Categorias
Sexo

Garrafada para Impotência Sexual Feminina

É muito comum ouvir falar sobre problemas relacionados com a impotência sexual masculina, mas a mulher também está suscetível a esse problema. No artigo de hoje, iremos falar mais sobre o tema e ainda dar dicas de garrafada para impotência feminina.

Para quem não sabe, existe sim um tipo de Impotência feminina de caráter feminina. E acredite, existe sim um porção de mulheres que sofrem muito com esse problema que traz aspectos negativos tanto para a saúde, quanto para a vida interpessoal e sexual.

É natural se abordar com mais frequência sobre a impotência sexual masculina, porque é visto como mais óbvio. Quando se trata da mulher, há mais constrangimento quando se fala sobre isso. Mas é a realidade do universo feminino e precisamos entender melhor sobre, bem como aprender sobre as dicas para vencer esse problema.

Só para se ter uma ideia, cerca de um pouco mais de quarenta por cento do público feminino enfrentam a importância sexual no mundo todo, principalmente quando se trata das mulheres entre quarenta e cinco e sessenta e cinco anos de idade.

E pensando nisso, a seguir abordaremos mais sobre o tema e ainda iremos dar vários truques e receitas de garrafada para impotência sexual feminina. Tenha uma boa leitura!

Afinal, o que é Impotência feminina de caráter sexual?

Basicamente, a impotência sexual se trata de uma disfunção que promove mudanças relevantes no desempenho e comportamento sexual do indivíduo. A mulher, quando afetada por esse problema tem os pensamentos e as fantasias sexuais diminuídos drasticamente, podendo até desaparecer.

Com isso, a tendência é querer evitar ou ficar adiando ter relações com o parceiro.
Sem contar que não conseguir tirar o devido proveito das relações sexuais acaba atingindo negativamente a qualidade de vida, desde a autoestima até mesmo o relacionamento com o parceiro.

De forma geral, existem quatro áreas básicas nas quais a mulher tende a ter problemas relacionados a vida sexual: a área do desejo, a da excitação, a do orgasmo e a das dores na relação.


• Saiba mais sobre a chamada Resposta Sexual

No decorrer da Relação sexual, naturalmente a mulher passa por um ciclo onde ocorre a resposta sexual, e essa resposta é dividida em fases. Na medida em que ocorre dificuldades em alguma dessas fases de resposta, é aspecto claro que a mulher está enfrentando algum tipo de Impotência sexual.

Entenda mais sobre as fases:

  • Fase do Desejo: Nessa fase, ocorre o estímulo dos instintos e dos desejos, que crescem gradativamente. Esse estímulo ocorre por conta das mensagens de caráter neurofisiológico que promovem o estímulo do desejo sexual.
    A vontade sexual é desencadeada por meio de estimulação tanto interna como externa, como exemplo podemos citar quando você sente o cheiro de uma pessoa que te atrai, ou o simples ato de ver ela.
    Se tratando da mulher, os principais sentidos capazes de promover a elevação dia níveis de desejo sexual são o Tato e o Olfato.
  • Fase da Excitação: Nessa fase ocorre a chamada reação de caráter fisiológico que promove o desejo sexual e a atração física. Nesse período acaba acontecendo vários tipos de mudanças que acabam preparando o nosso corpo para a efetiva relação sexual.
    Nessa fase é onde ocorre a tensão dos músculos, a vaso-congestão da Genitália bem como a Lubrificação da Vagina, e o clitóris sobre um pequeno aumento de tamanho, onde o Útero fica mais elevado e a Vagina se expande.
  • Fase do Orgasmo: E finalmente é nessa fase que acontece a efetiva liberação de toda tensão sexual que é acumulada durante a relação íntima. É o Ápice do prazer no sexo, é quando ocorre o orgasmo que é o processo onde acontece as contrações rítmicas e de caráter involuntário, com frequência aproximada de doze vezes a cada 0,8 segundos.
  • Fase da Resolução: A última fase é onde acontece o efetivo relaxamento e as alterações sofridos anteriormente pelo corpo sofrem regressão. Ou seja, o Clitóris volta ao tamanho normal depois de cerca de dez ou quinze minutos, e os pequenos lábios perdem aquele tom arroxeado depois que ocorre o orgasmo.

Se depois disso, ainda sim a mulher continuar recebendo estímulos e carícias, o corpo dela poderá se preparar novamente e ter novos orgasmos.

Quando falamos de impotência sexual feminina, estamos nos referindo a problemas disfuncionais que podem afetar qualquer uma dessas fases que mencionamos.

Conheça agora os principais tipos de Disfunção Sexual

Apesar de existirem muitos tipos de problemas associados a disfunção sexual, a seguir vamos dar destaque as principais:


• Transtorno de Desejo Sexual

Esse tipo de disfunção atinge diretamente o apetite sexual da mulher, ou seja, a vontade que ela sente em ter relação sexual. Nessa situação, a mulher dificilmente sente vontade de transar, pode até acontecer dela nunca sentir essa vontade. Raramente ela tem pensamentos ou fantasias que gostaria de realizar e raramente ou nunca toma iniciativa na hora H.

Vale salientar a falta do desejo sexual não está ligada com a frequência se atividade sexual da mulher, inclusive ela pode muito bem ter uma vida sexual ativa e não sentir nenhum desejo.


• Transtorno de Excitação Sexual

Nessa disfunção ocorre a dificuldade de se excitar e por isso a mulher boa consegue se manter lubrificada durante a relação sexual. É o que comumente é conhecido por frigidez Feminina.

Esse problema não é apenas decorrente de fatores físicos, mas também de fatores psicológicos que afetam diretamente na capacidade de aproveitar plenamente a relação sexual.

Tanto problemas com dificuldade na lubrificação, como problemas ligados a ansiedade podem influenciar diretamente nesse transtorno, bem como a dificuldade de sensibilidade no processo de estimulação do Clitóris ou da própria Vagina.


• Transtorno do Orgasmo

Casa orgasmo que uma mulher vivencia é diferente. Contudo, se não houver uma efetiva estimulação, ele pode nem acontecer e isso afeta negativamente não só a mulher que se frusta por não atingir o ápice do prazer, como também o parceiro que pode se sentir inseguro ou incapaz de dar prazer a companheira.

Na medida em que a mulher não consegue chegar no orgasmo, natural ela pode acabar sofrendo com impotência sexual, disfunção está que se parece muito com um problema chamado Anorgasmia, que é quando a mulher não consegue atingir orgasmos.


• Transtornos de dor Sexual

Dos problemas citamos, o mais comum é a disfunção sexual decorrente de dores que a mulher pode sentir durante o ato de intimidade. Na maioria das vezes esse problema é de caráter orgânico, fazendo com que orgasmo não aconteça.

Aliás, medo de sentir novamente a dor acaba provocando a diminuição do tesão. A sensação desconfortável que geralmente elas sentem podem ser simplesmente de dor, ou pode variar entre ardência ou sensação de picada.

Principais sintomas de Impotência sexual feminina

Existem muitos fatores que podem indicar sinal de impotência sexual feminina, mas alguns são mais frequentes e evidentes. São eles:
• Falta de vontade de fazer sexo,
• Falta de iniciativa por conta da falta do desejo sexual,
• Não conseguir alcançar a receptividade durante o ato íntimo,
• Não conseguir ter pensamentos ou não ter nenhuma fantasia erótica.

Fatores que podem causar a Impotência sexual feminina

De forma geral não podemos dizer que há um determinado problema que causa a disfunção sexual, até mesmo porque existem vários fatores que em conjunto podem influenciar nessa questão.

Mas existem sim alguns aspectos e situações que acabam contribuindo para a perda do desejo sexual no caso da mulher. São eles:


• Problemas ligados a saúde: Diabetes, enfermidades cardíacas, Câncer, Artrite, Esclerose Múltipla ou o consumo de bebida alcoólica em excesso,
• Uso de remédios para tratar problemas com pressão alta, Depressão, dores e uso de contraceptivo oral,
• Problemas com Endometriose, Cistite, e problemas nos músculos da Pélvis,
• Situações onde a mulher tenha passado por Intervenção cirúrgica de caráter pélvico ou genital que provoca cicatrizes, redução do fluxo de sangue ou danos no nervo presente na região da Genitália,
• Redução dos níveis de Estrogênio, decorrentes de situações como a Menopausa ou Insuficiência Ovariana Prematura, que é quando os ovários acabam parando de exercer sua decisão função antes mesmo da mulher chegar aos quarenta anos de idade,
• Redução dos níveis de Testosterona, decorrente do avanço da idade ou da retirada dos ovários,
• Problemas psicológicos, caracterizados por angústia mental que abarcam desde a Ansiedade, até Depressão, Transtornos de caráter alimentar, Abuso sexual sofrido no passado ou medo de engravidar,
• Problemas com sentimento intenso de tédio, raiva, competitividade na relação, abuso físico ou emocional sofrida pelo parceiro,
• Problemas decorrentes de crenças religiosas ou até mesmo da cultura ligada ao sexo.

Dicas de garrafada para impotência sexual feminina

Sabendo das causas e fatores que podem provocar a disfunção feminina, agora é importante conhecer algumas opções que podem ajudar nesse problema. Quando falamos de garrafada para impotência sexual feminina, estamos nos referindo a receitas que ajudam a estimular o desejo sexual perdido, decorrente da disfunção.

E por isso, nesse tópico você vai conhecer diversas opções que poderão ser utilizadas na sua garrafada para impotência sexual feminina. Bora lá conhecer?


• Maca Peruana

Estudos comprovaram que quando determinados órgãos do corpo humano estão com mais funcionamento, isso pode cantar provocando problemas com Impotência Sexual.

Diabetes, por exemplo, ou problemas que afetam o coração, são um dos principais fatores que provocam a disfunção, já que também interfere diretamente na circulação eficaz só fluxo de sangue.

E para quem não sabe, a raiz da Maca Peruana pode ajudar a solucionar esses problemas. Para isso, basta adicionar uma colher da raiz e ferver com um pouco de água. Quando chegar no ponto de fervura, cor e beba por diariamente, no máximo três porções.

Com o tempo, a libido feminina é estimulada. Vale a pena testar.


• Erva Mate

Outra dica é a Erva Mate, que age duplamente na vida de quem está sofrendo Impotência Sexual. Essa ação dupla envolve a estimulação e a energia que é produzida no organismo e também na sua função de vasodilatação, que faz com que ocorra uma significativa melhora do fluxo de sangue, promovendo assim um efetivo funcionamento de todos os órgãos do corpo.

Sua garrafada para impotência sexual feminina com erva Mate será feita da seguinte forma: Separe uma vasilha com água e nela acrescente algumas folhinhas da erva. Leve ao fogo e quando atingir o ponto de fervura, é só coar e beber.


• Chocolate Escuro

Embora o chocolate não seja um medicamento, estudos comprovaram que setenta por cento de cacau auxilia no aumento dos níveis de Dopamina, que para quem não sabe é conhecido como o hormônio da felicidade. Esse determinado hormônio tem a capacidade de promover o relaxamento do corpo e assim elevar a sensação de prazer.

Além disso, o chocolate Escuro promove a liberação da Feniletilamina, que age de forma Afrodisíaca, aumentando o nível de intensidade do orgasmo e do prazer durante toda a relação sexual.

Recomenda-se consumir no máximo cerca de quinze gramas do chocolate escuro, diariamente.


• Chá da raiz da Catuaba

A maioria das pessoas já conhecem a Catuaba por sua fama ligada a questão Afrodisíaca não é mesmo? E isso é verdade, a Catuaba é constituída por componentes que elevam a libido, intensifica o orgasmo e ainda aumentando prazer no ato sexual.

Em vista disso, recomenda-se consumir seu chá. Para preparar é só adicionar quarenta gramas da raiz com cerca de setessentos mililitros de água. Leve ao fogo e deixe ferver. Lembrando que um copo diariamente já é no suficiente.


• Melancia

Outro componente para a sua garrafada para impotência sexual feminina é a Melancia. De acordo com estudos, constatou-se que a fruta se equipara com o Viagra, no quesito efeito produzido no organismo.

A melancia tem propriedades como o Beta Caroteno, a Citrulina e o Licopeno, que ajudam a dilatar os vasos e melhorar a circulação, o que provoca o aumento da libido.

Em vista disso, é indicado consumir pelo menos uma fatia da fruta todos os dias.


• Noz-moscada e o Cravo

Tanto a Noz-moscada como o Cravo são constituídos por Aminoácidos capazes de promover a regeneração dos órgãos. Em vista disso, elevam os níveis de excitação e de libido do indivíduo, na medida em que estimulam o desejo sexual concomitantemente.

A dica de garrafada para impotência sexual feminina é beber o chá. Para isso basta usar meia Noz-moscada para cada um litro de água e acrescentar alguns cravos. Leve ao fogo e depois que atingir fervura é só coar e beber.


• Chá da Raiz do Ginseng

Para quem não sabe, o Ginseng se trata de um Afrodisíaco de origem natural. Quem já consumiu afirmou que a libido aumentou junto com o prazer na hora do sexo, principalmente no caso de mulheres já na menopausa. O segredo está no consumo regular.

E sabe porque isso ocorre? Porque a raiz tem ação Vasodilatadora, o que faz com que o fluxo do sangue aumente significativamente, melhorando a questão da Lubrificação Vaginal.

Para consumir basta separar um litro de água em uma jarra e acrescenta a raiz do Ginseng. Deixe fervendo por cerca de meia hora, e depois que esfriar é não coar para beber. Lembrando que o ideal é consumir no máximo um copo do chá diariamente e não fazer isso por mais de seis semanas decorrentes.


• Marapuama

Quem já usou a Marapuama relatou ter sentido muitas no seu desempenho sexual. Além de aumentar a sensação de prazer, a frequência de orgasmos também aumenta juntamente com a intensificação da libido.

Usar ele antes e depois da Menopausa, por exemplo, tem demonstrado grandes benefícios. Para consumir basta adicionar duas colheres de Marapuama em um litro de água, ferver e depois coar para beber.


• Xarope natureba com Mel, Guaraná e Ginseng

Outra dica de garrafada para impotência sexual feminina é a misturinha de três itens básicos: o Mel, o Guaraná e o Ginseng. Esses ingredientes promovem o fornecimento de energia para o nosso corpo e aumento o apetite sexual.

Para esse xarope você vai precisar de uma colher do Ginseng na versão em pó, um de guaraná em pó e cerca de uma xícara e meia de mel. Basta misturar tudo e beber uma Cher todo dia no período matinal.

Lembrando que mulheres grávidas, lactantes, com diabetes ou pressão alta não pode utilizar essa misturinha.


• Tribulus Terrestris

Para quem nunca ouviu falar, a Tribulus Terrestris é uma erva que produz o aumento dos níveis de Testosterona, que é o hormônio responsável por formar os órgãos de caráter reprodutor e de também aumentar o desejo sexual.

Para aproveitar seus benefícios, separe duas colheres da erva e adicione em cerca de meio litro de água. Deixe ferve por aproximadamente dez minutos e beba esse chá duas vezes ao dia.


• Ginkgo Biloba

O Ginkgo Biloba é um tipo de estimulante sexual, que ajuda no processo de vasodilatação, promovendo a produção de Ácido Nítrico que inclusive estimula o aumento do fluxo de sangue que circulam para os órgãos de caráter sexual.

A erva é muito conhecida por ser usada no tratamento de impotência sexual masculina, mas também é excelente para das mulheres que também enfrentam esse problema.

Enfim, não importa o que você escolha para a garrafada para impotência sexual feminina, o mais importante é não desistir porque a disfunção sexual tem solução.

Procure manter uma boa comunicação com seu parceiro sexual, para que juntos vocês enfrente esse problema. Aliás, procure um profissional, para que ele possa analisar o que exatamente pode estar afetando a sua libido e assim indicar os tratamentos mais viáveis.

Não é fácil para a mulher nem para o homem encarar a realidade da existência da Impotência Sexual. Mas se você já foi sincera consigo mesma e identificou problema, está na hora de partir para a ação e ir em busca da solução para o problema.

Você vai achar difícil no começo, mas depois que você conseguir aproveitar de verdade o prazer da relação sexual, verá como tudo isso valeu a pena.