in

Como Platinar o Cabelo? Guia Completo!

Você já ouviu a frase: “Cada caso é um caso? ”. Pois bem, quando falamos de cabelo, esse termo define bem o que queremos dizer e se o assunto for como platinar o cabelo, fica ainda mais difícil definir quantos processos são necessários, afinal não existe uma receita de bolo pronta. Em outras palavras, não há uma quantidade exata de descolorações que cada tipo e cor de cabelo deve fazer para evitar chegar em tons alaranjados, ou com os fios danificados e quebradiços. Mas existem sim algumas dicas que podem te ajudar a chegar em um resultado mais eficiente. Primeiramente tenha em mente que descolorir o seu cabelo não vai ser tarefa fácil, afinal é um procedimento muito delicado e qualquer erro pode estragar suas madeixas. Tendo consciência disso, preste atenção nas recomendações a seguir que vão te guiar para uma descoloração mais “saudável” dos fios.

Você já ouviu a frase: “Cada caso é um caso? ”. Pois bem, quando falamos de cabelo, esse termo define bem o que queremos dizer e se o assunto for como platinar o cabelo, fica ainda mais difícil definir quantos processos são necessários, afinal não existe uma receita de bolo pronta.

Em outras palavras, não há uma quantidade exata de descolorações que cada tipo e cor de cabelo deve fazer para evitar chegar em tons alaranjados, ou com os fios danificados e quebradiços.
Mas existem sim algumas dicas que podem te ajudar a chegar em um resultado mais eficiente.

Primeiramente tenha em mente que descolorir o seu cabelo não vai ser tarefa fácil, afinal é um procedimento muito delicado e qualquer erro pode estragar suas madeixas.
Tendo consciência disso, preste atenção nas recomendações a seguir que vão te guiar para uma descoloração mais “saudável” dos fios.

Analise bem o seu cabelo e faça um diagnóstico preciso da saúde dele

É muito importante verificar o estado das suas madeixas, afinal se elas estiverem muito ressecadas, se quebrando facilmente, porosas e mastigadas, o processo para descolori-las só irá danificá-las ainda mais. Para evitar perder seu cabelo ou ter qualquer outro tipo de frustação, garanta que ele esteja com saúde, pois caso contrário você não chegará no seu objetivo principal: Descolorir. Para a mulherada que tem química na região, precisa ficar mais atenta. Obviamente, independentemente do tipo de produto ou tinta que você for aplicar em um cabelo virgem, qualquer um terá um melhor resultado do que se comparado com um cabelo já quimicamente tratado. Como é raro encontrara alguma mulher de cabelo virgem, a recomendação é que quem tem tons avermelhados ou muito escuros nos fios, precisa fazer uma Decapagem. Para quem não sabe, a decapagem é um procedimento que promove a remoção dos pigmentos de cor das madeixas. Caso você se enquadre nesse perfil e está querendo ficar platinada, não faça isso tudo de uma vez. Primeiro passo pela decapagem e espere um tempo para que os fios se recuperem do processo, e só depois vá para o processo de platinação dos fios. A mulherada que gosta de dar relaxamento no cabelo ou alisá-los com produtos químicos permanentes ou tradicionais, precisam certificar-se se a química existente no produto químico que usam, tem compatibilidade com a química da descoloração, pois caso contrário pode ocorrer o tão indesejado corte químico, que é nada mais nada menos do que a quebra das madeixas. Um terceiro aspecto importantíssimo a ser analisado é sobreo tipo da tonalidade base dos seus fios. Quem tem os fios mais fininhos, acaba conseguindo clareá-los com muito mais facilidade, enquanto que quem tem os fios mias grosso, precisam fazer mais processo até alcançar o objetivo desejado. Os cabelos do tipo cacheado ou crespo, são naturalmente mais ressecados. Em vista disso, se esse é o seu caso, você precisa ter um cuidado redobrado se quiser descolori-lo, a fim de que não ocorra nenhum tipo de dano maior para suas madeixas. As mulheres com cabelos naturais na tonalidade preta ou castanha escura, acabam precisando fazer mais de uma etapa de descoloração para conseguiram atingir o nível platinado dos seus fios.

É muito importante verificar o estado das suas madeixas, afinal se elas estiverem muito ressecadas, se quebrando facilmente, porosas e mastigadas, o processo para descolori-las só irá danificá-las ainda mais.

Para evitar perder seu cabelo ou ter qualquer outro tipo de frustação, garanta que ele esteja com saúde, pois caso contrário você não chegará no seu objetivo principal: Descolorir.

Para a mulherada que tem química na região, precisa ficar mais atenta. Obviamente, independentemente do tipo de produto ou tinta que você for aplicar em um cabelo virgem, qualquer um terá um melhor resultado do que se comparado com um cabelo já quimicamente tratado.

Como é raro encontrar alguma mulher de cabelo virgem, a recomendação é que quem tem tons avermelhados ou muito escuros nos fios, precisa fazer uma Decapagem. Para quem não sabe, a decapagem é um procedimento que promove a remoção dos pigmentos de cor das madeixas.

Caso você se enquadre nesse perfil e está querendo ficar platinada, não faça isso tudo de uma vez. Primeiro passo pela decapagem e espere um tempo para que os fios se recuperem do processo, e só depois vá para o processo de platinação dos fios.

A mulherada que gosta de dar relaxamento no cabelo ou alisá-los com produtos químicos permanentes ou tradicionais, precisam certificar-se se a química existente no produto químico que usam, tem compatibilidade com a química da descoloração, pois caso contrário pode ocorrer o tão indesejado corte químico, que é nada mais nada menos do que a quebra das madeixas.

Um terceiro aspecto importantíssimo a ser analisado é sobreo tipo da tonalidade base dos seus fios. Quem tem os fios mais fininhos, acaba conseguindo clareá-los com muito mais facilidade, enquanto que quem tem os fios mias grosso, precisam fazer mais processo até alcançar o objetivo desejado.

Os cabelos do tipo cacheado ou crespo, são naturalmente mais ressecados. Em vista disso, se esse é o seu caso, você precisa ter um cuidado redobrado se quiser descolori-lo, a fim de que não ocorra nenhum tipo de dano maior para suas madeixas.

As mulheres com cabelos naturais na tonalidade preta ou castanha escura, acabam precisando fazer mais de uma etapa de descoloração para conseguiram atingir o nível platinado dos seus fios.

Passo a passo para preparar o produto que irá descolorir o cabelo

Para começar é importante ressaltar que existe sim a possibilidade de platinar os fios sem precisar usar o pó descolorante, porém esses casos são muito raros. Provavelmente você vai precisar sim fazer a descoloração. Observe a baixo as dicas do passo a passo e descubra como platinar o cabelo: • Fique pelo menos três dias sem lavar a cabeleira antes de você fazer o processo de descoloração. Isso é importante porque o seu couro cabelo, através da oleosidade natural, protege seus fios contra as possíveis danificações decorrentes de processos químicos; • Escolha um pó de descoloração de qualidade. Na dúvida de qual é o melhor, fique sabendo que os descolorantes de até sete tons são os mais eficientes e rápidos, e por isso acabam danificando menos o cabelo. Nessa hora você não pode se preocupar com economia. Vale a pena investir em produtos de qualidade profissional. • E antes de aplicar qualquer produto químico no cabelo, independente se é para descolorir, tingir ou alisar, é indispensável fazer o teste de mecha, para ver se vai dar alguma reação alérgica. • Quando for escolher a água oxigenada dê preferência pelas de 30 ou 20vol. A de 40 facilita muito o processo de quebra dos fios. Aliás, é bom pegar uma da mesma marca que a do pó descolorante. A marca OX é uma das melhores do mercado. • Chegou a hora de preparar o pó descolorante. Antes de tudo leia primeiro as instruções, pois cada marca pode ter algum tipo de variação no preparo. Geralmente o indicado é fazer a mistura de uma parte do pó para cada duas partes de OX. • Se você quiser pode fazer a mistura usando a OX de 20 para a região das pontas que acabam sendo mais sensíveis e outra com a OX trinta para a aplicação nas madeixas e na raiz capilar. • Na hora de aplicar o produto no cabelo não tem muito segredo, é só fazer como se fosse tingir os fios com uma tintura tradicional. Basicamente você pode fazer a divisão das suas madeixas em quatro partes e ir aplicando o produto com o auxílio de um pincel. • Comece aplicando na região da nuca e vá subindo até o topo do cabelo. Você pode usar o pincel para ir soltando as mechas e fazendo isso, você deve aplicar o produto começando na raiz até a ponta. • Quem gosta de usar dois tipos de Ox não pode esquecer de trocar sempre que for para a ponta ou para o restante do calo, afinal cada mistura é para uma parte específica. • A questão do tempo necessário para o descolorimento pode variar muito. Há cabelos que clareiam muito mais rápido do que outros, por isso depois que passar quinze minutos, você precisa começar a averiguar o estágio do processo da descoloração. • Quem deseja platinar os fios deseja alcançar um tom hiper claro, porém é necessário que você saiba respeitar o limite do seu cabelo. • Aliás, o processo de platinação jamais deverá ultrapassar o tempo máximo de quarenta minutos nas madeixas. Caso seja preciso ficar mais tempo, retire o produto do cabelo, espere um tempo e depois reaplique. • Lembre-se: se usar demasiadamente o seu cabelo pode ficar elástico e fraco.

Super Dicas de Compras

Roupas, bolsas, Make up e muito mais. Produtos escolhidos por nossa curadoria especialmente para você. Confira ;)

Para começar é importante ressaltar que existe sim a possibilidade de platinar os fios sem precisar usar o pó descolorante, porém esses casos são muito raros. Provavelmente você vai precisar sim fazer a descoloração.

Observe a baixo as dicas do passo a passo e descubra como platinar o cabelo:
• Fique pelo menos três dias sem lavar a cabeleira antes de você fazer o processo de descoloração. Isso é importante porque o seu couro cabelo, através da oleosidade natural, protege seus fios contra as possíveis danificações decorrentes de processos químicos;
• Escolha um pó de descoloração de qualidade. Na dúvida de qual é o melhor, fique sabendo que os descolorantes de até sete tons são os mais eficientes e rápidos, e por isso acabam danificando menos o cabelo. Nessa hora você não pode se preocupar com economia. Vale a pena investir em produtos de qualidade profissional.
• E antes de aplicar qualquer produto químico no cabelo, independente se é para descolorir, tingir ou alisar, é indispensável fazer o teste de mecha, para ver se vai dar alguma reação alérgica.
• Quando for escolher a água oxigenada dê preferência pelas de 30 ou 20vol. A de 40 facilita muito o processo de quebra dos fios. Aliás, é bom pegar uma da mesma marca que a do pó descolorante. A marca OX é uma das melhores do mercado.
• Chegou a hora de preparar o pó descolorante. Antes de tudo leia primeiro as instruções, pois cada marca pode ter algum tipo de variação no preparo. Geralmente o indicado é fazer a mistura de uma parte do pó para cada duas partes de OX.
• Se você quiser pode fazer a mistura usando a OX de 20 para a região das pontas que acabam sendo mais sensíveis e outra com a OX trinta para a aplicação nas madeixas e na raiz capilar.
• Na hora de aplicar o produto no cabelo não tem muito segredo, é só fazer como se fosse tingir os fios com uma tintura tradicional. Basicamente você pode fazer a divisão das suas madeixas em quatro partes e ir aplicando o produto com o auxílio de um pincel.
• Comece aplicando na região da nuca e vá subindo até o topo do cabelo. Você pode usar o pincel para ir soltando as mechas e fazendo isso, você deve aplicar o produto começando na raiz até a ponta.
• Quem gosta de usar dois tipos de Ox não pode esquecer de trocar sempre que for para a ponta ou para o restante do calo, afinal cada mistura é para uma parte específica.
• A questão do tempo necessário para o descolorimento pode variar muito. Há cabelos que clareiam muito mais rápido do que outros, por isso depois que passar quinze minutos, você precisa começar a averiguar o estágio do processo da descoloração.
• Quem deseja platinar os fios deseja alcançar um tom hiper claro, porém é necessário que você saiba respeitar o limite do seu cabelo.
• Aliás, o processo de platinação jamais deverá ultrapassar o tempo máximo de quarenta minutos nas madeixas. Caso seja preciso ficar mais tempo, retire o produto do cabelo, espere um tempo e depois reaplique.
• Lembre-se: se usar demasiadamente o seu cabelo pode ficar elástico e fraco.

Nunca esqueça de analisar a cor e a textura do fio enquanto ele está sendo descolorido

Depois que você deixa o descolorante agir nos fios, você precisa retirá-lo com o auxílio de bastante água, para garantir que todo o produto saia da região. Uma dica legal é usar um shampoo de limpeza profunda, ou também conhecido como Shampoo Anti-resíduo. Nessa etapa você deverá lavar as madeixas de forma bem suave, massageando-as.

Depois que você deixa o descolorante agir nos fios, você precisa retirá-lo com o auxílio de bastante água, para garantir que todo o produto saia da região. Uma dica legal é usar um shampoo de limpeza profunda, ou também conhecido como Shampoo Anti-resíduo. Nessa etapa você deverá lavar as madeixas de forma bem suave, massageando-as.

Chegou a hora de saber como platinar o cabelo

Se você achava que o processo de descoloração por si só já iria platinar o seu cabelo, fique ciente de que o máximo que o processo pode fazer é deixar seus fios em um tom bem amarelado, que ninguém deseja, e isso se for ter muita sorte. Para você que quer saber como platinar o cabelo, a segunda etapa do processo é a utilização de Tonalizante ou de alguma tinta que tenha pigmentação azulada ou violeta. Para você entender melhor, iremos detalhar um pouco mais sobre o assunto. Bom, cada cabelo é composto por alguns pigmentos que são básicos. Esses pigmentos são o vermelho, o amarelo e o azul. No processo de remoção dessas tonalidades, o azul é o primeiro a ser removido, seguido do vermelho e do amarelo respectivamente. Para quem não sabe, o tom do amarelo é muito mais complicado de ser retirado, em vista disso até que se consiga alcançar um tom de louro bem clarinho, o cabelo acaba ficando mais amarelado. Quem é loira sabe exatamente como não é fácil evitar que isso aconteça e justamente para te ajudar a evitar que suas madeixas fiquem com aquele tom de amarelo feio a dica é fazer a aplicação de um tonalizante que tenha um pigmento que neutralize esse tom. Mas antes e você decidir aplicar qualquer outro produto nos seus fios, você precisa ter ciência de qual foi o nível de clareamento que você alcançou com o processo de descoloração. Para te ajudar melhor, analise o tom final do seu cabelo: Ele está mais alaranjado, amarelado, laranja-amarelado ou amarelo-alaranjado? Saber isso é imprescindível para que você consiga escolher o tonalizante ideal para suas madeixas. Caso você escolha o produto errado, pode acabar colocando todo o seu esforço a perder. Seus cabelos podem ficar com tons acinzentados, esverdeados e até mesmo roxo. Tudo, menos o tão sonhado platinado. Para esclarecer ainda amais as dúvidas, veja as dicas a seguir que te guiarão na hora de promover a neutralização, anulação ou correção de tons inadequados nos seus cabelos: • Quem deseja fazer a neutralização de tons amarelados ou dourados nas madeixas, precisa usar um tonalizante com pigmentação violeta. Para quem não sabe, a cor em questão é oposta da cor amarelada e por isso faz a neutralização. • Quem almejada alcançar aquele tom de loiro mais acinzentado, precisa ter um pouco mais de cautela. Quando os fios estão amarelados e neles você aplica tonalizante acinzentado, que para quem não sabe tem pigmentos azuis, e isso pode acabar deixando seu cabelo esverdeado.

Se você achava que o processo de descoloração por si só já iria platinar o seu cabelo, fique ciente de que o máximo que o processo pode fazer é deixar seus fios em um tom bem amarelado, que ninguém deseja, e isso se for ter muita sorte.

Para você que quer saber como platinar o cabelo, a segunda etapa do processo é a utilização de Tonalizante ou de alguma tinta que tenha pigmentação azulada ou violeta.

Para você entender melhor, iremos detalhar um pouco mais sobre o assunto. Bom, cada cabelo é composto por alguns pigmentos que são básicos. Esses pigmentos são o vermelho, o amarelo e o azul.

Nossas Dicas de Makeup

Roupas, bolsas, Make up e muito mais. Produtos escolhidos por nossa curadoria especialmente para você. Confira ;)

No processo de remoção dessas tonalidades, o azul é o primeiro a ser removido, seguido do vermelho e do amarelo respectivamente. Para quem não sabe, o tom do amarelo é muito mais complicado de ser retirado, em vista disso até que se consiga alcançar um tom de louro bem clarinho, o cabelo acaba ficando mais amarelado.

Quem é loira sabe exatamente como não é fácil evitar que isso aconteça e justamente para te ajudar a evitar que suas madeixas fiquem com aquele tom de amarelo feio a dica é fazer a aplicação de um tonalizante que tenha um pigmento que neutralize esse tom.

Mas antes e você decidir aplicar qualquer outro produto nos seus fios, você precisa ter ciência de qual foi o nível de clareamento que você alcançou com o processo de descoloração. Para te ajudar melhor, analise o tom final do seu cabelo: Ele está mais alaranjado, amarelado, laranja-amarelado ou amarelo-alaranjado?

Saber isso é imprescindível para que você consiga escolher o tonalizante ideal para suas madeixas. Caso você escolha o produto errado, pode acabar colocando todo o seu esforço a perder. Seus cabelos podem ficar com tons acinzentados, esverdeados e até mesmo roxo. Tudo, menos o tão sonhado platinado.

Para esclarecer ainda amais as dúvidas, veja as dicas a seguir que te guiarão na hora de promover a neutralização, anulação ou correção de tons inadequados nos seus cabelos:
• Quem deseja fazer a neutralização de tons amarelados ou dourados nas madeixas, precisa usar um tonalizante com pigmentação violeta. Para quem não sabe, a cor em questão é oposta da cor amarelada e por isso faz a neutralização.
• Quem almejada alcançar aquele tom de loiro mais acinzentado, precisa ter um pouco mais de cautela. Quando os fios estão amarelados e neles você aplica tonalizante acinzentado, que para quem não sabe tem pigmentos azuis, e isso pode acabar deixando seu cabelo esverdeado.

Como saber qual tonalizante usar para platinar os fios

A depender do tom que o seu cabelo fica depois da descoloração, é preciso ter uma postura quanto ao alcance do tom platinado. Fique atenta que mais adiante vamos ensinar como fazer em cada caso:
Como platinar o cabelo alaranjado:
Se suas madeixas estão com aquele tom mais alaranjado, para deixa-las platinadas você irá precisar usar uma tinta ou um tonalizante que tenha um reflexo mais acinzentado (que inclusive possui pigmentos azuis em sua composição) e o tom da base deverá ser acima do tom nove.
Como platinar o cabelo Amarelado:
Para os fios amarelados, o uso da tinta ou do tonalizante deve ser aquele que tenha pigmentos violetas e o tom base, nesse caso, também tem que ser acima do nove.
Fique atenta, pois as tinturas que terminam com .11, acabam tendo uma quantidade elevada de pigmento azul ou cinza na composição e isso pode deixar seu cabelo muito acinzentado.
Outra dica é usar tintas com final .21, pois elas são ótimas para quem está querendo promover a neutralização tanto do tom amarelo, como do laranja.

Passo a passo de como platinar o cabelo com tonalizante

Agora que você já sabe qual tipo de tonalizante precisa usar, chegou o momento de aprender a platinar de uma vez por todas os seus cabelos. Veja as instruções a seguir: • Primeiramente separe uma porção da tinta ou do tonalizante que você escolheu; • Para cada parte do tonalizante, separe duas de Ox 10. Você vai usar o de 10 porque o objetivo agora não é promover o clareamento dos fios, mas sim a neutralização do tom; • Depois que separar ambos produtos, misture-os enquanto o seu cabelo ainda estiver úmido. O recomendado é espalhar a mistura por todo o cabelo, de maneira uniforme. • A mistura deve ficar entre três e cinco minutos nos fios, agindo. E durante esse processo você precisa analisar as madeixas, pois é observando mesmo que você verá se já está ou não no tom ideal. • Assim que você perceber que os fios estão bem brancos ou com um tom cinza bem levinho, já pode retirar o produto, lavando bem com bastante água, para não deixar nenhum resíduo.

Agora que você já sabe qual tipo de tonalizante precisa usar, chegou o momento de aprender a platinar de uma vez por todas os seus cabelos. Veja as instruções a seguir:
• Primeiramente separe uma porção da tinta ou do tonalizante que você escolheu;
• Para cada parte do tonalizante, separe duas de Ox 10. Você vai usar o de 10 porque o objetivo agora não é promover o clareamento dos fios, mas sim a neutralização do tom;
• Depois que separar ambos produtos, misture-os enquanto o seu cabelo ainda estiver úmido. O recomendado é espalhar a mistura por todo o cabelo, de maneira uniforme.
• A mistura deve ficar entre três e cinco minutos nos fios, agindo. E durante esse processo você precisa analisar as madeixas, pois é observando mesmo que você verá se já está ou não no tom ideal.
• Assim que você perceber que os fios estão bem brancos ou com um tom cinza bem levinho, já pode retirar o produto, lavando bem com bastante água, para não deixar nenhum resíduo.

Platinar o cabelo cacheado é uma boa?

Precisamos alertar que platinar o cabelo cacheado é uma decisão muito delicada. Descolorir esse tipo de cabelo já é sinônimo de fios mais fracos e muito ressecados. Mas se você quer muito, tenha cuidado triplicado. O cabelo cacheado é naturalmente mais fininho e por isso ele é muito sensível. Todo o processo que deve ser feito até platiná-los prejudica muito a saúde capilar e danifica-os demais. Fica tão fraco o cabelo, que você tem a impressão de que qualquer coisa que for fazer com ele, desde lavar até escovar, vai quebrá-lo. Além disso, os fios ficam mais porosos. São tantos os danos que uma platinação no cabelo cacheado pode causar, que recomendamos que você não faça isso. Você pode acabar tendo frustração muito grande e demora bastante para recuperar as madeixas de tantos problemas.

Precisamos alertar que platinar o cabelo cacheado é uma decisão muito delicada. Descolorir esse tipo de cabelo já é sinônimo de fios mais fracos e muito ressecados. Mas se você quer muito, tenha cuidado triplicado.

O cabelo cacheado é naturalmente mais fininho e por isso ele é muito sensível. Todo o processo que deve ser feito até platiná-los prejudica muito a saúde capilar e danifica-os demais. Fica tão fraco o cabelo, que você tem a impressão de que qualquer coisa que for fazer com ele, desde lavar até escovar, vai quebrá-lo. Além disso, os fios ficam mais porosos.

São tantos os danos que uma platinação no cabelo cacheado pode causar, que recomendamos que você não faça isso. Você pode acabar tendo frustração muito grande e demora bastante para recuperar as madeixas de tantos problemas.

Aliás, posso platinar qualquer tipo de cabelo?

Não desanime, mas na realidade não é todo tipo de cabelo que pode passar por todos esses processos químicos até ficar platinado. E isso ocorre justamente pelo fato de que os fios não alcançam o tom claro desejado, justamente por ter uma base de fundo muito escura. Cabelos que já passaram por processo com química e que já foram tingidos com tintas de tons escuros, também não conseguem alcançar o tom platinado.

Não desanime, mas na realidade não é todo tipo de cabelo que pode passar por todos esses processos químicos até ficar platinado. E isso ocorre justamente pelo fato de que os fios não alcançam o tom claro desejado, justamente por ter uma base de fundo muito escura.

Cabelos que já passaram por processo com química e que já foram tingidos com tintas de tons escuros, também não conseguem alcançar o tom platinado.

Em todo caso é necessário descolorir os fios?

Como já mencionamos, é muito raro um cabelo não precisar ser descolorido para ser platinado. Mas de forma geral, os que precisam apresentam determinadas características:
• Cabelo muito escuro;
• Fio muito grosso;
• Cabelos tingidos diversas vezes;
• Cabelos com pigmentação avermelhada;
• Cabelos ruivos;
• E cabelos coloridos (Azul, verde, rosa, etc).
Quem tem o cabelo com uma dessas características e quer platiná-lo não terá como fugir do processo de descoloração ou decapagem. E claro, se o fio não sobreviver durante o teste de mecha, desista de ficar platinada minha amiga, seu cabelo agradece!

E não esqueça: Se conseguir fazer toda a descoloração, use um tonalizante correto para o processo de platinação dos fios.

Entenda melhor quais os tipos capilares que podem ser platinados

Determinados tipos de cabelos virgens, conseguem ser platinados usando tintura, sem passar pelo temido processo da descoloração. Claro que é necessário de duas ou mais etapas de colorimento, mas já é o suficiente para dar uma boa clareada nos fios.

Quem tem o cabelo mais fininho e ralo, com um tom natural, e de base seis ou sete, pode facilmente chegar em um tom de loiro bege, mel ou avelã com a tintura, e por isso mais facilmente consegue chegar ao desejado platinado.

Claro que não é tão fácil assim. Não basta pintar e pronto, já platina. Tudo requer paciência e muito cuidado. Não importa a cor ou textura das suas mechas, é necessário passar pelo teste de mecha para verificar as condições do cabelo frente ao produto químico realizado.

Se você não tem costume de manipular produtos nos cabelos, o ideal é consultar a opinião de um profissional da área para que ele te oriente melhor sobre o que deve ser feito na sua cabeleira e se de fato existe a possibilidade de você ficar platinada.

Quem é mais ousada acaba tentando fazer isso em casa mesmo, mas não deixe de lado nenhum cuidado ou orientação. Platinar os fios é um dos processos mais delicados, difíceis e perigosos para os cabelos, pois se algo der errado você corre o risco de até perder as mechas.

Se você tem amigas que querem ficar loiríssimas, mostre essas orientações para elas, a fim de que ninguém tenha uma surpresa desagradável no meio do caminho. Com cabelo não se brinca, e a uma vez danificados, não é tão fácil assim recuperar a saúde e a vida dos mesmos.
Haja com responsabilidade e no fim você não se arrependerá!

Written by Carolina Santos

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Maquiagem para Loiras: Guia Completo!

Maquiagem para Loiras: Guia Completo!

Quando o assunto é maquiagem, o sonho de toda mulher é aprender a fazer aquele esfumado nos olhos, que é o segredo para um bom resultado na make. Não importa o tipo de make, desde a mais discreta até a mais elaborada, o esfumado é o ponto chave. E o artigo de hoje irá ensinar os segredos de como esfumar o olho. O esfumado dá um ar muito mais elegante para a make. Anos atrás, a maquiagem era bem marcada, mas atualmente isso é sinônimo de inexperiência e ninguém mais vê isso como algo bonito. Até mesmo uma maquiagem mais marcada requer aquele esfumado caprichado que dá o acabamento final do trabalho. E embora muitas mulheres achem um grande desafio esfumar o olho, com dicas bem simples isso vai se tornar mais fácil do que se parece. Quem não pratica, de fato tem muito mais dificuldade. De forma geral, todas as etapas de uma make requer treinos diários. Não adianta assistir um ou dois tutoriais de maquiagem, fazer uma vez e depois achar que já está expert. É com o treino que você vai se aperfeiçoando gradativamente, e quando menos percebe já está fazendo aquele delineado dos seus sonhos ou simplesmente aquele esfumado nos olhos que deixa sua make muito mais valorizados. Separamos mais adiante diversas dicas básicas para te ajudar a como esfumar o olho. Depois dessa leitura você vai arrasar na make. Não deixe de anotá-las e principalmente botar a mão na massa!

Como Esfumar o Olho? Simples guia!