in

Kit de Pincéis de Maquiagem – Guia Completo

A mulherada se apaixona cada vez mais por maquiagem, principalmente pela evolução dela e sobre todas a ferramentas que surgem a cada dia para facilitar o seu aprimoramento. E hoje o artigo irá falar sobre o kit de pincéis de maquiagem – guia completo para quem quer aprender de uma vez por todas a como usar cada modelinho existente de acordo com sua função.
Não é novidade que a racha do pincel correto na hora da maquiagem faz toda a diferença. Mas antes de detalharmos mais sobre o uso de cada pincel existente, que tal conhecermos um pouco mais sobre onde tudo começou? Tenha uma excelente leitura!
Kit pincéis de maquiagem – Guia completo: Como tudo começou
Adentrando mais na origem dos pincéis, de acordo com as primeiras informações sobre, os registros iniciais de que se usou alguma ferramenta para pintura estão ligadas as pinturas Rupestres que surgiram no que chamamos de época Paleolítica ou Arte Parietal.
De acordo com o histórico, utilizou-se pela primeira vez o auxílio de uma espécie de graveto de carvão para tais pinturas, e inclusive a gordura animal também estava presente para auxiliar no processo.
Na época, as cores que eram criadas eram basicamente o Amarelo-ocre, o Vermelho-ocre e a cor Negra. Nas pinturas, eles usavam o auxílio dos dedos, de Penas de aves, gravetinhos com pelos em suas pontas, um tipo de Buril de pedra e alguns tufos que eram feitos de Musgo.
O fato das superfícies usadas para as pinturas apresentarem irregularidades, isso contribuía para a formação da expressão de suas formas, desde uma simples saliência, até mesmo os buracos e rachaduras, por exemplo.
Durante esse período de milênios de anos, não se sabe ao certo quando existente surgiu o primeiro pincel parecido com os modelos que usamos hoje na maquiagem.
Entretanto, de acordo com alguns registros datados do século quinze na região Europeia, menciona-se um pincel chamado de Piruá, na pintura de Afresco e Falso Afresco.
Esse pincel foi caracterizado com pelos de animal bem macios e seu tamanho era similar ao da palma de uma mão. O pincel Piruá fora usado para trazer suavidade nós traços da pele humana.
Na época eles desenvolveram tamanhos diferentes e arredondados desse pincel, cujo os pêlos eram de certa forma atados com o auxílio de varetinhas de madeira.
Por volta do ano de 1804, na região oriental, surgiram também registros de um pincel chamado de Toyohashi, que era usado no feudo de Yoshida, na cidade de Tokyo, localizada no Japão.
Esse modelo de pincel era usado para fazer caligrafias e certas pinturas de cunho ornamental. Ele era fabricado com cabo de Bambu, além de Virola de Talo de Pena e inclusive pelos de animais bem macios.
Se aprofundando mais nesse contexto, identificou-se também que existiam uma certa diversidade quanto aos formatos das pontas desses pincéis. Para se ter uma ideia, eles eram considerados como Jóias, e por isso os indivíduos da época os guardavam em um suporte de Metal nobre. Nos dias de hoje, esse tipo de pincel faz parte da Arte e tradição do país.
Se observar as gravuras da antiguidade, dá para ver que a utilização do carvão, bicos de penas e Estiletes também eram bem comuns.
Foi por volta do século dezenove, na região Europeia, que identificou-se os primeiros dados sobre a utilização de um pincel com formato mais achatado, além do formato redondo que já era mais conhecido.
Durante esse período, também surgiu a famosa máquina de fotografias, que boa parte dos artistas da época começaram a usar também como um certo diferencial na área das pinturas.
Em vista disso foi possível combater toda a concorrência no âmbito visual, juntamente comas as pinceladas de cunho mais expressivo. Simultaneamente, começou a utilizar-se as Fotografias também como ponto de referência para as futuras pinturas.
Foi aí que surgiu o que chamamos de Pintura de gestos, que basicamente é a pintura que mantém o contato direto com a natureza, conhecida também como “A lá Prima”.
Esse tipo mais modernizado de pintura, demanda muita dedicação do artista, uma vez que ele precisa ter um pouco mais de intimidade com as ferramentas que ele tinha que usar para produzir o seu trabalho. E isso incluía desde o tipo de tinta que ele deveria usar, as tonalidades de cores r principalmente o tipo de pincel.
A cada pincelada se registrava um gesto sentimental do próprio pintor. E isso nitidamente se refletia por suas cores e formas escolhidas durante todo o processo de arte. Foi aí que a pintura conseguiu adquirir o que chamamos de velocidade. Foi quando finalmente chegou a época do famoso Impressionismo.
Foi nesse estão instante que o pincel, em toda a história artística, se tornou uma ferramenta extremamente importante.
Muitos dos artistas da época começaram a construir os seus pincéis pessoais de trabalho, com o formato ideal para o seu tipo de pincelada. E cada um do formato carregava um nome específico, que o próprio artista também “batizava”.
Partindo para a sequência do processo de evolução do pincel, foi surgindo vários fabricantes no comércio. E todo o processo de fabricação era altamente sigiloso, onde as técnicas era um segredo que só passava de pai para filho.
Foi por volta do seco vinte que o processo de fabricação de pincéis evoluiu para os modos cujo Filamento passou a ser sintético. E isso surgiu como combustível surgimento de formatos novos para as pontas do pincéis e além da fabricação de novos tipos de acessórios para auxiliar o trabalho dos artistas. Mutuamente surgiu a tinta a base de água, que também foi suma enorme evolução das pinturas na época
Atualmente, os pincéis são ferramentas usadas em trabalhos artísticos, cujas técnicas variam de artista para artistas.
Com tantos modelos existentes de pincéis e suas mais variadas formas, possibilita que as pinturas se utilizem de vários tipos de técnicas incríveis. Além deles terem sua projeção baseada na extensão da mão, os pincéis existem com diversos tamanhos de cabo, justamente para auxiliar no alcance de todas as áreas a serem pintadas, independente do tamanho.
Cada tipo de formato vai definir o traço e a pincelada que o profissional da arte irá usar em seu trabalho. E tudo o que compõe a ponta do pincel, desde o pelo até a cerda ou filamento sintético, irá definir a espécie de tinta que também vai ser utilizada nesse trabalho.
Aliás, vale enfatizar que os pêlos e as cerdinhas que vem de origem animal são usados de acordo com as regras vigentes de preservação de espécies. Para quem não sabe, a primeira empresa brasileira a fazer o lançamento de formatos novos de pincel utilizando Filamento de caráter sintético foi a Condor. Além disso, ela também usou a literatura de técnicas sobre a utilização e o processo de manutenção do produto.
Esse é um breve resumo de como surgiu os pincéis de forma geral. Toda essa história levou aos nossos queridinhos pincéis de maquiagem que tanto amamos. E é sobre eles que agora vamos aprofundar mais nossa leitura. Continue acompanhando e se divirta!


Conheça mais sobre Kit de pincéis de maquiagem – Guia completo


O auxílio dos dedos certamente é usado pela mulherada na hora da make, mas sem dúvida nenhuma o kit de pincéis de maquiagem faz toda a diferença na hora de um resultado impecável.
Não só para ter um pouco mais facilidade nessa hora, como também para deixar aquele acabamento mais profissional, os pincéis são muito importantes e existe um para cada função específica.
A praticidade dos pincéis nós possibilita levar eles para quer lugar, na comodidade da nossa bolsa sem fazer volume. Cada formato que cada um apresenta ajuda na execução de determinada etapa da make.
São tantos modelos existentes que é normal até ficar com dúvidas sobre qual usar em qual momento. Quer aprender de uma vez por todas as funções de cada um? Então fique atenta que a seguir vamos detalhar mais sobre o kit de pincéis de maquiagem – Guia completo.


• Modelo de pincel para aplicação de Base


Para aplicar base existem três tipos básicos de pincéis que você pode utilizar. O primeiro é o chamado Kabuki Chanfrado. Esse pincel tem um formato que ajuda a alcançar os pontos mais difíceis durante o processo de aplicação de base no rosto. Além disso ele espalha bem o produto, de maneira suave e dando uniformidade para a pele.


O segundo modelo é o que chamamos de Kabuki Reto. Ele é tão prático que você pode usar tanto para aplicar base como também o primer ou BB Cream. Durante a aplicação você pode ficar dando batidinhas com esse pincel, assim a pele fica com aquele efeito aveludado lindo que tanto amamos.


E por fim temos o modelo conhecido como Língua de Gato, que traz também muita versatilidade, uma vez que serve tanto para aplicar base, como também para corretivo. Dos modelos citados, esse é o que tem um preço mais em conta, porém na hora da aplicação é preciso ter mais cautela, pois a pele pode ficar marcada.


• Modelo de pincel para aplicação de Corretivo


Para a aplicação de Corretivo existem três tipos de pincéis específicos. O primeiro modelo é o chamado Língua de Gato médio. Suas cerdas são bem fininhas e firmes, além de ter um formato mais fininho na ponta. Esse pincel é ótimo pois ajuda a corrigir facilmente todos os locais com olheiras, que são locais maiores, e também as acnes em regiões menores.
O segundo modelo é o Língua de Gato pequeno. Suas cerdas são bem mais compactas e isso ajuda a ficar o corretivo nas regiões detalhadas do seu rosto, assim cada imperfeição conseguem ser corrigida.
O terceiro modelo não é bem um pincel, na verdade são as famosas esponjinhas. Basicamente a mulherada adora usar elas para aplicar tanto base como corretivo, com leves batidinhas, deixando o efeito incrível na pele.
É possível também umedecer a esponjinha para melhor fixação do produto, sem contar que o efeito fica ainda mais natural.


• Modelo de pincel para aplicação de Pó compacto ou Solto


Os modelos para aplicar o pó, seja ele solto ou compacto são aqueles que possuem cerdinhas e texturas com ultra maciez. Os modelos apresentam formato grande e ajudam a deixar a pele bem uniforme.


• Modelo de pincel para aplicação de Contorno Facial


Para o contorno, você precisa escolher os modelos de pincéis com um formato chanfrado. Tais modelos ajudam a dar mais precisão na hora de determinar os pontos de contornos do seu rosto. Logo abaixo separamos alguma exemplos de pincéis que você pode usar para essa etapa da make.


• Modelo de pincel para aplicação de Iluminador ou Bronzer


Os pincéis para aplicar Iluminador ou Bronzer precisam ter cerdinhas com mais densidade e formato mais arredondado. Tais modelos aplicam melhor e esfumam bem tais produtos, ajudando a deixar o efeito mais bonito e sem marcação na pele.


• Modelo de pincel para aplicação de Delineador


Basicamente há dois modelos de pincel que você pode usar para fazer aquele delineado bonito. O primeiro chamamos de Topo Reto. Esse pincel é um pouco mais denso e por isso ele ajuda a aplicar sombras na parte debaixo da linha d’água com maior precisão.
O segundo modelo é o famoso Chanfrado, que serve não só para aplicar Delineador como também para corrigir a sobrancelha.


• Modelo de pincel para aplicação de Sombra


Na hora de aplicar a sombra você pode optar por ter tipos de pinceis. O primeiro modelo é o Achatado, que serve para você fazer o depósito da sombra nas pálpebras, de tal forma que fique bem uniforme.


O segundo modelo é o Oval, que ajuda a deixar a sobra que você depositou bem esfumada, sem aquela marcação. Aliás, é um pincel ótimo para deixar aquele efeito mais bonito de profundidade na região do côncavo.
O terceiro modelo é o Chanfrado. Ele é ideal para que quer criar as sombras com muita precisão.


• Modelo de pincel para aplicação de Blush


Para aplicar o Blush existem dois modelos de pincel que você pode escolher. O mais famoso é o Duo Fiber, que é excelente para aplicar Blush cuja pigmentação seja alta. Ele tem um formato que ajuda muito a atingir de forma perfeita todos os ângulos da maçã do rosto e ainda ajuda a promover o realce do contorno e da iluminação da região. Aliás ele é ótimo para aplicar Blush cremoso, pois deixa o efeito bem uniforme.
E a segunda opção é o modelo Chanfrado, que também alcança todos os ângulos necessários da maçã do rosto, deixando o Blush bem bonito na pele e realçando também o Contorno e a iluminação da região.
Uma dica para deixar aquela cor do blush ressaltada na bochecha é aplicar o produto e esfumar levemente em movimentos circulares. O efeito fica lindo.
Na medida em que você conhece o kit de pincéis de maquiagem – Guia completo e usa cada modelo de forma certa, você aprende melhor a manipular a maquiagem e deixar aquele efeito bonito que amamos. Aliás, não basta apenas ler sobre o assunto, você tem que praticar. Ao longo do tempo você virá uma experto na make.


Pinceis Ovais: Entenda a história e para que eles servem


Além dos tradicionais modelos de pincéis que conhecemos, surgiram os modelos Ovais que fizeram sucesso no mundo das blogueiras quando o assunto é make.
Esses modelos surgiram em 2016, e para quem não sabe como tudo começou vamos a seguir contar um pouco de toda a história.
Para ser mais preciso, Matthew Waitesmith (ex executivo da empresa MAC), estava em busca de ideias para poder criar uma linha nova de produtos. Durante esse processo ele se deu conta de os pincéis de maquiagem eram os únicos produtos desse ramo que ainda não tinha passado por nenhum processo de inovação.
A fim de mudar tal cenário, ele iniciou o desenvolvimento de modelos que de origem aos principais modelos de pincel oval da linha Masterclass, que é a linha profissional da MAC e continua sendo vendida até os dias de hoje.
Com o passar só tempo, Matthew saiu da MAC e resolveu lançar os seus próprios pincéis com sua própria marca: a famosa Artis. Embora a proposta dos seus pincéis tenha sido a mesma da proposta da MAC, os pincéis de Matthew vieram com alto nível de luxo e sim, fizeram muito sucesso entre as amantes de maquiagem.
Rapidamente começaram a surgir outras marcas que também começaram a lançar suas próprias versões de pincel oval, e atualmente há uma variedade deles, de rodas as marca se preços.
Tais modelos de pincéis são ótimos para aplicar a make, pois o acabamento na pele fica muito bonito e impecável. Para quem gosta de um efeito mais natural, vai adorar os pincéis Ovais. Vale a pena testar.


Conheça mais sobre as esponjas de make e cada modelo


Não poderíamos ficar sem mencionar as famosas esponjinhas, que conquistaram o coração da mulherada quando o assunto é make. Sem dúvida elas são as queridinhas para a aplicação de corretivo.
Existem sete modelinhos básicos que você pode usar. E a seguir vamos falar um pouco sobre casa um deles para você conhecer melhor. As esponjinhas são excelentes pois deixam efeito impecável e natural na pele.


• Modelo esponjinha: Gota


Esse é o modelo mais conhecido e que mais fez sucesso. É uma ótima opção para a aplicação de base. Ela apresenta a parte inferior mais gorda, que é justamente para você aplicar o produto nas áreas maiores do rosto, enquanto que a parte mais fininha serve para alcançar as regiões de mais difícil acesso, como é o caso só nariz e das olheiras.
É a famosa esponja em formato de coxinha. Embora as marcas mais famosas comercializam por um preço mais salgado, você consegue adquirir ela em média por R$16,00.


• Modelo esponjinha: Retangular


Esse modelo é excelente te para quem nunca usou esponjinha e quer começar a pegar prática. O modelo retangular ajuda a aplicar a base nas regiões maiores do rosto, como é o caso da festa e do pescoço, por exemplo.
As esponjas retangulares são mais acessíveis, você consegue comprar elas por até R$8,00.


• Modelo esponjinha: Redonda


A versão arredondada da esponjinha é ótima para aplicar pó compacto. O seu formato ajuda justamente a não marcar demais o rosto com excesso de produto.
Além disso você pode usar ela para retirar pequenos indícios de sombra que acaba caindo na região debaixo do olhos. São modelos bem baratinhos que você consegue comprar por até R$4,00.


• Modelo esponjinha: Minigota


Essa versão é a menorzinha do modelo gota que conhecemos anteriormente. Com ela você consegue aplicar precisamente o corretivo nós cantinhos pequenos do rosto, que soa de difícil acesso. Você consegue comprar o modelo por até R$26,00, mas apesar do preço vale muito a pena, ele facilita muito na hora da make.


• Modelo esponjinha: Triangular


As esponjas de formato triangular são excelentes opções para aplicar a base e o corretivo. Sem contar que são ótimas pois alcançam as regiões mais pequenas e difíceis do rosto.
Esses modelos são usualmente descartáveis, por isso são bem mais higiênicas. E você compra ele por até R$36,00 dependendo da marca.


• Modelo esponjinha: Redonda com achatamento


Essa versão de esponja é indicada para fazer o contorno facial. A dica é usar um corretivo de cor mais escura na região dos ossos da maçã do rosto, para dar mais destaque nós traços faciais. Você consegue adquirir o par de esponjas por até R$22,00.


• Modelo esponjinha: Formato cilíndrico


Essa versão também é indicada para fazer o contorno facial, pois com ela o produto não fica marcado na sua pele e consequentemente o efeito fica mais suave.
Contudo, por ter um material mais firme, é necessário ter mais prática para saber manusear ela. De forma geral ela custa em torno de R$50,00.


Dicas para cuidar do seu Kit de pincéis de maquiagem – Guia completo


Agora que você conhece mais sobre cada tipo de pincel e para que cada um serve, é muito importante aprender a como cuidar deles e fazer uma boa higiene não é mesmo?
Manter uma boa higiene dos pince não ajuda apenas a conservar eles por mais tempo, também influi no resultado final da make e ainda preserva a saúde e a beleza da sua pele.
Não tem muito segredo nessa hora, afinal em diversas perfumarias ou lojas específicas você já consegue comprar produtos voltados para a limpeza correta dos pincéis, o que já facilita bastante a sua vida.
Mas se você quer ainda mais praticidade, dá sim para manter a higiene em dia com produtos simples que já temos em casa: Água e um Shampoo neutro ( que pode ser aqueles de bebês).
A primeira dica para você cuidar bem dos seus pincéis na hora higienizar, é deixar eles úmidos com a ajuda da água ( preferencialmente em temperatura ambiente). Em seguida basta aplicar neles uma pequena quantidade do Shampoo neutro de sua escolha, diretamente nas cerdas dos pincéis.
Para fazer a limpeza você deverá ficar friccionando as cerdinhas levemente, até observar que não há mais nenhum excesso de maquiagem na região. Não é necessário esfregar as cerdas, pois você pode até danifica-las, basta passar levemente os dedinhos nelas para promover a limpeza total.
Depois disso, quando perceber que todos estão bem limpos, basta deixar eles secando de forma natural. Talvez você queira secar com a ajuda do secador, mas não recomendamos isso, já que o calor também pode trazer danos para a textura das cerdinhas do seu pincel.
Esse processo de limpeza é básico e fácil de fazer não é mesmo? O indicado é repetir ele com certa periodicidade. Afinal, os pincéis precisam estar com a limpeza em dia não concorda?
Quem quer ter um kit de pincéis de maquiagem completo e manusear eles de forma correta, precisa deixar a preguiça de lado e sim, cuidar deles eficientemente. Aliás, não basta ter uma maquiagem impecável e deixar de lado a saúde da pele.
Apesar de parecer difícil aprender sobre todos eles e saber exatamente para que cada um serve, não tem muito segredo. Seguindo nossas orientações você vai sim ficar mais atenta as funcionalidades de cada pincel e com o tempo você vai saber para que serve cada um sem nenhum esforço, nada praticar.
Chame as suas amigas para aprender também sobre kit de pincéis de maquiagem – Guia completo. Elas vão adorar e vocês podem praticar uma nas outras. Além de divertido vocês aprendem em conjunto. Maravilhoso não é mesmo?
Só não duvide de você e de sua capacidade. Se você que aprender você vai conseguir. Continue na luta menina!

Cortes de Cabelo Verão: Mais de 50 inspirações para você

Como Arrumar o Quarto: 13 Formas de Ensinar seus Filhos