in

Ginástica Localizada Emagrece? Benefícios e Características

Ginástica Localizada Emagrece Benefícios e Características dicas de menina

Ginástica localizada como o nome já diz, é um exercício específico para cada parte do corpo. Com um número elevado de repetições para moldar a região.

A ginástica localizada é uma das modalidades mais requisitadas nas academias ou nos ginásios, para grupos adultos é ideal para quem queira tonificar os músculos. Melhorar no sentido de modelar as regiões abdominais.

Parte posterior de membros superiores e também coxas e glúteos. Essa atividade tem a finalidade de aprimorar o tônus muscular, as capacidades aeróbia, flexibilidade ou o condicionamento físico como um todo.

Ginástica Localizada História

Ginástica Localizada História dicas de menina

Para entender melhor, vale a pena saber que a ginástica surgiu no Rio de Janeiro à partir de 1930 com a professora Gretch Hillefild. O termo ginástica, vem do grego gymnádzein, que significa treinar ou melhor colocado, exercitar-se.

Se referiam a forma que os gregos praticavam os exercícios. A ginástica localizada é a atividade ideal para quem quer modelar o corpo e ter os melhores resultados, dando mais forma as suas curvas e conquistando um corpo bonito e bem definido.

Você pode não ser muito ligada a exercícios físicos, mas saiba que existem inúmeras técnicas de trabalho muscular, tais como agonista ou antagonista.

São localizadas por articulação, simples, alternada ou mista. O exercício e o número de séries deverá estar de acordo com o que se pretende trabalhar.

Se você quer uma série de força, ela deverá ter poucos repetições com maior carga. Quando for para ter resultado de resistência, maior número de repetições e pouca carga.

Por este motivo é muito importante o planejamento para que seja alcançado o objetivo de cada aula. O profissional junto com você, vai estabelecer o número de grupamentos musculares que serão trabalhados para uma melhor distribuição da carga por grupo solicitado.

Pra que isso ocorra é fundamental um bom conhecimento das funções anatômicas. Normalmente se trabalha no máximo 3 grupos por sessão.

Duas a três vezes por semana para cada grupamento. Na sua tabela de microciclo distribua os grupamentos e avalie se o trabalho muscular está coerente.

É também fundamental a elaboração do número de séries e repetições que você utilizará em sua aula. Isso dependerá de algumas variáveis.

Por exemplo o objetivo da aula, o número de grupamentos e a duração da aula. Os exercícios devem ser adaptados as necessidades anatômicas do grupamento solicitado.

Os exercícios mais utilizados na ginástica localizada são os utilizados nas séries de musculação, respeitando a posição anatômica específica para evitar lesões articulares.

Para se trabalhar com cargas é necessária uma adaptação do músculo. A musculatura deve ser adaptada aos poucos as cargas propostas.

De maneira que o aumento da força e da resistência seja gradativo e não haja sobrecargas desnecessárias as articulações. Lembre que um exercício tecnicamente bem executado oferece maior resultado, mesmo quando trabalhado com cargas inferiores.

A segurança nesse caso para se trabalhar o músculo é fundamental. A saúde muscular depende diretamente de um trabalho bem planejado e executado. Com novas técnicas a ginástica localizada é possível desenvolver condicionamento físico em varias regiões do corpo como:

  • Resistência muscular localizada
  • Resistência ao lactato
  • Aumento da capacidade cardiorrespiratória
  • Força
  • Hipertrofia muscular
  • Flexibilidade

A característica física trabalhada está diretamente ligada ao objetivo específico da aula. Atualmente, é comum dividir em: Aquecimento; parte principal; exercícios de solo e relaxamento.

Pode variar, tendo duração entre aproximadamente 10 minutos. É composto por exercícios de pré-aquecimento musculares de baixa intensidade e alongamentos.

Os movimentos devem ser feitos de maneira suave e pouca amplitude, visando uma adaptação muscular orgânica. Preparando o corpo para elevação gradual da freqüência cardíaca e do esforço muscular.

Deve ser direcionado aos grupamentos de maior exigência durante a sessão de treinamento. O aumento metabólico deve ser lento e gradual. A parte mais importante da aula, onde serão trabalhados os grandes grupos musculares.

Pode ter a duração de aproximadamente entre 30 e 40 minutos. E vai manter uma alta intensidade e aumento significativo dos parâmetros fisiológicos.

Utiliza implementos como halteres, caneleiras e barras para exercitar os grandes grupos musculares. Para concentrar os exercícios nos membros inferiores, membros superiores e tórax.

Para exercícios com foto no abdômen, glúteos e adutores. São utilizadas normalmente sobrecargas como caneleiras para aumentar a intensidade do esforço e têm em média 15 a 20 minutos.

Os exercícios de alongamento de leve intensidade e baixa amplitude articular, também conhecida como parte regenerativa da aula. Têm em média 5 a 10 minutos.

E deve obedecer a uma desaceleração gradual dos parâmetros fisiológicos, tais como a freqüência cardíaca. Nesta parte da aula você deverá proporcionar ao aluno uma recuperação lenta e gradual.

Reduzindo assim o grau de excitação proporcionado pela parte principal da aula. Atualmente existe uma gama de materiais que auxiliam no desempenho do trabalho numa aula de ginástica localizada.

A criatividade do profissional também vai ajudar muito na elaboração de rotinas que proporcionarão um excelente resultado. Você poderá utilizar os halteres; barras com anilhas; caneleiras; elásticos; steps; barras fixas e paralelas; colchonetes.

Os conceitos de fisiologia e os princípios de treinamento desportivo devem estar diretamente ligados a este planejamento. O profissional vai dividir em macrociclo, mesociclo e microciclo, assim, você estará estruturando seu trabalho de maneira a atender aos objetivos propostos.

O macrociclo é a divisão anual do treinamento, composto por mesociclos que normalmente correspondem às divisões mensais e ao microciclo, divisões semanais.

Nos microciclos iniciais deve periodizar os alunos, ou seja, você será preparado para o seu objetivo. Um trabalho gradual e coerente.

Ginástica Localizada Benefícios

Ginástica Localizada Benefícios dicas de menina

Os benefícios são apresentados em condicionamento físico e principalmente na modelagem da região trabalhada. Você poderá ter uma redução de gorduras.

Sendo localizadas e modelação de medidas corporais. Além da perda de peso acentuada. Quando praticada regularmente, proporciona bem-estar, eleva autoestima, reduz o estresse e aumenta a disposição.

Ginástica localizada é a atividade ideal para quem quer modelar o corpo e ter os melhores resultados, é uma ótima opção para dar forma as suas curvas.

Proporciona a conquista de um corpo bem definido. Você pode utilizar a bicicleta ergométrica para um ótimo resultado de perda de peso.

Além de sempre combinar com boa alimentação, dietas de emagrecimento que tem a proteína como principal fonte alimentar potencializam a definição muscular.

A ginástica localizada são exercícios que utilizam de movimentos repetitivos e focados em determinados grupos musculares. Cada seção de repetição deve ser separada.

Realizando uma pausa para o descanso dos músculos. Além da definição dos músculos. A ginástica localizada proporciona um bom condicionamento físico.

Mais força, flexibilidade e resistência e melhora o sistema respiratório, melhora a coordenação motora. Na ginástica localizada também poderá utilizar alguns equipamentos.

Como os pesos de perna e bastões para aumentar o trabalho muscular realizado. São usados normalmente para realizar os exercícios para os braços.

Ou ombros, peito e costas os bastões e pesos são para trabalhar as pernas, panturrilha e glúteos. A ginástica localizada possui uma série de exercícios.

Com isso, irá envolvem músculos específicos do corpo, mas antes do iniciar os exercícios é preciso realizar alongamento. Para preparar e aquecer os músculos.

E depois do treino para relaxar e evitar dores. Os exercícios são divididos em dois grupos, membros superiores e membros inferiores.

As séries possuem repetições e intervalos de 40 a 60 segundos. Primeiro são trabalhados os membros superiores começando pelos tríceps e seguindo com bíceps, ombros, peitoral e costas.

São trabalhados também os músculos abdominais depois os membros inferiores que são as coxas, glúteos e panturrilha. São usados pesos durante a ginástica localizada.

Porém a quantidade vai depender de cada pessoa e do seu condicionamento físico. Com a média de uma hora a aula de ginástica localizada gera um gasto de energia intenso.

Isso faz com que você possa perder calorias por aula. A ginástica localizada por conter exercícios aeróbicos, faz com que o coração e os pulmões trabalhem com mais intensidade.

E produzem mias oxigênio para os músculos. Desse modo, esses órgãos ficam mais fortes, o que previne doenças cardiovasculares e respiratórias.

Além disso, a ginástica localizada exige concentração psicomotora, o que faz com ocorra uma melhora da coordenação motora, do equilíbrio e da agilidade.

Os atletas também ganham força, auto estima e sociabilidade porque essa ginástica proporciona maior contato humano e boa forma física.

Antes a ginástica localizada era praticada em sua maioria por mulheres, mas já é comum ver muitos homens praticando essa modalidade para terem seus corpos moldados de forma mais dinâmica.

A ginástica localizada para barriga, por exemplo, traz ótimos resultados se aliada a uma dieta e pode promover um emagrecimento rápido com resultados em pouco tempo.

Porém são necessários alguns cuidados. É preciso realizar as atividades com um profissional, caso você não tenha nenhuma experiência.

É preciso não se esquecer de hidratar o corpo e respeitar os limites estabelecidos não ultrapassando o número de series, repetições e dias da semana para que os exercícios sejam realizados.

Outra dica é que seja realizada alguma a atividade aeróbica como esteira, bicicleta, corrida entre outras atividades físicas que seja aeróbica.

Para aquecer o corpo antes de iniciar os exercícios localizados, além de auxiliar numa maior perda de gordura. Existe um mito de que a ginástica localizada é voltada apenas para as mulheres.

Os homens costumam se sentirem incomodados com as posições usadas. Entretanto, a ginástica localizada não é realizada apenas com exercícios para o glúteo.

Mas, também há movimentos para fortalecer outras áreas do corpo. Que podem ser muito benéficos também para os homens. Qualquer pessoa que queira uma definição corporal.

Geralmente, uma aula de ginástica localizada dura cerca de uma hora, tempo suficiente para queimar calorias. Além de beneficiar o condicionamento cardiovascular.

Fortalecer os músculos, melhorar as habilidades psicomotoras, tais como agilidade, equilíbrio e coordenação, aumentar a capacidade cardiorrespiratória e proporcionar a boa forma.

Trata-se de uma atividade que proporciona a quem pratica uma melhora na saúde, estética, beleza, autoestima, bem-estar e disposição.

O ideal é realizar a aula de ginástica localizada em academias com turmas que tenham pelo menos umas 10 pessoas. Assim, você se sentirá mais motivado a praticar.

A gordura localizada é considerada uma vilã do corpo feminino, afinal, é bastante desagradável ter pneuzinhos em áreas como abdômen, costas e braços.

O excesso de gordura, juntamente com os hormônios no corpo, faz com que haja a formação de depósitos de gordura em áreas específicas.

Nas mulheres, é bastante comum o acúmulo de gordura localizada na barriga e também nos quadris, o chamado culote. Já nos homens, esse excesso ocorre com maior facilidade no abdome.

O fato é que nem os homens e nem as mulheres que se preocupam com a sua aparência estão satisfeitos e buscam formas de amenizar esse problema.

Pensando pela lógica, nada melhor do que exercitar a área do corpo em que a gordura está localizada. O ideal é que você consulte um profissional.

Aula De Ginástica Localizada Para Iniciantes

Aula De Ginástica Localizada Para Iniciantes dicas de menina

A ginástica localizada é uma modalidade de exercícios simples, que podem ser realizados em qualquer lugar. Podendo usar equipamentos auxiliares ou não.

Ela é indicada para quem quer aumentar a flexibilidade corporal e a força. A ginástica localizada tem por maioria de adeptos o público feminino.

Ficando mais conhecida com os exercícios para glúteo e pernas. Mas na verdade envolve todos os grupos musculares e, por isso, pode e deve ser praticada por homens também.

Ela é composta de exercícios aeróbicos que podem te ajudar a fortalecer a massa muscular, seja ginástica localizada para pernas, bumbum ou outras partes do corpo, ou até mesmo para perder peso de seu corpo.

Para queimar gordura específica ou apenas para fortalecer nosso corpo. O importante é sempre se exercitar algumas vezes por semana.

Fortalece os músculos, melhora o condicionamento cardiovascular, as habilidades psicomotoras, como coordenação, equilíbrio e agilidade.

Além de aumentar a capacidade cardiorrespiratória e proporcionar boa forma. Assim, é uma forma de realizar os exercícios por meio de um treinamento funcional simples.

Com condicionamento físico na medida certa de uma aula. Veja um exercícios simples para fazer em casa, um treino com 5 exercícios de ginástica localizada:

1.Elevação lateral para ombros: Fique em pé com as pernas afastadas na largura de seus ombros. Mantenha seus joelhos levemente flexionados.

Segure um haltere em cada mão, caso não tenha pode pegar uma garrafinha de água cheia. Deixe os braços ao longo do corpo. Inicie o exercício elevando lateralmente os braços.

Os dois simultaneamente sem flexionar os cotovelos, e até, no máximo, a altura dos ombros. Retorne lentamente à posição inicial.

2. Remada alta para ombros: Em pé, com um haltere em cada mão, alinhe os braços a frente do corpo. Pernas afastadas na largura do ombro.

Joelhos levemente flexionados. Erga os braços até a altura do pescoço e retorne para posição de origem.

3. Bíceps direto para bíceps e antebraço: Mantenha os braços alinhados em frente ao tronco, palma das mãos voltadas para cima segurando os halteres.

Realize o movimento de flexão dos cotovelos, mantendo o braço estático ao lado do corpo, só o antebraço que trabalha. Retorne a posição de origem lentamente.

4. Extensão de tríceps para tríceps: Posicione-se em pé ou sentado com um haltere nas mãos. Coloque-o atrás da cabeça segurado pelas duas mãos. Realize a extensão do cotovelo e retorne flexionando-os, lentamente.

5. Abdominal lateral para oblíquo: Mantenha-se em pé, com um haltere em uma das mãos. Afaste um pouco as pernas, na largura de seus ombros.

Incline seu tronco lateralmente, para o lado em que estiver segurando o haltere. Volte para a posição reta e repita algumas vezes. Faça o mesmo, só que agora inclinando o tronco para o outro lado.

Para iniciar a prática de ginástica localizada, reflita sobre os seus objetivos e escolha os exercícios que melhor se adequar aos membros que deseja tonificar e fortalecer.

Se possível, conte com a ajuda de um profissional da área. É importante que você alterne os dias de exercícios para membros inferiores e superiores.

E assim eles poderão se recuperar até o treino seguinte. Avalie o seu condicionamento, para que não ocasione fadigas. É fundamental que você reconheça o seu grau de condicionamento.

Você poderá utilizar os seguintes parâmetros para iniciar sua prática de ginástica localizada, fazendo em casa. Se você é iniciante: Faça 3 séries de 10 repetições sem carga ou com carga leve.

Se o seu nível for intermediário: Faça 4 séries de 12 repetições com carga média ou testando seus limites.

Agora para o nível avançado: Faça 5 séries de 15 repetições com carga gradual e testando seus limites, ou executando os movimentos até sua resistência.

Veja alguns exercícios simples. Para Rosca direta, trabalha bíceps e antebraço: Alinhe os braços a frente do tronco, a palma da mão deve permanecer voltada para a frente.

Segurando os halteres, eleve as mãos sem movimentar os cotovelos. Observe a contração dos músculos dos bíceps. Retorne com os braços à posição inicial.

Para Elevação lateral, trabalha ombros e trapézio: Alinhe os pés de acordo com a posição de seus ombros. Flexione levemente os joelhos.

Pegue os halteres e mantenha os braços alongados. Eleve lentamente os braços. Atente para suas articulações, não flexione os cotovelos.

Eleve os braços até formar um ângulo de 180 graus entre ambos. Retorne à posição inicial e repita os movimentos de acordo com suas séries e repetições.

Para Tríceps na cadeira, trabalha tríceps principalmente e um pouco de ombro: Pegue uma cadeira que tenha boa estabilidade. Você pode fazer também em um sofá ou cama.

Encoste de costas na cadeira e desça o corpo de forma a apoiar as palmas das mãos suas pernas devem ficar esticadas, vá até perto do chão e depois suba até esticar os braços.

Suas costas não devem bater na cadeira, pode encostar levemente. Faça de 3 a 5 séries de 8 a 12 repetições, ou até quanto aguentar.

Para membros inferiores, abdução de quadril: Estenda o colchonete sobre o chão. Utilize caneleiras, caso queira exigir um pouco mais de seu condicionamento.

Deite-se de lado e apoie o braço a baixo da cabeça, utilizando-o como apoio. Estenda as pernas, uma sobre a outra. Eleve a perna posicionada em cima, mas atente para o seu limite.

Não force movimentos, pois pode ocasionar lesões. Retorne com a perna para a posição inicial, assim posicionando-a sobre a outra perna novamente.

Para agachamento trabalha pernas, quadríceps, glúteos e músculos posteriores da coxa: Segure anilhas, caso queira um agachamento que exija maior condicionamento de seu corpo.

Alinhe os pés de acordo com o posicionamento de seus ombros. Flexione levemente os joelhos. Agache até seu limite. Retorne até a posição inicial e repita os movimentos de acordo com suas séries e repetições.

Mesmo que você esteja fazendo a ginástica localizada em casa, o conforto pode ser o diferencial para você se manter ativo e motivado para conquistar seus objetivos.

Sendo assim, utilize acessórios que possam oferecer um melhor suporte e conforto. Você também pode buscar elementos que intensifiquem os exercícios.

E possam exigir um melhor condicionamento de seus músculos, utilize alguns dos acessórios que podem se tornar grandes aliados da ginástica localizada em casa.

Além de auxiliarem na proteção de sua postura e articulações como: Bola para pilates; Colchonete; Halteres; Caneleiras; Elásticos; Anilhas.

A ginástica localizada em casa pode sim ser cômodo e muito eficaz para você entrar em forma sem precisar sair de sua residência. Mas você deve reconhecer que movimentar o corpo pode não ser o único método eficiente para todos os seus objetivos.

É necessário adotar toda uma rotina e hábitos saudáveis, assim você poderá garantir uma melhor qualidade de vida. Não adiantaria adotar um plano de exercícios e manter uma alimentação completamente irregular.

Rica em calorias e repleta de guloseimas e besteiras. Por isso, uma dieta equilibrada é fundamental para que você abasteça seu corpo.

Com nutrientes que possam oferecer suporte ao funcionamento de seu metabolismo. Então deve consumir alimentos naturais e com propriedades benéficas.

E ingerir uma quantidade de dois litros de água todos os dias. É importante também saber que apenas os exercícios de ginástica localizada não podem contribuir completamente para as suas modificações corporais.

Você deve também aderir à pratica de exercícios cardiovasculares, que podem auxiliar no controle de seu percentual de gordura. Esses exercícios poderão oferecer um melhor condicionamento.

E resistência física para você reagir de uma forma positiva às adversidades externas. Outro tipo de exercício benéfico é a musculação. Entre suas vantagens estão o gasto de calorias, o fortalecimento dos ossos e do coração, aceleração do metabolismo.

Ginástica Localizada Exercícios pdf

A cada dia que passa mais e mais pessoas buscam os benefícios estéticos e físicos proporcionados pelos trabalhos com a ginástica localizada.

Atualmente, com os recursos tecnológicos disponíveis, é muito fácil o controle da FC durante qualquer atividade física, principalmente a ginástica localizada.

Existem aplicativos que podem fazer esse controle, de medir e analisar o limiar anaeróbico entre outros recursos. Isso possibilita um controle das metas e da saúde.

O gasto médio de uma aula de ginástica localizada, medido por meio de calorimetria indireta, vai depender diretamente da intensidade da aula e carga utilizada.

Além do ritmo e peso corporal do praticante. Porém, com o uso de um analisador metabólico, pode variar entre uma média de 350 a 500 kcal/hora.

Toda atividade física de alta intensidade proporciona queima calórica. Entretanto, a fonte energética predominante durante a aula de ginástica localizada é a glicolítica.

Portanto, esta atividade proporciona grande queima calórica, mas não necessariamente grande queima de gordura, devido ao fato de estar diretamente dependente da dieta alimentar.

Este gasto depende diretamente da intensidade do trabalho, entretanto seus estudos apontam para uma média de 6,1 kcal/min, entre 350 a 500 kcal por hora de atividade.

É necessário um mínimo de três sessões de treinamento semanais, independente da atividade, para a manutenção da saúde. A tendência atual é de se trabalhar com grandes cargas.

O que proporciona aumento da massa magra, mas deve tomar cuidado para não ocorrer exageros. Os exercícios devem sempre manter a qualidade e segurança.

Os exageros causam lesões muitas vezes irreversíveis. O aumento da carga deve ser progressivo e racional. Veja o pdf. ginastica localizada pdf dicas de menina

A disciplina, a técnica de execução e a qualidade do trabalho são mais importantes que uma carga muita pesada. Se você pretende melhorar sua capacidade cardiorrespiratória.

O ideal é trabalhar em uma freqüência cardíaca mais elevada. Mas se você pretende diminuir seu percentual de gordura, deve trabalhar em uma freqüência cardíaca mais baixa por longo período de duração.

Toda atividade física deve ser planejada. É fundamental se manter firme em condições de cumprimento dos objetivos. Que variam desde maior resistência muscular.

Cardiorrespiratória como também o aumento da massa muscular, entre outros. É um erro pensar que quando se está em jejum, a gordura armazenada será oxidada em maior quantidade.

É fundamental uma dieta balanceada. Para se obter resultados a nível se queima de gorduras. O ideal é que se faça refeições leves com um período de antecedência antes de qualquer atividade física.

Principalmente na ginástica localizada, onde o percentual participativo da glicose é alto, deve manter uma reserva de glicogênio para evitar uma hipoglicemia.

O que pode trazer desconforto e isso poderá impedir de continuar seu trabalho. Outro erro muito freqüente é o fato de se comer imediatamente antes de qualquer atividade.

Quando você ingere carboidratos, principalmente de cadeia simples, sua taxa de insulina sobe a níveis acima do norma. O que proporcionará uma queima desnecessária de energia e ocasionará um desgaste antecipado.

Regras Da Ginástica Localizada

Regras Da Ginástica Localizada dicas de menina

Atividade física é qualquer movimento corporal que resulte em um determinado gasto de energia, por mais simples que seja como subir um lance de escadas.

A ginástica localizada é uma atividade que envolve a realização de movimentos repetitivos e intencionais, de  determinados grupos musculares.

A atividade física não programada e os exercícios físicos, que são uma atividade física programada, são recomendados como uma importante estratégia para prevenção.

Tratamento da obesidade, diabete melito e as diversas doenças cardiovasculares. A manutenção de uma prática regular de exercícios melhora os fatores de risco.

Cardiovascular associados ao desenvolvimento da aterosclerose. As regras da ginástica localizada é sempre priorizar os limites do corpo, bom como:

Regra 1: Antes de começar um programa de exercícios físicos procure uma orientação médica. Este profissional  poderá solicitar que você faça alguns exames de laboratório.

Eletrocardiograma, teste de esforço, ergoespirometria. Em pessoas sem sintomas, o teste de esforço é obrigatório antes do início de um programa de exercícios nas seguintes situações:

Homens com mais de 40 anos e mulheres com mais de 50 anos. História familiar de doença arterial coronariana precoce ou morte súbita,  atletas de competição ou pessoas com uma profissão que exponha outras pessoas a riscos.

Regra 2:Escolha o tipo de exercício físico adequado. O exercício físico poderá ser entre a ginástica localizada e os aeróbico. Os exercícios de resistência.

Como musculação e ginástica localizada, aumentam a massa magra, livre de gordura. Se você apresenta sobrepeso ou obesidade, a combinação de uma dieta.

Restrita em calorias com a prática regular de exercícios potencializa a perda de peso. Os exercícios de resistência ajudarão a evitar a perda de massa magra durante uma dieta de baixa caloria.

Se você não pode fazer uma atividade física programada. Atividades do cotidiano podem trazer os mesmos benefícios como: caminhadas. Subir e descer escada.

Quinze minutos para ir ao trabalho de bicicleta e quinze minutos para voltar do trabalho. Ser fisicamente ativo, é adotar um novo estilo de vida.

Regra 3:Procure ter regularidade na prática dos exercícios físicos. O ideal é que se faça exercícios de três a cinco vezes por semana.

Inicie com cerca de duas horas e meia por semana e tente atingir cerca de três a cinco horas por semana. Pode começar com uma caminhada em esteira de 1500 metros.

Acrescentando cerca de 500 metros ao final de cada semana até atingir uma caminhada de diária três e meio a cinco quilômetros por sessão.

O horário ideal para a prática do exercício será aquele em que você consiga obter uma maior regularidade. A prática de exercícios pela manhã poderá ser perigosa.

Caso você tenha um perfil de risco cardiovascular elevado ou se não foi bem avaliados ou não estejam seguindo as orientações médicas.

Regra 4:Divida corretamente o tempo de cada sessão de exercício físico. A sessão de exercícios deverá ter cerca de sessenta minutos até no máximo noventa minutos.

A sessão deve ser subdividida em um período de aquecimento de cerca de cinco minutos, seguido por um período específico de exercícios aeróbicos de trinta a quarenta e cinto minutos.

Um período de exercícios de resistência ginástica localizada ou musculação com carga mais baixas e um maior número de repetições. Cerca de quinze a vinte minutos.

Regra 5:Não exagere na intensidade do exercício físico. A intensidade do exercício deverá ser obtida preferencialmente através do teste de esforço ou ergoespirometria.

Com base nestes exames, a intensidade do exercício, chamada de frequência cardíaca do exercício (FCE) deverá ser de 60 a 80% da frequência cardíaca de reserva.

Está frequência cardíaca do exercício poderá ser averiguada na sessão de exercícios, através da palpação do pulso carotídeo. E com a utilização de algum aparelho.

Um relógio que monitora a frequência cardíaca (monitor cardíaco). A frequência cardíaca do exercício é calculada levando em conta a frequência de repouso.

Ou seja, será tudo monitorado e controlado. Por isso, é sempre bom iniciar as atividades consultando um profissional da área. E mantendo a sua saúde preservada.

Menstruação Marrom Dicas de Menina

Menstruação Marrom: O que pode ser? Gravidez?

Banho de Brilho Caseiro para Cabelos Loiros e Pretos dicas de menina

Banho de Brilho Caseiro para Cabelos: Loiros e Pretos