in

Dieta Sem Carboidratos – Alimentos, Riscos para a Saúde, Dicas

Foto: via Vix.com

A dieta sem carboidratos não é uma ideia nova, ela é bem mais antiga do que se imagina. Pois no século XVIII médicos já propunham uma dieta sem carboidrato para combater doenças, como a diabetes.

Acredita-se que a dieta do homem pré-histórico era carente de carboidratos, mas rica em proteínas e gorduras, a conhecida dieta paleolítica.

E baseando-se nisso os médicos sustentavam seus argumentos de que esse tipo de dieta é uma opção saudável. Assim com o passar dos anos surgiram a dieta Atkins, a dieta cetogênica e a low carb.

Mas como funciona a dieta sem carboidrato? Quais são os alimentos permitidos? Ela proporciona riscos à saúde?

Você vai conferir mais informações e dicas no decorrer do artigo.

Como funciona a dieta sem carboidrato?

Não é possível cortar drasticamente os carboidratos da dieta, pois todos os alimentos têm um pouco de carboidrato em sua constituição.

Por isso uma dieta sem carboidrato se baseia na redução do consumo desse nutriente, dando preferência a alimentos com baixo teor de carboidratos como verduras, proteínas, gorduras e alimentos que sejam constituídos por carboidratos complexos.

Os carboidratos complexos são aqueles considerados bons que são ricos em minerais, fibras e vitaminas. Entre eles estão legumes, frutas e grãos integrais como arroz, pão e macarrão integral e aveia.

Por que os carboidratos complexos são liberados na dieta sem carboidrato?

Porque eles possuem baixo índice glicêmico, e por isso são digeridos mais lentamente pelo organismo, não aumentando os níveis de açúcar de uma vez e proporcionando mais saciedade.

Como é possível emagrecer através da dieta sem carboidrato?

Foto: via Simões Filho Online

Através dessa dieta a pessoa pode perder peso, pois sem uma grande quantidade de carboidratos o organismo realizará a cetose.

Trata-se de um estado metabólico em que acabam as reservas de glicogênio do fígado e o organismo começa a obter energia através de elementos cetônicos que o fígado produz pelos ácidos graxos.

Assim a principal fonte de energia do organismo passa a ser as gorduras, dessa forma proporcionando a queima de gordura.

Além disso, os níveis de açúcar e insulina diminuem, o que acaba reduzindo a estocagem de gordura, pois a insulina quando metaboliza a glicose acaba formando depósitos de gordura.

Por isso através da dieta sem carboidratos é possível emagrecer mais rápido do que com outras dietas. Mas para isso é necessário ter disciplina e saber o que pode ou não comer.

Quais os alimentos liberados na dieta sem carboidrato?

Foto: via Runner´s World Brasil

Entre os alimentos que estão liberados estão:

  • Carnes magras, podendo ser carnes vermelhas, de peixe, frango e porco;
  • Ovo, principalmente cozido, pois além de conter pouco carboidrato ainda faz o corpo gastar mais energia em sua digestão do que o que está sendo consumido;
  • Laticínios como leite, iogurte, manteiga e queijos, no entanto é preciso se atentar à quantidade de gorduras que possuem;
  • Verduras e legumes como alface, pepino, espinafre, abóbora moranga, repolho, brócolis, chuchu, abobrinha italiana, quiabo e berinjela.
  • Frutas que tem baixo teor de carboidrato como morango, abacate, melancia, acerola, pitanga e limão;
  • Gorduras boas como azeite de oliva;
  • Temperos de ervas, como orégano, salsinha, cebolinha, além de pimenta e gengibre;
  • Bebidas como água, café e chá sem açúcar.

Além desses alimentos como já foi mencionado você também pode consumir com moderação carboidratos complexos como arroz, macarrão e pão integral e aveia.

Quais os alimentos proibidos na dieta sem carboidratos?

Foto: via Dr. Oetker

Entre os alimentos proibidos, estão os carboidratos simples, que são pobres em minerais, fibras e vitaminas.

Esses carboidratos aumentam a glicemia e se forem consumidos em demasia podem causar problemas como prisão de ventre, cansaço e aumento de apetite.

Entre eles estão:

  • Doces, chocolates;
  • Arroz, macarrão e pão branco;
  • Bolo, biscoitos;
  • Massas;
  • Tapioca;
  • Refrigerantes e sucos industrializados.

Além disso, algumas verduras legumes e cereais também estão incluídos como a mandioca, batata, batata doce, arroz branco e feijão, e também algumas frutas como manga, tamarindo, uva, tucumã e jaca, pois são ricas em carboidratos.

Quais os benefícios de uma dieta sem carboidratos?

Foto: via Vegetais Saudáveis

Entre os benefícios que uma dieta sem carboidratos pode proporcionar estão:

  • Promove a perda de peso, pois como são diminuídas as calorias ingeridas, há um menor acúmulo de gordura e queima da gordura estocada;
  • Dá mais saciedade, diminuindo os carboidratos, aumenta-se o consumo de proteínas, que ajuda a dar mais saciedade, pois sua digestão é lenta;
  • Ajuda a controlar a glicemia, com menos carboidratos, menos açúcar é metabolizado no organismo, assim como há uma menor produção de insulina;
  • Combate a retenção de líquidos, pois incentiva a produção de urina e ajuda a eliminar o excesso de líquidos acumulados no organismo;
  • Combate a prisão de ventre, pois você também acaba consumindo mais alimentos ricos em fibras;
  • Diminui o risco de doenças cardiovasculares, pois ajuda a regular os níveis de colesterol, triglicerídeos e aumenta o bom colesterol.

Quais os riscos para a saúde a dieta sem carboidratos representa?

Foto: via Colchão Costa Rica

Apesar de oferecer benefícios uma dieta pobre em carboidratos pode fazer mal à saúde.

Pois esses nutrientes fornecem energia para o corpo e sem eles você pode passar a apresentar alguns sintomas como: cansaço, mudança de humor, aumento da ansiedade, dificuldade de concentração e mau funcionamento do intestino.

Além disso, em dietas mais drásticas você pode ter efeitos mais graves como o aumento da inflamação do organismo, no caso de dietas em que não se consome gorduras boas como castanhas, azeite e abacate.

Em outras dietas que são cortadas as frutas e verduras você pode ter falta de nutrientes em seu organismo, o que pode gerar outros males.

E como se não bastasse você também pode apresentar perda de massa muscular, uma vez que sem o carboidrato para fornecer energia, o tecido muscular também é consumido.

Como seguir a dieta sem carboidrato sem afetar a saúde?

Foto: via Radio Comunitário Legal FM 87.9

Para seguir a dieta sem carboidrato sem afetar a saúde é indicado que você a pratique por um curto período de tempo, por no máximo sete dias. Dessa forma seu corpo não sentirá tanto a ausência dos nutrientes.

Também há pessoas que seguem a dieta por apenas dois dias da semana, dessa forma pode controlar o consumo de carboidratos sem afetar muito a saúde.

Além disso, é recomendado que você tenha acompanhamento médico e nutricional para que a dieta seja elaborada de acordo com as necessidades de seu organismo.

Para quem a dieta sem carboidratos não é indicada?

Foto: via Zoom blog

A dieta sem carboidrato não é indicada para quem pratica atividades físicas, uma vez que sem esse nutriente é comum ter câimbras.

Crianças e adolescentes também não devem seguir essa dieta, pois estão em fase de crescimento e precisam de todos os nutrientes para se desenvolver.

Além disso, pessoas com problemas de saúde como renais e hepáticas, e também idosos não devem seguir a dieta. Assim sendo indicada a visita ao médico e nutricionista para avaliar qual a melhor opção para esses casos.

Dicas

Como fazer a dieta sem carboidratos sem prejudicar a saúde?

Foto: via Meditando no Dia a Dia

Além de ir ao médico e nutricionista para ter uma boa orientação, para fazer a dieta sem carboidratos sem prejudicar a saúde você deve fazê-la aos poucos, sem mudar drasticamente seus hábitos alimentares.

Normalmente comemos cerca de 250 gramas de carboidratos por dia, e a dieta sem carboidratos reduz muito essa quantidade, por isso é bom diminuir aos poucos para que o organismo se acostume e você não sofra efeitos colaterais como tontura, dor de cabeça ou mudança de humor.

Você deve deixar carboidratos simples, como açúcar, refrigerantes, doces, massas, pães de farinha branca, bolos e bolachas e dar preferência a carboidratos complexos.

Para manter seu organismo saciado o ideal é que você faça pelo menos cinco refeições diárias, como café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar.

Assim sendo o almoço e jantar devem ter vegetais, proteínas e azeite, enquanto que os lanches podem incluir alimentos nutritivos e que deixem seu organismo saciado como ovos, laticínios, abacate e castanhas.

Como variar no cardápio da dieta sem carboidratos?

Como em uma dieta sem carboidratos os alimentos retirados são aqueles que as pessoas mais apreciam (principalmente os doces e salgados) é normal acabar enjoando ou mesmo sentir falta de alimentos ricos em carboidratos ao mudar totalmente a alimentação.

Mas existem receitas que podem ajudar a incrementar seu cardápio e tornar a dieta sem carboidrato mais atrativa, entre elas:

Pão com queijo low carb

Foto: via Multi Receitas

Se você tem vontade de comer um pãozinho de manhã, saiba que é possível, mesmo em uma dieta sem carboidrato. Esse pão é feito com ovo, requeijão e fermento e é super prático de fazer.

Para fazer a receita você deverá usar: duas colheres de sopa de requeijão, um ovo, uma colher de chá de fermento, sal e pimenta a gosto.

Primeiramente você deve bater o ovo e acrescentar os demais ingredientes e misturar bem. Coloque a mistura em um pote de vidro e leve ao micro-ondas.

Deixe ligado por três minutos. Depois é só tirar o pão e desenformar, então você poderá cortar a massa ao meio e rechear com queijo.

Creme de abacate

Foto: via Marola com Carambola

Além de ser uma gordura boa o abacate é nutritivo e delicioso para ser servido como sobremesa ou mesmo no café da manhã.

Para fazer a receita você deverá usar: meio abacate maduro, duas colheres de sopa de creme de leite, uma colher de sopa de leite de coco, uma colher de sopa de nata, uma colher de suco de limão e adoçante a gosto.

Coloque todos os ingredientes em um liquidificador, bate bem até virar um creme e pronto é só comer.

Bolo cremoso de milho

Foto: via Jornal Ibiá

Sabia que é possível fazer um delicioso bolo de milho sem farinha de trigo?

Sim para fazer essa receita você vai precisar de: uma lata de milho, três ovos, uma xícara de leite de coco, uma xícara de coco ralado, 200 ml de creme de leite, quatro colheres de sopa cheias de adoçante xilitol e uma colher de sopa de fermento em pó.

Você deverá bater todos os ingredientes no liquidificador, com exceção do fermento e misturar bem até que se forme uma massa homogênea.

Depois você deve misturar o fermento de forma delicada e colocar a mistura em uma forma untada com farinha de coco.

Então você deverá levar o bolo ao forno em banho-maria por 70 minutos em fogo baixo.

Torta low carb

Foto: via Ana Maria Braga

Nessa torta você não vai usar nenhum tipo de farinha. Para fazê-la você vai precisar de: quatro ovos, 350 gramas de peite de frango desfiado, 180 gramas de cream cheese, 200 gramas de couve-flor cozida, 150 gramas de brócolis cozido, 50 gramas de cenoura cozida, onze cebolas e temperos a gosto, parmesão ralado, uma colher de sopa de fermento, sal marinho a gosto e tomate cereja.

Primeiramente você deverá fazer o recheio, para isso refogue a cebola em uma frigideira e adicione o frango e os temperos. Depois acrescente a cenoura e o brócolis já picados.

Mexa bem e reserve. Então você deverá bater no liquidificador os ovos, a couve-flor, o cream cheese e o sal.

Bata até obter uma mistura homogênea. Então adicione o fermento e bata mais um pouco. Depois coloque metade da massa em um refratário ou forma untada com óleo de coco.

Então adicione o recheio e cubra com o restante da massa. Coloque o parmesão por cima e o tomate cereja.

Leve ao forno e asse até que a torta fique dourada.

Como você pode ver uma dieta sem carboidratos se baseia na diminuição do consumo dos carboidratos, pois todos os alimentos são compostos por esse nutriente, assim seria impossível comer algo que não o tenha em sua constituição.

Nela devem ser consumidos vegetais, frutas, proteínas magras, gorduras e carboidratos complexos, que compreendem os grãos integrais.

Essa dieta pode trazer alguns benefícios ao organismo como promover o emagrecimento, combater o colesterol, triglicerídeos, diabetes, proporcionar um bom funcionamento para o intestino e combater a retenção de líquidos.

No entanto se for seguida por muito tempo, a dieta sem carboidratos também pode prejudicar a saúde, causando efeitos como tontura, dor de cabeça, cansaço, falta de concentração e até mesmo aumentar a inflamação do organismo.

Por isso ela deve ter acompanhamento médico e nutricional para que você tenha a orientação correta e assim não prejudique sua saúde e também a siga por pouco tempo.

É recomendado segui-la por no máximo sete dias ou escolher dois dias da semana para fazê-la. Dessa forma não prejudicará sua saúde.

Para que você se sinta saciada durante a dieta é recomendado fazer cinco refeições diárias, as quais devem conter os alimentos indicados na dieta dos carboidratos, pois eles te ajudarão a não sentir fome durante o dia e ainda vão promover a nutrição que seu corpo necessita.

E para não enjoar da dieta existem receitas que podem te ajudar a ter uma alimentação mais variada e gostosa, tendo a possibilidade fazer pratos saborosos sem a utilização de açúcar e farinha refinada.

Se você deseja de fato fazer uma dieta sem carboidratos consulte um médico e um nutricionista. Dessa forma você terá mais segurança e não causará males à sua saúde.

Como Falar Em Público

Receitas sem Carboidratos – Como Fazer, Dicas