a amarração das costas ao máximo, sem desfazer o nó inferior.

Coloque o corset aberto ao redor do corpo e encaixe os fechos frontais. Para facilitar essa tarefa você pode inclinar levemente o fecho do lado direito e posicioná-lo em cima dos pinos. Encaixe primeiramente os fecho centrais e depois siga para as extremidades.

Vire-se de costas para o espelho. Caso esteja usando painel protetor para as costas, posicione-o corretamente, esticando-o sobre as costas, antes de começar a ajustar o corset. No meio da amarração das costas existem dois elos.

Puxe-os com os polegares. Não é necessário fazer muito esforço. Pegue o cordão pela parte inferior do elo e puxe-o para cima. Enrole o fio na mão para ter mais firmeza no pulso e continue puxando até ajustar a parte inferior do corset.

Tome cuidado para não apertar demais a região para evitar prender a circulação sanguínea. Agora faça o processo inverso. Encontre a parte superior do elo e puxe para baixo. Continue puxando até ajustar o corset perfeitamente ao tórax, sem excessos.

Um corset apertado no tórax pode causar enorme desconforto, marcar a pele mais que um sutiã e até dificultar a respiração. O ajuste principal é feito depois que o primeiro nó é dado, puxando o cordão para as laterais com força. Este nó é o segredo do ajuste perfeito do corset.

Dicas de uso e conservação do corset para Tight Lacing

Dicas de uso e conservação do corset para Tight Lacing dicas de menina

Evite usar a peça diretamente sobre a pele, principalmente durante longos períodos. O uso de um tubo de malha ou segunda pele ajuda a proteger sua pele do atrito e seu corset da transpiração e resíduos corporais.

Não empilhe outras peças de roupa sobre seu corset, procure não usar o cordão amarrado ao redor da cintura para evitar deformar a peça. Essa prática deforma as barbatanas e desgasta o tecido ao redor da cintura.

Modelos com bojo pré-moldado requerem cuidados especiais: alguns deles têm estrutura metálica embutida para firmar o decote. Tome cuidado para não deformar essa estrutura e sempre a ajuste assim que vestir o corset, para um bonito caimento da peça.

Lave seu corset à mão, com sabão neutro, de preferência num dia quente, para que seque rapidamente. Nunca use máquina de lavar ou centrífuga. Não torça, apenas vá apertando a peça no sentido do comprimento para tirar a água e deixe secar naturalmente.

Nunca tente dobrar seu corset nem usar o ferro nele. Modelos em couro ou verniz devem ser limpos com pano úmido e arejados de tempos em tempos.

Você também pode aplicar hidratante corporal no couro com pano macio para recuperar brilho e maciez, ou usar produtos específicos de conservação destes materiais.

Os corsets em verniz sintético podem ser lavados ocasionalmente. Modelos de brocado, seda pura ou bordados devem ser limpas a seco por uma lavanderia de confiança com experiência nesse tipo de peça.

Os fechos frontais fazem uma grande diferença na hora de colocar seu corset, pois com eles você não precisa desfazer e refazer a complicada amarração das costas todas as vezes em que for usar. Assim, você poderá vestir sozinha e rapidamente sem precisar de ajuda.

Todos os corsets tem amarração nas costas, desta amarração depende o correto ajuste da peça, que deve ser feito pela cintura, ao contrário das imitações, onde o laço é dado na parte inferior traseira do corset ou corpete.

Tight Lacing Escoliose

Nem todos podem praticar o Tight Lacing, por isso, é sempre importante obter a liberação médica para que se inicie a prática. Não é recomendado para gestantes ou no período de pós parto.

Entre outros casos, devem evitar o Tight Lacing, as pessoas com problemas respiratórios crônicos; Problemas cardíacos; Problemas de ordem circulatória; Problemas gástricos crônicos; Com algum problema no funcionamento de órgãos.

Ou pessoas com desvios graves de coluna ou Hérnia de disco Esclerose múltipla; Sedentarismo; E jovens e crianças com formação óssea ainda incompleta.

Essa lista pontua apenas os casos mais comuns de contraindicações para a prática do Tight Lacing. É indispensável a prévia consulta aos médicos competentes da área. Bem como a introdução supervisionada por profissional dos exercícios físicos recomendados.

A escoliose ocorre mais frequentemente durante o pico de crescimento pouco antes da puberdade. A maioria dos casos são leves, com poucos sintomas. Algumas crianças desenvolvem deformidades na coluna vertebral que se tornam mais graves à medida que elas crescem.

A escoliose grave pode ser dolorosa e incapacitante. Geralmente não é preciso fazer nenhum tipo de tratamento, mas cirurgia e uso de coletes podem ser necessários em casos mais graves. Não sendo possível realizar a prática Tight Lacing.

Tight Lacing Fitness

Usar cinta na academia não faz perder medidas e ainda coloca sua saúde em risco. Ela não trará benefício nenhum, na academia você vai suar com a peça e com isso possivelmente sujar, danificar e deixar a peça em situação de higiene desfavorável.

Assim, a peça irá estragar, tendo um prejuízo financeiro desnecessário. Além de prejudicar a saúde, porque peças em academia, podem lhe gerar problemas de pele, fungos, alergias e atrapalhar na sua performance de treino.

Também vai atrapalhar na circulação sanguínea e o trabalho de fortalecimento do abdômen e lombar que de fato é muito importante para quem se exercita, pois é a nossa sustentabilidade principal do corpo todo. 

Corset Tight Lacing Usado

Corset Tight Lacing Usado dicas de menina

A questão de usar um corset usado, vai depender da situação. Se for para uso fashion, para compor uma roupa para uma balada, não há problemas em utilizar um usado. Agora, se a intenção for para fazer prática do Tight Lacing.

Não é uma boa idéia usar um corset usado para Tight Lacing, poderá ser uma economia que não trará benefícios ou ao contrário, vai prejudicar sua saúde. Ao comprar um corset usado, para praticar a TL, poderá adquirir uma peça inapropriada.

O que vai acarretar em danos físicos. Pois o tecido já pode estar gasto e moldado no corpo da outra pessoa. O que seria impossível ajustar no seu corpo sem gastar pelo reparo. Então a economia de comprar um corset usado, poderá não existir. 

Medidas como tórax, cintura, bacia, medida do comprimento do tronco, medida do comprimento do tórax até a cintura e da cintura até a bacia. Inclusive o peso. Tudo isso é importante para usar o corset da forma correta.

Então levando isso em consideração. E a saúde do seu corpo que não tem preço, melhor fazer uma pesquisa de um preço melhor, e adquirir um corset novo, sob medida, com o seu peso e modelar no seu corpo.

Tight Lacing Treino Noturno

Uma boa noite de sono é muito importante. Então após o período de adaptação, o corset tem que ficar confortável para ser utilizado durante o sono. Tem mulheres que conseguem dormir com o corset e outras não. Se isso for atrapalhar, é melhor não usar.

Durante o sono o hormônio do crescimento humano (HGH) ajuda músculos, ossos e outros tecidos a se regenerarem, e ele é liberado em estágio de sono profundo, por isso uma boa noite de sono realmente pode melhorar aspectos de pele, cabelo e bem-estar no geral.

Durante o sono também outro fator interessante é que a temperatura do nosso corpo cai devido a inatividade dos nossos músculos. Durante o sono a coluna se expande por não precisar aguentar a pressão do peso do seu corpo e a pressão sanguínea diminui consideravelmente durante o sono.

Esses são pontos importante para ter consciência ao realizar o treino noturno. Antes de mais nada é de extrema importância terminar o período de adaptação para dormir com o corset. O corset deve estar ajustado de forma leve.

E as extremidades um pouco largas, o corpo precisa de espaço para o inchaço noturno. Ao se deitar você precisa continua confortável, respirar bem e manter uma posição adequada. Para o treino noturno não há necessidade de tantos abdominais quanto para o treino diurno.

O que não pode é negligenciar de vez esses exercícios e acabar enfraquecendo a musculatura, é bom checar cada caso com o profissional da área. Mas um treino padrão seria entre 3x ou 4x na semana. Isso já garante uma estabilidade na saúde da sua musculatura abdominal.

Vale lembrar que por ser uma musculatura de sustentação ela merece uma atenção maior. É simples, porém precisa ser feito com cuidado e responsabilidade. Para não atrapalhar o seu sono e a saúde do seu corpo.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Conheça Todos! Dicas de Menina

Tipos de Parto: Conheça Todos!

O que é? Como Recuperar? Dicas de Menina

Cabelo Poroso: O que é? Como Recuperar?