in

Como saber se estou ovulando? Leia este texto!

Leia este texto! Dicas de Menina
Foto: via Mamy Sonhadora

Se você quer saber se está ovulando para engravidar é interessante que leia esse texto.

Em mulheres em que o período fértil é regular, ou seja, que o ciclo menstrual tenha sempre o mesmo número de dias de duração é possível saber se está ovulando pela calculadora do período fértil.

Mas se a sua menstruação é irregular é possível saber se está ovulando através de alguns sintomas que a ação dos hormônios femininos provocam no organismo da mulher. Entre esses sintomas está o muco que lembra uma clara de ovo e que é produzido pelo hormônio estradiol durante o período fértil.

Outro sintoma é a dor cervical, sendo que há mulheres que são tão sensíveis que podem até mesmo saber se estão ovulando em um ou dois ovários, dependendo do lado que estão sentindo a dor.

No caso da mulher que está amamentando é possível saber se está ovulando após a sexta semana depois do parto que é quando ela retorna a ovular normalmente.

Confira mais detalhes sobre o assunto a seguir.

O que é ovulação?

A ovulação é o momento em que um dos ovários ou os dois libera a saída do óvulo, para que este possa passar pelas trompas de Falópio para poder ser ou não fecundado.

O óvulo se mantém no local por até 24 horas, tempo em que deve ser fecundado para gerar a gestação. Se ocorre a gestação ele se encaminhará para o útero, caso contrário será eliminado pelo canal vaginal.

A ovulação geralmente ocorre no meio do ciclo menstrual durante o período fértil. Esse momento é provocado pelo hormônio luteinizante (LH), que é produzido pela glândula hipófise.

Como saber se estou ovulando para engravidar?

Se o seu desejo é engravidar então é importante que você saiba qual é o momento do seu período fértil. Pois é nele que ocorre a ovulação e o óvulo é liberado para ser fecundado.

Há várias formas de saber quando o período fértil acontece. Confira quais são elas a seguir:

Como saber se estou ovulando pela calculadora do período fértil?

Leia este texto! Dicas de Menina
Foto: via Beauty Blog

Para calcular o período fértil em que ocorre a ovulação primeiramente você deve saber quantos dias de duração tem o seu ciclo menstrual.

É sabido que um ciclo menstrual pode durar de 21 a 35 dias. Se o seu ciclo menstrual tem duração de 28 dias você deve contar 14 dias a partir do primeiro dia da menstruação.

Esse dia corresponderá ao período fértil e você deverá contar três dias antes dele e três dias depois, totalizando sete dias. Esse número de dias serão os dias com grande possibilidade de ocorrer a ovulação.

Então nesse caso os dias correspondentes ao período fértil seria do 11 ao 16.

Se o seu ciclo tem um número diferente de dias você pode usar a calculadora fértil. O site Tua Saúde disponibiliza uma calculadora, onde você poderá calcular quais dias terá maior probabilidade de você ovular no próximo mês.

Para usá-la você deverá clicar aqui. No site basta você indicar o dia da sua última menstruação e indicar o número de dias que dura o seu ciclo menstrual. E pronto é só clicar na opção “Calcular” que será mostrado o resultado de quais serão os dias em que você poderá ovular.

Agora se o seu período fértil é irregular, ou seja, em que os ciclos não duram o mesmo número de dias, você deve fazer o seguinte: anote o primeiro dia de cada menstruação durante um ano. Isso vale para as mulheres que gostam de usar o método da tabelinha.

Em seguida você deve contar o número de dias entre uma menstruação e a outra para saber a duração de cada ciclo menstrual.

Então você deve subtrair 18 no mês em que o ciclo foi mais curto e 11 do mês que for mais longo. Se o mês mais curto for 21 dias, o resultado será 3. Se o mês mais longo for 28 dias, o resultado será 17.

Super Dicas de Compras

Roupas, bolsas, Make up e muito mais. Produtos escolhidos por nossa curadoria especialmente para você. Confira ;)

Assim quer dizer que entre o dia 3 a 17 de cada mês serão os dias mais propícios a ocorrer o período fértil.

Como saber se estou ovulando através do muco?

O muco é produzido pelo hormônio estrogênio e sua produção aumenta durante o período fértil. Sua função nesse momento é ajudar os espermatozoides a se locomoverem até o útero para encontrar o óvulo.

Durante a ovulação o muco se torna mais volumoso, elástico e pegajoso, não tem cheiro ou cor. Sua textura lembra uma clara de ovo.

Para ter certeza que se trata do muco produzido durante a ovulação você pode tocá-lo com a ponta do dedo indicador e do dedo polegar para ver se ele se estica entre seus dedos. Se isso acontecer indica que você está no período fértil.

No entanto pode acontecer de o hormônio estrogênio estar com a concentração baixa em seu organismo e você não notar a presença do muco, sendo que ele se manterá na parte interna. Por isso nem sempre dá pra notar o muco.

Também é possível aumentar o muco vaginal através de ações simples, como beber mais água e ingerir o chá da casca do inhame, pois ele pode ajudar a estimular a ovulação e a produção de bons óvulos.

Como saber se estou ovulando pelos sintomas?

Além do muco existem alguns sintomas que aparecem durante o período fértil e que através deles é possível saber se está ovulando ou não. Essa é uma ótima forma para saber se está ovulando se sua menstruação é irregular.

Entre os sintomas que costumam aparecer, temos:

Dor Abdominal

Quando o folículo se rompe para liberar o óvulo, também ocorre o vazamento de um líquido que se encontrava em seu interior e que pode vir junto de um sangramento. Esse líquido com sangue pode causar dor quando chega ao abdômen da mulher.

E o mais interessante é que a dor pode ser tão particular que é até mesmo possível que algumas mulheres sintam qual dos ovários o óvulo foi liberado, pois estão sentindo dor do lado direito ou esquerdo.

Então se você sente dor dos dois lados pode muito bem ser que você esteja ovulando dos dois ovários, o que pode acontecer quando a mulher fica grávida de gêmeos bivitelinos.

Mas nem sempre a mulher pode sentir dor abdominal durante a ovulação.

Nossas Dicas de Makeup

Roupas, bolsas, Make up e muito mais. Produtos escolhidos por nossa curadoria especialmente para você. Confira ;)

Alteração na Temperatura Basal

Leia este texto! Dicas de Menina
Foto: via Mural Científico

A temperatura basal é aquela medida quando o corpo está em repouso, após uma noite de sono. É indicado que a mulher meça todos os dias após a menstruação. Pois a temperatura costuma se elevar de 0,2 a 0,5 graus após ter ocorrido a ovulação. Isso costuma acontecer de dois a três dias depois de ter ocorrido a ovulação.

Assim a mulher pode fazer da seguinte forma. Deixar o termômetro próximo à cama antes de dormir. E ao acordar antes de se levantar ou fazer qualquer outra atividade medir sua temperatura.

O ideal é que a temperatura seja medida com o termômetro embaixo da língua, pois essa forma é mais confiável do que a forma convencional de medir embaixo do braço.

Assim é possível através do dia que ocorreu essa alteração de temperatura estimar quando foi a ovulação e quando poderá ser a ovulação dos próximos ciclos.

Sensibilidade das Mamas

Outro sintoma que pode ocorrer é as mamas ficarem mais sensíveis. Isso acontece pois nas glândulas mamárias há receptores hormonais, e quando acontece a produção de estrogênio na primeira fase do ciclo menstrual pode haver um aumento nas mamas.

E quando ocorre a segunda fase, que é após a ovulação há a produção do hormônio progesterona e isso pode fazer com que as mamas fiquem doloridas.

Observando os sinais que seu corpo mostra fica mais fácil saber quando você costuma ovular.

Aumento da Libido

O desejo sexual da mulher aumenta quando se encontra no período fértil. Isso acontece devido à grande produção de hormônios nessa fase, sendo uma reação normal, já que é como se o corpo entendesse que nesse momento o óvulo pode ser fecundado.

Assim se o seu desejo sexual aumentar de forma estranha durante alguns dias é sinal que você pode estar ovulando.

Pequenos Sangramentos

Devido às alterações hormonais também pode haver um pequeno sangramento, que a mulher pode notar na calcinha. Geralmente é apenas uma pequena mancha que não é tão fácil de ser percebida quando a mulher não está atenta.

Outros Sintomas

Outros sinais que podem indicar que a mulher se encontra no período fértil são:

aumento de energia, sentidos aguçados, fome exagerada, retenção de líquido e instabilidade emocional.

Como saber se estou ovulando se estou amamentando?

Leia este texto! Dicas de Menina
Foto: via Plano Feminino

De acordo com um estudo publicado na revista científica “Obstetrics & Gynecology” uma nova gravidez pode acontecer até três semanas após o parto. Muitos médicos já testemunharam essa experiência. E isso é notado em mães que não amamentam.

Pois é sabido que a amamentação pode impedir a ovulação. Mas para isso acontecer é preciso que a mãe amamente o bebê pelo menos seis vezes ao dia. Caso contrário a ovulação pode ocorrer.

Quais outros métodos existem para saber se estou ovulando?

Teste de Ovulação Através da Urina

Para ter certeza de que se está ovulando a mulher pode ficar atenta aos sintomas falados anteriormente ou recorrer a outros métodos, como o teste de ovulação.

Esse teste é vendido na farmácia e é parecido com o teste de gravidez, só que ao invés de detectar o hormônio HCG da gravidez, ele detecta o hormônio luteinizante (LH) na urina. Para usar o teste é recomendado ler todas as instruções para não haver erro.

Teste de Ovulação Através da Saliva

Outro teste que você pode fazer é através de um microscópio de brinquedo, coletando sua própria saliva.

Pois através da saliva é possível ver se há sais corporais cristalizados nela. O que indica que a mulher está em sua fase fértil.

Pois quando há um aumento na produção dos hormônios estrogênio e LH durante o período de ovulação, ocorre o estímulo para a produção da enzima mucina e sódio no organismo. Isso faz com que a quantidade de sais corporais na saliva seca seja maior.

Assim é só coletar a saliva, colocar em uma lâmina e observar no microscópio. Se houver muitas formações que são conhecidas como samambaias, quer dizer que você se encontra no período fértil.

Existe um teste próprio para isso que é Ovatel, no entanto seu preço não é dos mais baratos. Mas acaba compensando, uma vez que é preciso comprá-lo apenas uma vez enquanto que o teste de urina é descartável.

Exames Laboratoriais

Também é possível saber se você está ovulando através de exames médicos. Entre eles o ultrassom, em que se pode observar o ovário e a formação dos folículos. Assim a mulher pode acompanhar seu ciclo menstrual e prever com precisão o dia da ovulação.

Mas para isso é necessário que a mulher faça vários exames a partir do início do seu ciclo menstrual. É uma boa opção para mulheres que estão tendo dificuldade para engravidar.

Outro exame é a biópsia, em que um fragmento do tecido que recobre o endométrio é retirado e analisado para ver qual a atuação dos hormônios sobre o local. É um exame mais invasivo e incômodo que o ultrassom, mas também é preciso.

O que fazer para engravidar?

Leia este texto! Dicas de Menina
Foto: via Correio Minas

Realizando os métodos que citamos neste artigo é possível se organizar com seu companheiro e ter relações nos dias propícios para ocorrer a ovulação.

No entanto é preciso ficar atenta a algumas coisas que podem ajudar nessa empreitada.

Se você usa pílula anticoncepcional deve parar de tomá-la para poder engravidar. Se você toma pílulas que tenham pausa de sete dias (geralmente são as que combinam progesterona e estrogênio) o ideal é que pare de tomá-las quando tiver terminado a cartela.

E mesmo parando de tomá-la é possível que sua menstruação atrase no próximo mês, por isso é bom ter paciência, aguardar que a menstruação venha e seguir os sinais citados neste artigo.

Agora se a pílula que você toma não tem o intervalo de sete dias (geralmente é feita com progesterona) você pode parar no momento em que desejar. Mas também deve aguardar que a sua menstruação venha para poder tentar uma gravidez.

Se o anticoncepcional que você toma é injetável (que são aqueles que duram de um a três meses) é preciso ter ainda mais de paciência, pois pode demorar até seis meses para que a ovulação possa ocorrer após parar de tomar as injeções.

Você também precisa se cuidar e verificar se possui alguma doença que te impede de engravidar, como a síndrome dos ovários policísticos, por exemplo.

Ad DDM

É importante que você consulte um médico ginecologista e tire todas as suas dúvidas com ele. Dessa forma ele saberá lhe orientar do que fazer para poder engravidar.

Deixe uma resposta

A mulherada vaidosa que adora se cuidar, principalmente quando o assunto é corpo, sabe como é difícil afinar os braços. A maioria luta para eliminar aquela gordura indesejada do tchauzinho e muita são as dúvidas sobre como atingir o objetivo. Mas sabia que existem exercícios para afinar os braços? Pois é, existem vários e eles ajudam não só a afiná-los, como mantê-los torneados, fortes e simultaneamente firmes, como desejamos, afinal quem não quer ter tudo em cima, concorda? A gordurinha que tende a se acumular debaixo do braço feminino é um dos mais difíceis de se livrara e ela facilmente surge, porque é a região que menos movimentos durante o nosso cotidiano e por isso, além de gordura o braço facilmente fica flácido. Para combater esse cenário que incomoda a maioria das mulheres, é importantíssimo praticar atividades físicas regularmente, que incluam exercícios localizados voltados para essa região, além de manter uma alimentação saudável que potencialize ainda mais os resultados desejados. No artigo de hoje iremos ensinar várias dicas para você aprender a cuidar dos seus braços, mantendo-os sempre lisinhos e cheios de maciez, além de é claro, dar dicas de alimentação saudável e mostrar os melhores exercícios para afinar os braços, que inclusive você pode fazer sem sair de casa. Aproveite a leitura e anote todas as dicas para não deixar nem uma passar!

Exercícios para afinar os braços: Conheça os melhores!

Escova Orgânica Benefícios e Antes e Depois dicas de menina

Escova Orgânica: Benefícios e Antes e Depois