in

Dicas Para Viajar Sozinha e Aproveitar a Viagem ao Máximo

Viajar é muito bom, conhecer lugares, apreciar novas culturas, comidas, paisagens, é um sonho de muita gente, pode proporcionar experiências incríveis.

A ideia de viajar sozinha, pode assustar um pouco, mas agora no Dicas De Menina você terá ótimas idéias e lugares para visitar, aproveitando ao máximo o seu tempo.

Esse receio é natural, por ser algo novo, mas para onde olhar terá uma pessoa, então não estará sozinha, fazer novas amizades, faz parte da viagem.

O principal é a segurança, então pesquisar o destino antes é muito importante. As mulheres em geral tem mais medo de viajar sozinhas do que os homens e acabam perdendo a oportunidade.

Aos poucos isso vem mudando, com mais mulheres seguras de si, e determinadas a fazerem o que tem vontade sempre, uma independência para se aventurar cada vez mais.

O gostoso da viagem é o desconhecido mesmo, descobrir um lugar que só se vê por foto, se jogar sendo você com você.

Essa sensação de liberdade e poder curtir um lugar novo sozinha, é muito bom ganhar essa independência, ter um autoconhecimento e autoconfiança.

Os cuidados necessários são os mesmos para qualquer viagem, pesquisar o lugar a documentação necessária, mesmo que não vá tão longe, é legal ter todas as informações.

Para viagens mais longas ou fora do país, uma agência de viagem pode te deixar mais segura, mas não é essencial, você pode ir sozinha com a cara e coragem.

O importante é estar com os documentos corretos e endereço de destinos ou usar app, hoje um celular facilita muito para tudo. Valores também, separar sempre uma reserva para emergências.

Lugares Para Se Viajar Sozinha

Se você está planejando uma viagem para fazer sozinha, veja essas dicas de curtir e aproveitar mais cada momento.

1. Escolher o destino é muito importante, não faça nada no impulso, para ter uma experiência completa é legal a satisfação casando com a realidade.

Se sua intenção é passear e gosta do agito, ou pretende fazer um curso de curta duração, ou gosta do sossego e bons restaurantes.

Essas são questões para levar em consideração na hora da escolha. Procurar sempre lugares que vão te oferecer exatamente o que procura.

A procura por cursos de idiomas fora do país tem aumentado cada vez mais, lugares como o Canadá oferece boas escolas e preço acessível.

Se a sua intenção for o agito fora do Brasil, aproveite países da Europa, Londres, Berlim, Paris, Amsterdam, são lugares mais badalados.

A locomoção é ótima, simples e todos falam inglês, o que facilita a comunicação. Isso é importante, pesquisar o transporte e a língua.

2. Agora com o destino já escolhido, você pretende economizar e quer fazer uma viagem com o dinheiro mais apertadinho. Aproveite promoção nas passagens.

Fique de olho, quanto antes comprar as passagens melhor. Reserva de hotel também, e pensando na economia precisa pesquisar se a época escolhida é de alta temporada.

3. Documentação, essa parte parece simples, mas precisa se organizar antes, verifique com antecedência o que realmente vai levar.

É legal ter uma cópia autenticada do documento, caso acontece algum furto ou extravio, você consegue resolver algumas coisas, principalmente em viagens internacionais.

Não deixe tudo no celular, tenha anotado também telefones úteis, endereço de alguns que lugares que queira ir.

Saiba controlar o seu dinheiro, se está sozinha e com o dinheiro contato é bom se planejar e não sair gastando.

Tenha sempre alguma quantia em mãos, caso acontece alguma coisa cm o cartão ou para lugares que não aceitam.

Verifique com o seu banco, se for realizar uma viagem para fora do país, é possível que tenha que avisar, para não ser bloqueado.

Com essas dicas simples, você já consegue se programar e viajar sozinha. Se for uma viagem perto é ainda melhor.

Para viagens longes o planejamento precisa começar uns dois meses antes, verificar se precisa trocar moeda e o melhor lugar para isso.

O legal de estar sozinha é não precisar seguir roteiro de ninguém ou entrar em um acordo, você faz o seu dia tranquilamente.

Se a sua intenção é conhecer a cultura local, estando sozinha esse momento se torna único, você presta mais atenção e aproveita melhor.

Se interagir com as pessoas é um problema pra você, viajar sozinho vai melhorar esse aspecto e muito.

Você sente a necessidade de falar com alguém, as vezes precisa de uma informação, quer compartilhar algo, perguntar, e daí surge uma amizade de estrada.

Se a sua viagem é para relaxar e só curtir o momento, ótimo. Estar sozinho significa se conectar, reencontrar e aprender mais de você.

Você pode aproveitar visitando pontos turísticos ou só sentando em uma linda praia e ler um bom livro.

Recuperar as energias dessa forma é maravilhoso, não importa o lugar, você é sua melhor companhia sempre.

É muito comum você ver alguém viajando sozinho, setembro é uma ótima data do ano por ser baixa temporada em vários destinos.

Se você gosta de sossego, esse é o melhor momento. Veja três destinos mais procurados para quem quer viajar sozinho fora do país.

Varsóvia: A capital da Polônia foi marcada pós segunda guerra mundial e é o destino ideal para você que gosta de observar as marcas da história.

A cidade tem vários palácios e museus que foram reerguidos após a guerra e isso remete uma sensação incrível.

Zagreb: Esse destino na Croácia, é ideal para o viajante que busca passeios culturais com idas à museus e galerias, além de oferecer diversos cafés maravilhosos.

É legal pesquisar depoimentos de quem já foi realizar esse tipo de aventura sozinha, viajar é sem dúvida uma libertação da alma.

Grupos como mochileiros, são ótimos, pois você tem dicas e informações de quem já passou na pele por tudo.

Por exemplo: Uma viajante postou sua experiência em mais de um país durante um mês e sozinha.

Sem dúvida uma grande inspiração para todas as mulheres, com os cuidados certo, você poderá ir tranquila.

A dica para hora da foto é não ter vergonha de pedir. Você não precisa falar inglês, mas é bom aprender a frase: “can you please take a picture of me?”

Não tenha medo de conversar, faça novas amizades e compartilhe dicas e culturas com outras pessoas de varias nacionalidades que você pode encontrar.

Países como Itália pode ser um sonho possivelmente realizado com um bom planejamento, Veneza é incrível, além das comidas típicas.

A Suíça é um país lindo e muito organizado. Se não quiser ir tão longe, lugares como Argentina, Uruguai, trazem uma riqueza imensa. E a cada viagem você não será a mesma.

Ainda está achando longe, não tem problema, aqui no Brasil mesmo, você encontra lugares incríveis para uma viagem inesquecível.

1. Ouro Preto, Minas Gerais: A principal cidade histórica mineira é um marco da arquitetura barroca e é apreciada por turistas do Brasil inteiro em todos os meses do ano.

2. Rio de Janeiro, RJ: A cidade maravilhosa é uma grata opção para quem vai viajar sem companhia, afinal tem um povo alegre e bastante receptivo.

Se você pretende curtir os atrativos locais por conta própria e ao mesmo tempo se divertir com novos conhecidos, o Rio é o destino certo.

3. Curitiba, Paraná: A capital paranaense é um dos melhores exemplos de organização urbana e qualidade de vida entre as médias e grandes cidades brasileiras. Limpa e com muitas áreas verdes preservadas.

Curitiba agrada visitantes com diferentes propósitos durante a estadia e também é um destino indicado a todos os que vão seguir viagem sem a companhia da turma, pois é bem sinalizada e com ótimo serviço de transporte.

4. São Paulo, SP: Viajar sozinho para fazer cursos de todas as áreas possíveis, assistir a festivais exclusivos de música eletrônica, comer a melhor pizza do país, perder-se entre trocentos museus e boates, admirar os grafites.

São Paulo é múltipla e as indicações citadas são poucas perto do que se pode esperar na principal metrópole da América Latina.

Não precisa fechar pacotes caros para tirar férias ou rodar o mundo. Pesquise bem o lugar que deseja ir, hospedagens que outras pessoas já foram, valores e transportes.

A insegurança pode até bater e se não se sentir a vontade saia da onde estiver. Se não gostar de alguma atitude de alguém, se afaste imediatamente.

Se o problema for a língua do país, aprenda o que for o básico, sempre tem alguém perto para ajudar.

Siga a sua intuição, lugares como Bruxelas (Bélgica) e Iquitos (Peru) há relatos de assedio verbal dos homens para mulheres estrangeiras, então cuidado.

Entre outros países e lugares, fique atenta para se prevenir, sabemos que nada é perfeito e você pode ter algumas dificuldades.

Viajar sozinha sem dúvida traz uma maior liberdade, você que escolhe para onde ir primeiro, faz seus horários e escolhe o que comer.

Austrália e EUA, são países muito procurados durante todo o ano, é bom conhecer a cultura do lugar antes, para entender e respeitar.

Se achar que não se encaixa, melhor não ir, ou deixar para passar somente um dia no lugar como experiência.

O Que Fazer Para Viajar Sozinha

Conhecer gente nova, superar medos, fazer seus próprios planos, olha que sonho gente. Você pode até achar incrível viajar com amigos, mas garanto que sozinha, também é sensacional.

Estamos aprendendo a importância de conhecer e gostar da nossa própria companhia, mais que uma atitude de empoderamento, isso é uma libertação.

 Se acha que vai viajar sem falar nada, está enganada de novo. Quando se está sozinha, você precisa em algum momento comer fora ou pedir uma informação.

Além da necessidade que temos em compartilhar algo legal que vimos, puxar um assunto, isso é muito natural.

Tudo isso é uma abertura para novos contatos e uma amizade ou uma troca de experiência, uma dica, isso é muito legal.

Viajar para outro país com uma língua diferente, também é ótimo para treinar e estudar o novo idioma.

Uma dica importante é o seguro viagem, mesmo se não for obrigatório, verifique qual a melhor forma de se proteger.

Pesquise mais sobre os hostel como meio de hospedagem, você pode ter a sua privacidade e ao mesmo tempo conhecer pessoas de diversas nacionalidades.

A troca nesse tipo de ambiente é ideal para quem deseja fazer amizades e conhecer mais culturas.

Há ferramentas preciosas, disponíveis gratuitamente, que te ajudarão, e muito, durante a viagem, como Google maps e Google tradutor.

Como já falamos aqui no Dicas De Menina, a rede social é ótima para grupos que compartilham essas experiências, então aproveite.

E esse tipo de aventura também é retratado em livros ou filmes. Então se quiser acompanhar segue as dicas:

Mas, você vai sozinha?: Da jornalista Gaía Passarelli. Livro sobre as experiências de uma mulher viajando sozinha.

Livre: É um filme sobre o autoconhecimento, que conta a história real de Cheryl Strayed, que resolveu fazer uma trilha de 4.200 Km.

Comer, rezar e amar: É um filme que também foca eu autoconhecimento, totalmente inspirado em uma história real, onde a escritora Elizabeth Gilbert viaja para Itália, India e Bali para se reconectar com si mesma.

Viajar Sozinha Autoconhecimento

Quando decidir embarcar nessa, faça mesmo, não tenha medo se vai sentir falta de alguém para compartilhar, pense no seu aproveitamento como pessoa.

Você se torna realmente suficiente, além de novas amizades que pode fazer e sempre valorizando as pequenas coisas.

Pra você que está preso na rotina, é uma ótima oportunidade de liberdade, ser seu próprio chefe, poder escolher e depois mudar de ideia.

Não se preocupe se o seu amigo não puder tirar férias ao mesmo tempo que você, pegue as malas e vá sozinha.

Viajar Sozinha No Aniversário

Uma boa pedida é conciliar uma viagem com uma data especial, e quer data melhor do que o seu aniversário.

Não precisa ser sempre uma festa com amigos, pode também ser um momento seu, em um lugar desconhecido, com pessoas que nunca viu.

Se pra você ainda está assustador, fique tranquila. Você consegue aproveitar muito o lugar, conhecer novas culturas e abrir a sua mente.

Seria um momento de se conectar com você e ter um grande presente de aniversário, com uma experiência incrível.

Com essa independência você pode descobrir uma grande paixão, que é poder sair sozinha, conhecendo lugares que sempre quis ou que nunca pensou estar.

E para não ter problemas, siga as dicas. Estar em um lugar diferente dentro ou fora do país requer alguns cuidados.

O primeiro passo é pesquisar muito o lugar, pontos que queira visitar, horários, valores, documentação necessária.

Procure aprender um pouco da cultura do lugar antes de ir, é preciso respeitar as diferenças e se acha que não vai se sentir bem, melhor mudar o destino.

Depois de pesquisar bem o lugar, o roteiro é hora da hospedagem, você tem a opção do hostel, que oferecem lugares compartilhados por um bom preço.

É possível encontrar acomodações individuais, mas o legal mesmo é se comunicar com outras pessoas e já trocar dicas.

Não importa para qual canto do mundo vai viajar, é sempre muito importante tomar cuidado com a segurança.

Em toda cidade você vai encontrar zonas mais agitadas com restaurantes, bares e baladas e outras mais tranquilas.

É legal pesquisar se o lugar que pretende ficar ou visitar, está localizado perto dessas áreas mais movimentada.

Se você gosta de tranquilidade, talvez seja melhor procurar outra opção. Se você gosta de festa e quer ficar perto do agito, achou o lugar.

Para evitar ter que se locomover muito caso queira comer, pesquise as opções de mercados e restaurantes próximos.

Sempre saiba seus itinerários, mantenha um mapa já baixado, para conseguir consultar sempre mesmo estando offline.

Você não precisa ser fluente no idioma do país que vai visitar, e nem deve colocar isso como um obstáculo. Porém, é muito importante que saiba algumas frases básicas e fundamentais para pedir ajuda.

Eu sei que é uma missão difícil escolher quais roupas levar numa viagem, mas é fundamental ser objetiva e prática nas escolhas. Viajar com uma bagagem leve é muito melhor.

Dependendo do lugar onde você for, como praia ou campo, uma mala de rodinha não é muito útil e só vai te atrapalhar.

Por que Viajar Sozinha?

Quer mais motivos do que todos esses que já demos, bom se chegou até aqui é porque tem o interesse em fazer essa aventura sozinha.

Esse é o primeiro passo, o resto é mais chatinho como procurar o lugar, pesquisar, separar documentos, separar as roupas certas.

E sem dúvida o principal motivo é a sensação de liberdade e a troca de experiência, isso é muito libertador, não importa o seu perfil, sempre vai levar boas recordações.

Mesmo que não tenha o espírito tão aventureiro, é só pesquisar bem o lugar e vai se sentir mais segura.

Quando você está sozinha absorve muito mais a cultura de um lugar. Aprende a olhar tudo de outra maneira, perde seus preconceitos e para pra pensar que o mundo não é apenas aquele que gira ao seu redor.

Cabelos Coloridos nas Pontas: 30 Inspirações e Aprenda Como Cuidar

Alongamento de Cílios: 30 Inspirações, Aprenda Como Cuidar