in

Mal Cheiro na Vagina, o que Pode Ser?

O que Pode Ser Dicas de Menina
Foto: via VIX

Mau cheiro na vagina causa um desconforto muito grande nas mulheres, pois muitas vezes o cheiro é tão forte que elas se preocupam que outras pessoas possam senti-lo. Uma situação bem chata.

Neste artigo você vai poder conferir as causas, outros sintomas que podem estar associados como o corrimento que exala o mau cheiro, sobre remédios caseiros que podem ser utilizados para as partes íntimas e pomadas.

Mas o que pode ser? Por que isso acontece?

O mau cheiro pode ser algo normal e ocorrer quando há um aumento na população de bactérias e fungos que há na vagina, provocando um desequilíbrio no local. Pois normalmente a vagina produz secreções que em associação com os micro-organismos costuma causar certo cheiro e liberar um corrimento. No entanto durante o desequilíbrio tanto o cheiro como o corrimento podem aumentar, fazendo com que se torne um incômodo.

Esse desequilíbrio pode ser evitado através de algumas ações, entre elas:

Evitar o uso de roupas justas e com tecido sintético – pois o tecido da roupa acaba atrapalhando a respiração da região, dessa forma facilitando a infecção de micro-organismos que causam doenças. O ideal é usar roupas mais largas e feitas com algodão, que é um tecido leve e que permite a respiração da pele.

Não lavar a região íntima excessivamente – manter a região íntima limpa é bom, mas lavar excessivamente faz com que sejam retiradas secreções que são importantes para a proteção da vagina, assim facilitando a proliferação de bactérias e fungos. Por isso costume tomar banho de uma a duas vezes ao dia, não mais do que isso. Ter uma má higiene da vagina também faz com que o cheiro fique mais forte, pois assim estará dando oportunidade para que os micro-organismos se multipliquem e provoquem doenças.

Usar sabonetes com pH neutro – pois esses sabonetes diferentes dos perfumados não tem tantos produtos químicos, evitando irritações na vagina e que ela produza mais corrimento com odor.

Fazer a higienização apenas por fora da vagina – nunca lave a vagina com um jato de água ou ducha, pois quando você lava o canal vaginal pode alterar toda a região, causando microlesões e desequilibrando a flora bacteriana da vagina.

Ter cuidado com o sobrepeso – pessoas que estão acima do peso costumam transpirar mais. Por isso é importante que você lave a região íntima e seque com cuidado após o banho. Também é importante trocar a roupa molhada pelo excesso de transpiração e usar roupas leves de algodão.

O mau cheiro também pode ter causas graves como infecções e doenças. Confira a seguir outras possíveis causas do mau cheiro na vagina:

Vaginose Bacteriana

O que Pode Ser Dicas de Menina
Foto: via Saúde Dica

O que é?

É uma infecção causada pela bactéria Gardnerella vaginalis. Essa bactéria pertence à flora vaginal, tendo assim como outros micro-organismos manter o equilíbrio na região. No entanto quando há desequilíbrio ela se multiplica de forma desenfreada, provocando a vaginose bacteriana.

Entre os sintomas dessa infecção está a liberação de um corrimento de cor acinzentada, amarelada ou esbranquiçada com mau cheiro parecido com peixe podre, ardência na vagina e a formação de caroços.

É importante que você vá ao ginecologista para fazer os exames e detectar a infecção, pois os sintomas da vaginose bacteriana são parecidos com a candidíase, uma infecção causada por fungos.

A infecção pode ser detectada através do papanicolau, que também é conhecido como exame preventivo.

Tratamento

O tratamento é feito através do uso de antibióticos em forma de medicamento oral e pomadas.

Durante o tratamento é indicado que a mulher use camisinha durante a relação sexual e evite bebidas alcoólicas.

É importante que a infecção seja tratada, caso contrário poderá causar complicações como: progredir para a doença inflamatória pélvica, aumentar as chances de ser infectada pelo vírus HIV, e também por infecções sexualmente transmissíveis.

Tricomoníase

O que é?

A tricomoníase é uma infecção sexualmente transmissível causada por um protozoário chamado Trichomonas vaginalis. Ela pode causar uretrite e vaginite. Essa infecção pode apresentar ou não sintomas.

Quando há sintomas além do mau cheiro (que pode ser muito ruim), pode causar corrimento constante com cor branca, cinza, amarela ou verde, coceira na vagina, vermelhidão, dor ao urinar e durante relação sexual e dor abdominal.

É importante que você vá ao ginecologista e faça os exames pedidos para detectar a doença. Entre os exames estão: papanicolau e exames de laboratório.

Tratamento

O tratamento é feito à base de medicamentos que devem ser receitados pelo médico. Além disso, até que a infecção se cure você deve usar proteção durante a relação sexual.

É essencial que a paciente siga todas as recomendações do médico para que a doença seja curada com sucesso, caso contrário a infecção pode não só voltar como causar outras complicações, como facilitar a infecção pelo vírus HIV, em caso de mulheres grávidas, o bebê pode nascer prematuro, ter baixo peso ou mesmo contrair a infecção.

Fístula Vaginal

O que é?

A fístula vaginal é uma comunicação anormal entre o reto e a vagina. Esse problema pode ser causado por algum trauma, geralmente resultante de cirurgias obstetrícias, doença inflamatória intestinal, infecção ou tumor.

Entre os sintomas da fístula vaginal estão corrimento que possui cheiro fétido, infecção urinária de repetição, dor na região íntima especialmente durante a relação sexual e irritação.

Tratamento

É importante consultar um médico para ver qual tratamento caberá ao seu caso. Pois isso vai depender do que causou o problema. Mas geralmente o tratamento se baseia em cirurgia reparadora.

Câncer do Colo do Útero

O que Pode Ser Dicas de Menina
Foto: via AntiaGing Shop

O que é?

É uma doença que ocorre na parte inferior do útero. O câncer do colo do útero é causado por uma mutação genética nas células da região. Essa mutação pode ser devido à presença do vírus HPV.

Entre os sintomas da doença está corrimento vaginal anormal com cheiro diferente, sangramento vaginal e dor na região pélvica. Se a doença avançar ainda pode haver mais sintomas como anemia, dores nas pernas ou nas costas, problemas urinários ou intestinais e emagrecimento.

Você deve consultar um médico e realizar os exames necessários para fazer o diagnóstico. Entre os exames estão: papanicolau, colposcopia e vulvoscopia e exame de HPV.

Tratamento

O tratamento vai depender do tamanho do tumor e o agravamento da doença. Entre as formas de tratamento estão: cirurgia, radioterapia, quimioterapia, crioterapia, tratamento com laser e imunoterapia.

Escape

Também pode acontecer de vazar urina na calcinha e isso causar o mau cheiro. Para evitar isso é importante que você seque bem a vulva depois de ir ao banheiro e trocar a calcinha molhada.

Pode acontecer ainda de escapar sangue antes de iniciar a menstruação ou após seu término. Geralmente esse escape parece um corrimento marrom e pegajoso e também tem mau cheiro. Na verdade é um escape de sangue e é totalmente normal.

Nesse caso é bom trocar a calcinha e usar absorvente enquanto o escape durar.

Remédios Caseiros Para Acabar com o Mau Cheiro

Seja por qual causa for o mau cheiro uma forma de eliminá-lo é através de remédios caseiros. Eles devem ser usados ao mesmo tempo em que você faz o tratamento, no caso de ser uma infecção.

Entre eles:

Iogurte

O iogurte é formado por bactérias saudáveis conhecidas como lactobacilos. Ele ajuda a restaurar o pH vaginal, assim acabando com o mau cheiro.

Você pode tanto tomá-lo quanto aplicá-lo na região íntima.

Se for tomar, o indicado é que seja duas xícaras por dia.

Agora se for aplicar na vagina, você deve separar ¼ de xícara de iogurte e molhar uma bolinha de algodão. Você deverá passar na região íntima, esfregando levemente. Deixe agir por dez minutos e depois lave somente com água e seque. Esse procedimento deve ser feito de três a quatro vezes ao dia.

Alho

O alho é um medicamento natural e ajuda a combater vírus, bactérias e fungos. Dessa forma ele vai eliminar os micro-organismos que estão causando o mau cheiro.

Você pode usá-lo, ingerindo um ou dois dentes de alho juntamente com água morna em jejum ou incluindo-o nos seus pratos do dia como saladas, molhos e temperos de carnes.

Vinagre de Maçã

O que Pode Ser Dicas de Menina
Foto: via Jasmine Alimentos

O vinagre de maçã tem propriedades antifúngicas e antimicrobianas, sendo ótimo para equilibrar o pH vaginal e assim eliminar o mau cheiro.

Você pode usá-lo como banho de assento. Para isso basta encher uma bacia com água morna e acrescentar três xícaras de vinagre de maçã. Você deve sentar-se na água por cerca de vinte a trinta minutos. Esse procedimento deve ser feito de uma a duas vezes por semana.

Outra forma é enxaguar a região íntima e tomar o vinagre diluído na água, sendo o indicado três colheres de sopa de vinagre de maçã para um copo de água.

Árvore do Chá

A árvore do chá é uma planta nativa da Austrália. Ela tem propriedades antissépticas, auxiliando no combate a bactérias, fungos e vírus.

Você pode encontrar seu óleo que pode ser diluído na água e usado como banho de assento.

Para isso você deve diluir quatro ou cinco gotas em uma bacia com água e sentar-se por vinte a trinta minutos. Depois lave a região íntima com água e seque bem. Você pode repetir o procedimento de duas a três vezes por semana.

 Bicarbonato de Sódio

O bicarbonato de sódio é um composto alcalino que age como um desodorante natural, retirando o mau cheiro.

Para usá-lo você deve lavar a região íntima com uma mistura de um copo de água com uma colher de chá de bicarbonato.

Também é possível fazer um banho de assento com uma bacia de água morna e meia xícara de bicarbonato de sódio diluído. Você deve ficar nela por vinte minutos e depois lavar a região íntima com água.

Folha de Goiaba

A folha da goiaba possui propriedades antioxidantes, ajudando a limpar o organismo. Também podem ser usadas para retirar o mau cheiro.

Para isso você deve fazer um chá de folhas de goiaba. Você deverá ferver um litro de água junto com três colheres de sopa de folhas de goiaba. Deixe ferver bem até que a água se reduza pela metade. Deixe esfriar e em seguida lave a região íntima. Faça o procedimento duas vezes por dia.

Açafrão

O açafrão ou a cúrcuma também é um ótimo remédio natural a ser usado para eliminar o mau cheiro da vagina. Isso porque ele tem propriedades antibacterianas, ajudando a deixar a vagina protegida contra infecções, além disso, o açafrão é rico também tem ação antioxidante.

Para utilizá-lo você deverá beber um copo de leite aquecido com uma colher de sopa de açafrão. Tome todos os dias.

Vitamina C

A vitamina C tem propriedades antioxidantes, sendo ótima para fortalecer o sistema imunológico e aliviar os sintomas de doenças.

Para utilizá-la você deve tomar uma mistura de ¼ de colher de chá de vitamina C, ¼ de colher de chá de bicarbonato de sódio e ½ xícara de água. Misture primeiramente a vitamina C e o bicarbonato e depois acrescente a água. Você deve notar um efeito efervescente. Em seguida tome. Você deve tomar duas vezes por semana.

Folhas de Amargosa

A amargosa também conhecida por outros nomes como carqueja do mato é uma planta que tem origem brasileira e propriedades anti-infectantes, ajudando a combater infecções e assim melhorando o cheiro vaginal.

Para utilizá-la você deve fazer um unguento. Para isso você vai precisar de duas colheres de sopa de folhas de amargosa e uma colher de sopa de água.

Primeiramente você deve esquentar as folhas em uma panela por três minutos. Depois desligue o fogo e deixe esfriar. Em seguida triture as folhas até que fiquem em forma de pó e adicione a colher de água. Misture bem até formar uma pasta e passe na vagina.

Feno-Grego

O feno-grego é uma planta que tem propriedades antissépticas e anti-inflamatória, podendo auxiliar a diminuir a cheiro na vagina.

Para utilizá-la você deve fazer um chá. Para isso você deve moer uma colher de sopa de sementes de feno-grego com a ajuda de um pilão. Depois que amassar as sementes coloque-as em uma panela com água fervente. Deixe descansar por quinze minutos. Depois que ficar tolerável para tomar, beba o chá.

Groselha Espinhosa da Índia

A groselha espinhosa da Índia também conhecida como groselha amla tem propriedades antioxidantes e anti-infectantes, também sendo indicada para parar o mau cheiro vaginal.

A planta pode ser comida ao natural ou através de seu pó. Para consumi-lo basta adicionar uma colher de chá de pó de groselha amla a uma colher e chá de mel e misturar até formar uma pasta. O ideal é consumir a mistura duas vezes ao dia.

Também é possível tomar a amla através de seu suco, misturando duas colheres de sopa de amla com uma colher de chá de mel. A mistura deve ser tomada duas vezes ao dia também.

O que Pode Ser Dicas de Menina

Bolinhas na Vagina, o que pode ser?

Sintomas, Engravida? Dói? Dicas de Menina

Período de Ovulação: Sintomas, Engravida? Dói?