Categorias
Diversos

Como Emagrecer Até o Natal – Dicas Para Emagrecer Rápido e Com Saúde

O Natal está chegando e com ele a tão esperada reunião em família ou não é tão esperada assim?

Para quem está acima do peso reunir a família pode gerar algumas situações desagradáveis como comentários de parentes sobre seu peso.

Dá uma sensação de chateação, não é verdade? Como você gostaria de emagrecer rápido para chegar no dia diferente e ouvir comentários admirados e se sentir bem consigo mesma, não é mesmo?

Mas saiba que isso é possível e ainda de forma saudável. Quer saber como?

Então continue lendo este artigo que contém informações interessantes para você.

Como emagrecer rápido com saúde?

De acordo com especialistas o ideal para um emagrecimento saudável é perder de 0,5 a 1,5 kg por semana.

Mas isso pode variar de um metabolismo para outro e se você unir a prática de exercícios físicos com uma alimentação saudável.

E se você pensa que perder 1 kg por semana não é nada, pegue um saco de arroz ou de feijão de um quilo para você ver como essa perda de peso é significativa e que emagrecer essa quantidade já pode começar a elevar sua autoestima.

A seguir você vai poder conferir algumas dicas que reunimos que podem te ajudar a emagrecer rápido e com saúde.

Seguir dietas limitadas e da moda não vai te ajudar

Foto: via Jornal Correio do Povo

Sabe aquelas dietas em que você retira todos os carboidratos de sua alimentação e te promete emagrecer 7 kg em uma semana? Não as siga.

Pois além dessas dietas serem cansativas e difíceis de seguir, fazem com que seu corpo fique com menos nutrientes para funcionar normalmente, podendo prejudicar a imunidade e deixando-o mais suscetível a doenças.

E como se não bastasse, mesmo que essa dieta ajude a emagrecer, você não conseguirá manter o peso depois de realizá-la, pois voltará a se alimentar normalmente e assim engordará novamente.

Coma alimentos que fazem bem ao seu organismo

A maior parte das dietas para emagrecer indicadas por nutricionistas incluem o consumo de alimentos que fornecem nutrientes ao seu organismo como frutas, legumes, verduras, leguminosas, cereais, carnes, leite, iogurte e queijo.

É a chamada “comida de verdade” que comemos no dia a dia, mas que muitas vezes é substituída por alimentos industrializados, lanches calóricos e fast food.

Comer um prato com arroz integral, feijão, uma carne magra, salada e legumes, por exemplo, é super válido para comer no almoço.

Dessa forma você estará consumindo os nutrientes necessários e ainda emagrecerá.

Diminua a quantidade de alimentos que come

Foto: via Amazônia sem Fronteiras

Mas nada vai adiantar se você comer alimentos saudáveis em grande quantidade, pois você vai engordar do mesmo jeito.

Para diminuir as porções de suas refeições você pode usar alguns truques, como:

  • Coma apenas quando sentir fome e evite consumir alguma coisa quando estiver ansiosa ou triste;
  • Não adoce as bebidas que vai tomar, como chá, suco, café, iogurte e leite;
  • Consuma oleaginosas entre as refeições como castanhas (cinco unidades) e amendoins (dez unidades);
  • Coma apenas um carboidrato por refeição como: arroz integral, feijão, batata, frutas, milho, lentilha e ervilha;
  • Coloque uma colher de grãos como gergelim, linhaça e chia em iogurtes e sucos, pois assim terá maior saciedade;
  • Consuma salada antes do almoço e jantar, dessa forma você não vai comer tanto durante a refeição;
  • Coma quinoa ao invés de arroz no almoço ou jantar, pois ela contém fibras que ajudam a diminuir a sensação de fome.
  • Acrescente uma colher de sopa de azeite de oliva extra virgem na hora do almoço e jantar, pois ele proporciona mais saciedade, uma vez que sua digestão é demorada.

Coma alimentos que ajudem a emagrecer

Você deve incluir em sua alimentação comidas que ajudem a emagrecer, entre elas:

Azeite – de acordo com estudos o azeite é rico em gorduras insaturadas que além de ajudar a reduzir o colesterol ruim (LDL) ainda auxilia na redução da gordura corporal.

Pasta de grão-de-bico (homus) – tem proteína e cálcio e aumenta o colesterol LDL. Pode ser usada em pães ao invés de requeijão.

Linhaça dourada – contém ômega 3 e 6, sendo boa para o coração, também é diurética e proporciona uma boa digestão. Pode ser usada como acompanhamento de frutas e iogurtes.

Chia – é rica em minerais, ácidos graxos e fibras, ajuda a diminuir a fome, pois aumenta o volume do estômago. Pode ser consumida com frutas, sucos, vitaminas ou adicionada em receitas como bolos e tortas.

Quinoa – pode ser usada como fonte de carboidrato no almoço ou jantar, pois é rica em fibras e não contém glúten. Ela ainda diminui a vontade de comer.

Sementes de abóbora – possui ômega 3 e fitoesterol, ajudando a diminuir o colesterol ruim. Uma boa forma de ingeri-la é na salada.

Chás – são vários chás que ajudam a emagrecer rápido como hibisco, de casca de abacaxi, verde, gengibre e canela. Podem ser tomados quentes ou frios.

Consuma os alimentos sem pressa

Foto: via Escolas do Bem

Evite comer depressa, pois assim a tendência é que você coma mais. Isso acontece porque você não percebe que comeu muito, pois não dá tempo do sinal de saciedade chegar ao seu cérebro, uma vez que o corpo leva de 15 a 20 minutos para avisar que está saciado.

O ideal é mastigar bem os alimentos e apreciar seu sabor, dessa forma seu próprio cérebro vai te avisar quando seu estômago estiver quase cheio. Assim você pode parar de comer e não exagerará na quantidade.

Comer devagar também te ajudará a saborear mais os alimentos e também proporcionará uma boa digestão, já que ao contrário do que muitas pessoas pensam, ela começa na boca.

Quanto mais os alimentos forem triturados, pedaços cada vez menores irão para o estômago, que poderá digeri-los mais tranquilamente.

Uma boa dica para começar a mastigar devagar é contar quantas mastigadas você dá a cada garfada ou colherada.

É indicado dar pelo menos 30 mastigadas. Dessa forma você terá certeza de que triturou bem os alimentos.

E além de se sentir mais saciada, você também estará contribuindo para a saúde de sua língua e dentes.

Coma mais vezes por dia

Comer mais vezes por dia vai te ajudar a emagrecer rápido, pois vai manter sua glicemia equilibrada, já que seu corpo não aumentará muito o índice glicêmico e assim não acumulará muita gordura.

Você também vai se sentir mais alimentada e não terá aquela vontade de comer fora de hora.

Além disso, se sentindo mais saciada você vai poder escolher melhor os alimentos que come, podendo optar por escolhas mais saudáveis ao invés de um lanche rápido para matar aquela fome incontrolável.

Você pode fazer quantas refeições por dia quiser, mas nutricionistas orientam que o ideal é comer uma vez a cada três horas.

Registre o que vai comer

Foto: via Saúde Brasil

A nutricionista Tatiana Zanin orienta fazer um diário de sua alimentação, pois vai te ajudar a entender o que você está acertando e o que está errando.

Você deve anotar tudo o que come após se alimentar, tomando o cuidado de incluir qual a refeição que você está realizado (se é café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar ou ceia), quais os alimentos que está ingerindo, a quantidade, qual o local que está sendo realizada a alimentação e o que estava fazendo no momento.

É importante fazer esse registro por três a sete dias, dessa forma você poderá conhecer seus hábitos alimentares.

Após realizar a anotação de todos os dias indicados você pode consultar um nutricionista para que ele te ajude a verificar quais são seus erros e o que você pode fazer para emagrecer rápido e com saúde.

Não coma alimentos que tenham gordura trans

A gordura trans geralmente é encontrada em alimentos industrializados, é ela que ajuda a conservar esses alimentos, no entanto esse tipo de gordura faz muito mal ao organismo.

Ela afeta o metabolismo, podendo provocar obesidade, problemas no coração, Alzheimer e diabetes tipo 2. Além disso, ela aumenta o colesterol ruim e diminui o bom (HDL) e aumenta a taxa de triglicerídeos.

Por isso além de conferir o rótulo dos alimentos industrializados é bom não comê-los, especialmente bolachas, bolos, sorvetes, pizzas e lasanhas congeladas, entre outros.

E se você tem vontade de comer essas coisas uma vez ou outra, por que não fazer em casa ou comprar produtos artesanais?

Evite comer alimentos que tenham gordura saturada

Foto: via Banco da Saúde

A gordura saturada é geralmente encontrada em alimentos de origem animal como carnes com gordura, manteiga, leite e queijo.

Esses alimentos podem ser consumidos, mas em menor quantidade, pois eles proporcionam o aumento do colesterol, uma vez que ela se acumula nas paredes dos vasos sanguíneos, provocando o entupimento das veias, o que por sua vez favorece o ganho de peso e problemas no coração.

Por isso é indicado que o consumo desses alimentos se mantenha em 10% do seu consumo diário.

Reduza a quantidade de açúcar que você consome

O açúcar é outro vilão das dietas, segundo a explicação do Dr. Rocha, médico especializado em nutrição, quando ingerimos açúcar e ele cai na circulação, a insulina é liberada pelo pâncreas para retirar o açúcar do sangue e colocá-lo dentro das células, pois como o açúcar é tóxico pode prejudicar células e órgãos.

Caso a insulina fique muito alta em seu sangue, o fígado a transforma em triglicerídeos que engordam e inflamam o corpo.

Por isso você deve evitar alimentos que tenham uma grande quantidade de açúcar, entre eles: a farinha de trigo, doces, alimentos industrializados e o próprio açúcar.

Prefira ingerir frutas, que tem a frutose que é o açúcar natural, proteínas e gorduras insaturadas.

Beba bastante água por dia

Foto: via Segredos do Mundo

Outra forma de emagrecer rápido é consumindo muita água por dia. Os médicos recomendam consumir de 1,5 a 3 litros de água, pois é ela que livra o nosso organismo de toxinas, também ajuda a reduzir a retenção de líquidos e diminui a sensação de fome.

Outra forma de consumir a água é através da água de coco, sucos naturais e chás sem açúcar.

Uma dica para beber mais água é deixar uma garrafinha sempre perto de você para não esquecer.

Preserve-se do consumo de álcool

Além de prejudicar a saúde o álcool pode promover o ganho de peso, isso acontece devido à quantidade de calorias que as bebidas possuem e também pelo fato de o álcool ativar o cortisol, um hormônio que retém a gordura, impedindo que ela seja queimada.

 O álcool ainda pode causar dependência, ressaca, envelhecimento precoce, problemas no cérebro, doenças gastrointestinas e até mesmo câncer.

Por isso é indicado que você evite consumir álcool. Procure outras formas de relaxar e ter uma vida social prazerosa e saudável.  

Faça alguma atividade física

Foto: via Runner´s World Brasil

Para te ajudar a emagrecer rápido a alimentação precisa ser aliada com a atividade física, pois é ela que vai te ajudar a queimar as calorias que você precisa.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde para que uma pessoa seja considerada ativa deve fazer pelo menos duas horas e meia de exercícios por semana.

E você pode realizar os exercícios de sua escolha, como dança, caminhada, bicicleta, corrida, natação, abdominais, agachamentos, entre outros. Esses exercícios são aeróbicos e vão te ajudar a aumentar seu metabolismo e assim queimar mais calorias.

Mas você também deve praticar musculação, pois exercícios de força vão te ajudar a ganhar músculos e assim além de aumentar sua disposição vai proporcionar um maior gasto de calorias.

Você pode começar a praticar as atividades físicas aos poucos, três vezes por semana, meia hora por dia e depois ir aumentando até conseguir fazer pelo menos os 150 minutos por semana indicados pela Organização Mundial da Saúde.

Mas é importante que ao fazer os exercícios físicos você siga a orientação de um personal trainner para que dessa forma você não lesione tendões ou músculos.

Tenha disciplina e força de vontade

Se você quer de fato emagrecer até o Natal e continuar com esse programa de emagrecimento até alcançar sua meta de perda de peso é importante você tenha em mente que precisa de disciplina e força de vontade.

A disciplina você deve ter para que todos os dias, se lembre de seguir a dieta direitinho e pratique os exercícios físicos nos dias que você planejou.

E a força de vontade para deixar a preguiça e a gula de lado e pensar em como se sentirá feliz quando completar seu objetivo.

Já pensou chegar no Natal mais magra e confiante?

Por isso siga as dicas que demos com cuidado e procure consultar um médico e um nutricionista para saber qual a melhor dieta para seu caso e se você possui algum problema de saúde que te impeça de emagrecer e assim tratar o problema.