in

O Que Pode Comer e Não Pode Comer Durante a Gravidez

alimentacao-na-gravidez dicas de menina

Gravidez é um presente de Deus, mas essa fase da vida traz muitas dúvidas. O que logo causa preocupação é com respeito a que tipos de alimentos podem ser consumidos. Conselhos de pessoas próximas podem gerar muita incerteza.

Por que cuidar da alimentação? Seu corpo muda com a gravidez, o que não fazia mal antes, pode fazer mal agora. Seu sistema imunológico pode ficar alterado e te deixar mais sensível a futuras contaminações. O que pode levar a complicações como o aborto, por exemplo.

Procure ingerir alimentos com grandes valores nutricionais como verduras e frutas e evite doces e gordura.

Separamos 16 Alimentos que mais Causam Dúvidas Durante a Gravidez:

1- Peixes e carnes cruas (X)

Existem algumas espécies de peixe que podem prejudicar a formação do bebê, entre elas estão:

  • peixe-espada
  • tubarão
  • cação

Esses peixes vivem por muito tempo, o que leva a contaminação por metil-mercúrio. Sua carne quando consumida, pode causar danos ao sistema nervoso do bebê e ficar acumulado no seu corpo durante 4 anos.

Ainda, outro problema é quanto ao cozimento. No caso do sushi ou sashimi, por exemplo, não é um alimento seguro para as gestantes devido ao seu modo de preparação. Por não ser cozido, sushi e sashimi pode abrigar parasitas causadores de doenças no feto, que muitas vezes levam a complicações. Para as carnes, sempre prefira as bem passadas ou cozidas.

Evite ingerir fígado, devido à alta concentração de retinol, pois pode prejudicar o bebê.

2- Ovos (=)

Nesta fase da vida a gestante precisa de mais cuidado com os alimentos, mesmo aqueles que já comeram antes. O ovo, apesar de ser consumido em grande escala, pode ser um perigo para a gestante.

A explicação está na presença da bactéria salmonela. Ela provoca febre, vômitos e diarreia. Então, deve ser evitado qualquer alimento que leve ovo e que não tenha sido devidamente cozido.

Super Dicas de Compras

Roupas, bolsas, Make up e muito mais. Produtos escolhidos por nossa curadoria especialmente para você. Confira ;)

Se consumir, certifique-se de cozinhar muito bem o ovo por inteiro, incluindo a gema.

3- Chás (O)

Os chás são muito indicados, principalmente os de efeito relaxante como hortelã, erva-doce e camomila. Sempre prefira os frescos e em quantidades moderadas. Mas existem chás que não são apropriados devido a substâncias que podem provocar diarreias ou inflamações, são eles:

  • chá de canela
  • chá mate
  • chá branco
  • chá verde
  • chá preto

4- Café (=)

Em especial um componente do café, a cafeína tem gerado dúvidas sobre seus benefícios e malefícios durante a gravidez. Alguns estudos mostram que ela é um perigo a saúde, porém outros alegam que em doses moderadas seu consumo é benéfico. Mas o que todo mundo sabe é que o café provoca um aumento na pressão arterial, nas grávidas essa condição se agrava.

O ideal seria consumir em torno de 300 ml por dia, ou seja, de 1 a 2 copos de café. Mas não exagere, já que altas doses dessa substância pode levar ao aborto.

5- Condimentos (O)

Os condimentos não estão restritos, pois não há relatos de que eles façam mal a saúde. Se você tiver alergia ou problemas gástricos procure evitar, principalmente a pimenta.

6- Doces (=)

Como a gestação é uma fase onde seu corpo absorve todos os nutrientes dos alimentos, evite comer açúcar. O maior problema está nas possíveis causas que isso pode provocar no organismo, como obesidade e diabetes. Se você é viciada em doces, procure alternativas mais saudáveis.

Nossas Dicas de Makeup

Roupas, bolsas, Make up e muito mais. Produtos escolhidos por nossa curadoria especialmente para você. Confira ;)

7- Adoçantes (X)

Pergunte seu médico, qual seria o mais indicado, mas no geral evite os a base de sacarina. Essa substância atravessa a placenta e não são saudáveis. Existem versões de adoçantes mais seguras como os a base de sucralose. Antes de consumir, verifique o rótulo.

8- Alimentos conservados com sal (X)

Com foi mostrado acima, o sódio provoca o aumento da pressão. Alimentos que foram conservados com sal como o bacalhau, são extremamente perigosos para as futuras mamães. Então, procure evitar comer.

9- Frutos do mar (=)

Os mariscos estão liberados, já que não apresentam grandes quantidades de mercúrio. Porém, alguns cuidados devem ser tomados como:

  • não consuma, se tiver alergia a camarão, lagosta ou qualquer outro fruto do mar
  • não coma mariscos crus

Verifique se foram corretamente cozidos para evitar contaminações por bactéria.

10- Embutidos (X)

Apesar da praticidade de consumo, os embutidos fazem muito mal a saúde. Por conterem nitratos, eles provocam tumores no cérebro e diabetes. Além disso, são compostos por substâncias químicas prejudiciais e possuem grandes quantidades de sal. Então, não consuma:

  • salsicha, o que inclui o cachorro-quente
  • presunto
  • mortadela
  • salame

11- Bebidas alcoólicas (X)

Antigamente considerava-se o álcool potencialmente perigoso à saúde do bebê. O motivo é pelo fato do álcool não permitir que o feto se desenvolva corretamente, já que suga o oxigênio e nutrientes das células em desenvolvimento. Também podem afetar o intelectual e o crescimento de forma irreversível.

Atualmente, muitos médicos permitem o consumo de 1 ou dois copos, de uma a duas vezes por semana, nunca beba além do recomendado.

12- Leite (=) e queijos (X)

Procure por leites pasteurizados e em caso de dúvidas não consuma sem antes saber o processo de fabricação. Os queijos são considerados perigosos para á sua saúde e do bebê quando não são devidamente pasteurizados – processo de esterilização de alimentos. Pode haver a presença da bactéria listeria, que pode infectar o feto e causar aborto ou parto prematuro. Os menos indicados são:

  • queijos macios não pasteurizados
  • gorgonzola
  • brie

Esses queijos são responsáveis por causar intoxicação alimentar. Porém não existe contra-indicação para queijos duros como parmesão e pecorino, já que quase não há risco de contaminação.

13- Frutas e vegetais (O)

Muito recomendado para pessoas independente da sua condição, é ainda mais importante durante a gravidez onde necessita-se de nutrientes em dose dupla. As frutas e vegetais fornecem vitaminas e fibras essenciais para uma boa saúde. Mas alguns cuidados devem ser tomados como lavar corretamente em água abundante, para se evitar o consumo de germes e bactérias perigosas.

14- Refrigerantes (=)

Os refrigerantes não são proibidos durante a gravidez. Eles são responsáveis por causar gases ao estômago, mas isso não é algo grave. Fuja da versão light. Se tiver doenças ligadas ao intestino e estômago evite consumir.

15- Chocolate (O)

Para quem gosta de chocolate após as refeições, ficar sem comer pode ser muito doloroso. A boa notícia é que ele pode ser consumido por grávidas. Procure pelas versões com 70% cacau ou que tenham menos açúcar.

16- Amendoim (O)

Diferente do que se pensava antigamente, o amendoim pode ser consumido sem grandes problemas. Mas nunca exagere ou coma, se tiver alergia.

Dicas:

  • Procure um nutricionista ou médico de confiança caso surjam dúvidas sobre quais alimentos fariam mal a saúde.
  • Varie sua alimentação: para uma gestação tranquila, procure variar os alimentos a cada dia para que possa receber o máximo de nutrientes. Isso contribuirá para o desenvolvimento saudável do seu bebê.
  • Se necessário, peça ao médico suplementos como o ácido fólico ou vitaminas.

Veja também o vídeo sobre a alimentação na gravidez (27:32):

 

Written by DdM - Redação

dicas de menina tipos de absorvente intimo

5 Principais Tipos de Absorvente Íntimo: Qual é o melhor tipo para cada mulher?

dicas de menina dor de cabeca na gravidez

Dor de Cabeça na Gravidez: O que Tomar, O que Fazer?