Categorias
Bem Estar Diversos

Menarca – Qual o significado, Menarca Precoce, Menarca Tardia

Você sabe qual o significado de menarca? Trata-se da primeira menstruação da mulher, marcando a transição da fase infantil para a adolescência.

A menarca atinge meninas que tenham idades de nove a quinze anos. Quando ela acontece em meninas com oito anos ou menos é conhecida como menarca precoce e quando acontece em meninas após os catorze anos, como menarca tardia.

Mas por que isso acontece? Pode trazer algum problema?

É o que você vai ver neste artigo. Vamos conferir?

Como ocorre a primeira menstruação?

A menarca ocorre quando o organismo da menina compreende que ela está sexualmente amadurecida para receber os espermatozoides masculinos para que assim possa ocorrer a fecundação.

Quando a fecundação não ocorre a menstruação acontece. A menstruação é marcada pela eliminação do óvulo (que não foi fecundado) e descamação do endométrio (tecido que reveste o útero).

O endométrio aumenta de tamanho todos os meses preparando-se para receber o óvulo fecundado, que dará a origem ao bebê. Essa fase é conhecida como proliferativa.

A segunda fase é a secretora e ocorre quando o endométrio recebe nutrientes para ajudar na implantação e nutrição do feto.

Mas quando isso não acontece ele passa a não receber mais nutrientes e desgruda do útero, retornando ao tamanho normal. Conforme o endométrio descama é gerado um sangramento, conhecido como menstruação. E assim ocorre a fase menstrual.

Depois tudo volta a acontecer, assim dando origem ao ciclo menstrual.

Quais os primeiros sinais da menarca?

Existem alguns sinais que você pode notar para saber se a menarca está próxima ou acontecendo, entre eles:

Aparecimento de pelos pubianos, desenvolvimento das mamas e quadris e saída de secreção vaginal esbranquiçada ou amarelada podem ocorrer alguns meses antes da menarca acontecer. 

Uns seis meses antes da menarca a menina pode crescer rapidamente, podendo ganhar de 8 a 10 cm por ano. Assim quando a menstruação vem ela já chegou a mais ou menos 96% da altura que chegará na idade adulta e então cresce em um ritmo mais lento.

Já sinais como dor no abdômen, alteração no humor como tristeza e irritação, corpo um pouco inchado devido à retenção de líquidos e sangramento na região da vagina, são sinais que a menarca está acontecendo.

Como é o sangue da primeira menstruação?

Foto: via Femme

O sangue da menarca varia de pessoa para pessoa. Existem casos de meninas em que o corrimento é menor e outros que o corrimento é maior.

Geralmente o fluxo começa grande e com o passar dos dias vai diminuindo.

A coloração é vermelha escura, quase vinho e quando entra em contato com o ar sofre oxidação e por isso o sangue fica mais escuro.

Se o corrimento é maior o sangue é mais claro, pois ele sai rapidamente, assim tem um tempo menor para ser oxidado. Mas se o corrimento é menor o sangue demora mais para sair e por isso é oxidado mais facilmente e assim fica mais escuro.

Também pode acontecer de ter a presença de coágulos no sangue, muco e pedaços de tecido, que faziam parte do endométrio. 

Quanto tempo dura a menstruação?

A menstruação pode durar de três a oito dias. Após a menarca não se sabe quando vai ocorrer a próxima menstruação. Isso acontece porque o ciclo menstrual da menina é irregular, e geralmente se mantém assim nos primeiros dois anos.

Existe a possibilidade de a menina apresentar sangramento vaginal no meio do ciclo. Esse sangramento não está associado à ovulação podendo ocorrer em um período menor que vinte e quatro dias ou em um período maior que trinta e oito dias de pausa de uma menstruação para outra.

Esse sangramento é conhecido como sangramento anovulatório disfuncional e costuma ocorrer em grande fluxo.

Com que idade ocorre a menarca?

Foto: via Guia da Debutante

De acordo com a médica mastologista e ginecologista Sheila Sedicias, a primeira menstruação costuma ocorrer em meninas com idade entre 9 a 15 anos, na fase que elas estão entrando na adolescência.

 No entanto a idade pode variar de acordo com alguns fatores, como:

  • Fatores hormonais;
  • Estilo de vida;
  • Obesidade;
  • Fatores genéticos como casos de menarca em mulheres da mesma família.

 Por que ocorre a menarca precoce?

Quando a menarca ocorre em meninas com idade de oito anos ou menos é chamada de menarca precoce.

Não se sabe exatamente por que a menarca precoce acontece, mas depois da década de 1970 a menstruação que acontecia entre os dezesseis e dezessete anos começou a ocorrer cada vez mais cedo.

E alguns fatores podem influenciar, como:

  • Excesso de peso;
  • Exposição ao plástico desde o nascimento;
  • Exposição a hormônios estrogênios desde bebê;
  • Doenças relacionadas ao sistema nervoso central, como encefalite, paralisia, meningite e cisto cerebral;
  • Radiação no sistema nervoso central;
  • Síndrome de McCune-Albright (causada por mutação genética);
  • Traumas nos ovários como neoplasia ou cistos foliculares;
  • Hipotireoidismo primário grave;
  • Tumores da supra-renal que produzem estrogênio. 

A Dra Sheila Seidicias aconselha aos pais levar a criança ao pediatra para que o médico possa avaliar se a menina está com algum problema de saúde.

A menarca precoce pode causar doenças e problemas de saúde como:

  • Transtornos psicológicos e de comportamento;
  • Ter baixa estatura na idade adulta;
  • Maior risco em apresentar excesso de peso;
  • Pressão alta;
  • AVC;
  • Diabetes tipo 2;
  • Doenças do coração;
  • Alguns tipos de câncer relacionados à exposição desde cedo ao hormônio estrogênio.

Dependendo do caso, o pediatra pode aconselhar os pais atrasarem a menarca da menina até os 12 anos de idade. Isso geralmente é feito através de injeções que contém um hormônio que proporciona esse atraso.

Por que ocorre a menarca tardia?

Quando a menarca ocorre em meninas a partir dos catorze anos significa que se trata de menarca tardia. A menarca tardia também é conhecida como amenorreia primária.

Ela pode acontecer quando a menina não desenvolve as características sexuais esperadas para a idade.

Mas também há outros fatores que influenciam, como: alterações cromossômicas, deformidade nos órgãos genitais, peso menor que o normal, diabetes mal controlada, hipotireoidismo, alterações nutricionais, doenças relacionadas ao cérebro, traumatismos cranianos, cirurgia e radioterapia.

É importante que as meninas consultem um ginecologista para que possa verificar qual a causa da menarca tardia e assim tomar medidas para não prejudicar o desenvolvimento.

Em caso de um atraso grave que afetem a vida social da menina (como se sentir diferente e inferior aos colegas da mesma idade, o que pode gerar baixa autoestima, depressão e problemas na escola) é indicado fazer um tratamento.

O tratamento geralmente é feito com a aplicação de doses baixas de estrogênio.

De acordo com a endocrinologista pediátrica Sarah Baccarini os adolescentes ficam muito preocupados quando percebem que seus amigos estão crescendo e se desenvolvendo mais que eles.

Ela também fala que outra razão para o atraso no desenvolvimento tanto de meninas quanto meninos seja a parte emocional que pode se tornar ainda mais negativa através das diferenças físicas entre esses adolescentes e os amigos.

Dúvidas

Foto: via Lux Adamantis

Confira algumas perguntas e respostas que podem te ajudar a tirar algumas dúvidas sobre a menarca e assuntos relacionados à menstruação.

Quanto tempo demora para a menstruação ficar regular?

Como vimos, a menstruação durante os dois primeiros anos é irregular, isso acontece porque a ovulação não ocorre da forma correta.

Cerca de 95% das mulheres começam a ter menstruação regular após três anos da menarca. No entanto pode haver variação de cinco a sete anos.

Quantos dias tem o ciclo menstrual?

Quando o ciclo menstrual é regular costuma ter de vinte e oito a trinta e cinco dias. Mas ciclos menstruais irregulares podem ter variação entre vinte e quatro e trinta e oito dias.

É possível ocorrer a menstruação sem que tenham havido a ovulação?

Não, pois a menstruação só ocorre quando há a ovulação e ela não foi fecundada. E se a ovulação não acontece não há como ter o crescimento do endométrio e sua descamação e, portanto a menstruação não acontece.

Só há essa possibilidade em caso de mulheres que tomam anticoncepcionais, pois esses medicamentos impedem a ovulação da mulher, mas ao mesmo tempo estimulam o aumento do endométrio. E por isso acontece a menstruação.

É comum a mulher ter dor intensa durante a menstruação?

Foto: via Gazeta do Povo

Apesar de ter algumas mulheres que sofrem muito com as cólicas menstruais, isso não é normal. É necessário ir a um ginecologista e realizar um tratamento.

Também pode acontecer de a mulher começar a ter dores fortes após um tempo ou depois que tem filhos. Nesse caso também é necessário consultar um ginecologista, pois pode se tratar de endometriose ou outro problema relacionado ao sistema reprodutor. 

É possível sangrar fora do período menstrual?

Sim, pode acontecer o sangramento de escape. Ele geralmente ocorre em mulheres que fazem uso de anticoncepcional, pois os hormônios deixam o endométrio mais fino, fazendo com que os vasos sanguíneos fiquem mais expostos e assim seja mais fácil haver o sangramento.

Isso acontece nos primeiros três meses em que a mulher está usando o medicamento. Porém depois desse período o sangramento de escape dificilmente acontece.

No entanto o escape também pode ocorrer se a mulher se esquece de tomar a pílula ou está usando de forma incorreta.

Mas se esse não é o seu caso é bom consultar um ginecologista para ver se e é necessário trocar o anticoncepcional ou se trata de outros problemas como mioma no útero, lesões no colo do útero, pólipo endometrial, entre outros.

Se a mulher nunca teve uma relação sexual pode usar absorvente interno?

Pode, pois o hímen (membrana que ajuda a proteger a menina contra infecções genitais) contém um orifício, por onde o sangue escoa durante a menstruação. E é nesse orifício que o absorvente interno é encaixado.

Existe o mito que o absorvente interno pode romper o hímen, mas de acordo com a ginecologista Paula Bortolai se o absorvente tiver o tamanho proporcional e a colocação for feita da forma correta então não há perigo de romper o hímen.

No entanto seu tipo de hímen pode ser diferente por isso é indicado ir a uma ginecologista para saber qual tamanho de absorvente interno você deverá comprar e como colocá-lo.

É bom dormir com o absorvente interno?

Não, pois o absorvente interno não deve ser mantido por muitas horas sem trocar, devido ao fato de aumentar o risco de haver infecção na região íntima.

Quantas vezes por dia se deve trocar o absorvente?

É indicado que o absorvente seja trocado a cada quatro horas, dessa forma diminui o risco de ocorrer proliferação de bactérias e consequentemente infecções.

Em que idade a mulher entra na menopausa?

Geralmente a mulher entra na menopausa entre os quarenta e cinco e cinquenta e cinco anos de idade. No entanto pode ocorrer casos em que a mulher tem menopausa precoce, que pode ocorrer antes dos 40 anos. Isso acontece, pois os ovários faleceram mais cedo que o normal.

De acordo com um estudo do International Collaboration for a Life Course Approach to Reproductive Health and Chronic Disease Events (INterLACE consortium) mulheres sem filhos que tiveram a menarca antes dos onze anos de idade tiveram a menopausa precoce.

Fatores como não ter filhos, ciclo menstrual irregular, e problemas relacionados ao sistema reprodutor como endometriose e síndrome do ovário policístico também podem influenciar.

Quais os cuidados que se deve tomar durante a menstruação?

Existem alguns cuidados que você deve tomar durante a menstruação, já que é um período muito delicado na vida da mulher e que mexe não só na parte física, mas também no emocional.

Entre esses cuidados, estão:

Alimentar-se bem

Foto: via Meditando no Dia a Dia

É importante comer alimentos saudáveis, pois dessa forma você vai ajudar seu corpo a trabalhar melhor e produzir hormônios saudáveis para ovular de forma adequada. Uma dica é comer alimentos ricos em ômega 3 para ajudar a diminuir as cólicas.

Evite usar roupas apertadas

É bom se manter confortável para assim poder se movimentar com liberdade e também ventilar a área íntima. Também é indicado usar calcinha de algodão, que é mais confortável.

Tomar muita água

A água ajuda a eliminar as toxinas do corpo através do suor e da urina e assim diminui a retenção de líquidos.

Faça exercícios físicos

Foto: via Personare

Pode parecer estranho, mas fazer exercícios físicos pode ajudar a proporcionar bem-estar no período menstrual, pois eles ajudam a diminuir a ansiedade, aliviar a dor e melhorar a disposição. Entre alguns exercícios indicados está a yoga.

Durma bem

É essencial dormir bem sempre, pois é durante o sono que nosso corpo se recupera e pode funcionar melhor, fortalecendo o sistema imunológico e ajudando a diminuir o estresse. Por isso é muito importante ter uma boa noite de sono durante a menstruação.