in

Chip Anticoncepcional Preço, O que é? Onde comprar?

Chip Anticoncepcional Preço Dicas de Menina
Foto: via Let´s talk about

Chip anticoncepcional ou implante anticoncepcional é uma novidade em contraceptivos que surgiu no mercado nos últimos tempos.

Trata-se de um pequeno bastão de plástico flexível que varia de dois a quatro centímetros que é implantado sob a pele, seja do braço ou das nádegas.

Dentro dele é liberado hormônios sintéticos parecidos com progesterona e estrogênio para o sangue que impedem a ovulação e também tornam o muco cervical mais espesso, impedindo a passagem dos espermatozoides para o útero, assim evitando a gravidez.

Existem três tipos de implante contraceptivo, o implante de etonogestrel, implante de gestrinona e implante de nestorone. Eles duram de seis meses a três anos e tem basicamente a mesma função.

Mas o implante de gestrinona proporciona alguns benefícios, entre eles ele emagrece, melhora a massa muscular e reduz a celulite.

Entre as marcas de implante contraceptivo mais conhecidas está a Implanon. É possível comprar o chip anticoncepcional em farmácias, o preço vai variar de farmácia para farmácia, mas o valor compreende entre 800 e 1300 reais.

O valor é salgado e por isso nem todos podem comprar, sendo que o plano de saúde nem o SUS cobrem o implante contraceptivo.

Outra opção mais barata é o adesivo anticoncepcional, que você deve colar na pele, por onde são enviados hormônios para evitar a gravidez.

Na Drogaria São Paulo, por exemplo, o preço de uma caixa com três adesivos sai por R$81,65. No entanto você deve trocar o adesivo uma vez por semana durante três semanas (como no caso de quem toma a pílula anticoncepcional com pausa) e no mês seguinte deve comprar outra caixinha.

Quer saber mais sobre o chip anticioncepcional?

Então confira as informações a seguir.

O que é o chip anticoncepcional?

O chip ou implante anticoncepcional é um pequeno bastão de plástico flexível que varia de dois a quatro centímetros de comprimento e dois a três milímetros de diâmetro (semelhante ao tamanho de um palito de fósforo).

Trata-se de um método contraceptivo, em que esse bastão é colocado sob a pele do braço ou das nádegas.

Ele contém os mesmos hormônios da pílula anticoncepcional, que são liberados na corrente sanguínea para impedir a ovulação e dificultar a passagem do espermatozoide, já que o hormônio liberado também faz com que o muco cervical fique mais espesso.

Como o chip anticoncepcional é colocado?

O que é? Onde comprar? Dicas de Menina
Foto: via Dicas da Doutora

Ele é colocado através de um aplicador descartável por baixo da pele do braço (no caso dos implantes etonogestrel e nestorone) ou das nádegas (no caso do implante gestrinona).

O chip anticoncepcional só pode ser colocado por um médico ginecologista capacitado para realizar esse procedimento e também só pode ser retirado por ele.

O chip pode ser retirado no momento em que a paciente desejar, sem ser necessário cumprir o tempo de sua validade.

Antes de ser colocado ou retirado o chip anticoncepcional o médico aplica uma anestesia local para que o procedimento seja mais confortável para a paciente.

Quais os tipos de chip anticoncepcional?

Há três tipos principais de chip anticoncepcional: etogenestrel, nestorone e gestrinona. Vamos conhecer cada um deles:

Etogenestrel

O implante etogenestrel é esbranquiçado e tem quatro centímetros de comprimento e 2 milímetros de diâmetro. Ele é colocado por baixo da pele no lado interno do braço não dominante da paciente, ou seja, o braço que não é utilizado para escrever.

Ele contém o hormônio etogenestrel, que é um hormônio sintético semelhante à progesterona.

Após sua inserção o médico palpará para ver se o implante foi inserido corretamente. Caso não seja palpável o médico pode pedir para fazer um raio-X, ecografia ou ressonância magnética para localizar o implante.

O implante é removido através de uma pequena incisão. Ele tem até três anos de validade.

O implante etogenestrel não é indicado para mulheres que tenham alergia ao material, trombose, icterícia, doença do fígado, tumor no fígado, câncer de mama ou dos órgãos genitais e hemorragia vaginal inexplicável.

Também devem tomar cuidado e falar com seu médico mulheres que sofram de diabetes, pressão alta, epilepsia, excesso de peso, tuberculose e cloasma.

O implante também pode causar efeitos colaterais após sua inserção como:

  • Alterações na quantidade de hemorragia durante a menstruação (podendo diminuir ou aumentar);
  • O chip pode migrar através da corrente sanguínea podendo parar em outras partes do corpo como vasos sanguíneos do braço ou pulmão, sendo assim necessário que seja realizada uma cirurgia para retirá-lo;
  • Pode causar quistos nos ovários;
  • Pode aumentar a acne;
  • Provocar dor de cabeça;
  • Aumento de peso;
  • Dor e tensão nos seios;
  • Infecção vagina;
  • Mudanças de humor;
  • Nervosismo.

Nestorone

O implante nestorone inibe a ovulação e todos os sintomas da menstruação durante seis meses.

Gestrinona

O que é? Onde comprar? Dicas de Menina
Foto: via Dr. Thiago Genn

O implante gestrinona tem efeito androgênico, anti estrogênico e anti progestorona, tendo duração de um ano.

Ele é colocado na região das nádegas, na parte superior e lateral. Ele libera hormônio através da corrente sanguínea que impede os ovários de liberarem os óvulos.

Esse chip anticoncepcional além de evitar a gravidez pode tratar algumas doenças como adenomiose, mioma, nódulos de mama e pólipos uterinos.

Além disso, ele ajuda a melhorar a massa muscular, diminui a gordura corporal, assim proporcionando emagrecimento, ajuda a modelar o corpo e também diminui a celulite. Para ver esses efeitos é necessário também unir a prática de exercícios físicos e alimentação saudável.

Como efeito colateral o chip pode causar aumento da acne, oleosidade e queda de cabelo.

É possível engravidar utilizando o chip anticoncepcional?

A eficácia do chip anticoncepcional é semelhante à pílula, por isso dificilmente a mulher vai engravidar.

Mas é preciso seguir todas as recomendações, como realizar o implante nos primeiros cinco dias da menstruação e usar método contraceptivos convencionais nos primeiros sete dias para não engravidar.

O chip anticoncepcional pode ser comprado pelo SUS ou pelo plano de saúde?

Não, até o momento o chip anticoncepcional não está coberto pelo SUS nem por qualquer plano de saúde, sendo necessário compra-lo.

O SUS até o momento oferece os seguintes contraceptivos: anticoncepcional oral, minipílula, injeção mensal ou trimestral, DIU de cobre, camisinhas masculina e feminina, diafragma, pílula do dia seguinte e laqueadura e vasectomia.

Onde comprar o chip anticoncepcional?

O que é? Onde comprar? Dicas de Menina
Foto: via Inova Farma

Ele deve ser comprado em uma farmácia. Seu valor varia de 800 a 1300 reais.

No site Consulta Remédios você vai encontrar ofertas de várias farmácias que comercializam o chip anticoncepcional da marca Implanon NXT que contém o hormônio etonegestrel.

O melhor preço encontrado é de R$854,93 através da Farmácia Delivery.

Acesse o site e confira.

Quais outros métodos contraceptivos existem?

São vários os métodos contraceptivos que existem, entre eles:

Adesivo anticoncepcional

O que é? Onde comprar? Dicas de Menina
Foto: via Mulher Descomplicada

É um material aderente que é fixado na pele, por onde são liberados os hormônios estrógeno e progesterona que impedem a liberação dos óvulos e também deixam o muco cervical mais espesso.

O adesivo anticoncepcional deve ser colocado na parte interior do abdômen ou superior do braço, nas nádegas ou nas costas.

Ele pode ser encontrar em farmácias e em cada caixinha vem três adesivos, sendo que ele deve ser trocado a cada semana. Na quarta semana você faz uma pausa.

Pílula

A pílula nada mais é do que um comprimido que você deve tomar uma vez ao dia. Ela contém os hormônios estrógeno e progesterona que impedem que os óvulos sejam liberados e tornam o muco cervical mais espesso.

Caso você esqueça de tomar a pílula em um dia, ela perde sua eficácia, sendo possível que você engravide. Existem diferentes tipos de pílula, sendo que alguns são de ingestão contínua e outras tem pausa, para que ocorra a menstruação.

Injeção anticoncepcional

É uma injeção que contém os hormônios progesterona e estrógeno, sejam juntos ou separados. Ela deve ser tomada uma vez por mês ou uma vez a cada três meses.

Durante esse tempo você não precisa se preocupar com uma gravidez indesejada, sendo necessário apenas voltar ao médico no tempo indicado par tomar outra injeção.

Camisinha Feminina

O que é? Onde comprar? Dicas de Menina
Foto: via Universa Uol

A camisinha feminina funciona de forma semelhante à masculina. Ele deve ser colocado na vagina antes da relação sexual. A camisinha é feita de poliuretano, sendo fina e lubrificada.

Ela é descartável, devendo ser utilizada uma única vez e depois jogada no lixo.

DIU de Cobre

É um dispositivo intrauterino em forma de T feito com um fio ou cilindros de cobre. Ele libera íons de cobre que imobilizam o esperma e impedem que ele alcance o óvulo.

Esse dispositivo é colocado no útero e pode ficar de cinco a dez anos, de acordo com seu tipo. Esse método é bastante eficaz e só pode ser colocado por um médico ginecologista.

DIU hormonal

É um dispositivo pequeno e macio que tem a forma e um T. Esse dispositivo tem um reservatório que contém o hormônio progesterona. Ele é colocado no útero e libera o hormônio em uma dose baixa, dessa forma o muco do colo uterino se torna espesso.

É um método eficaz e dura por cinco anos, havendo poucas chances de engravidar nesse período.

Anel vaginal

O que é? Onde comprar? Dicas de Menina
Foto: via Dicas da Doutora

É uma pulseira elástica feita flexível feita com polietileno vinil acetato. Ela deve ser inserida na vagina, onde libera os hormônios progesterona e estrogênio.

O anel deve ficar no local por três semanas, depois deve ser retirado na quarta semana, para que você faça uma pausa. E na semana seguinte você deve colocar um novo anel.

A própria mulher é que deve colocar o anel, sendo que deve ser colocado da mesma forma que um absorvente interno. Caso o anel saia da vagina e fique fora por mais de três horas você pode recoloáa-lo, mas deve usar outro método contraceptivo até que ele permaneça no lugar durante sete dias.

Diafragma

É um disco flexível feito de látex ou silicone que lembra a forma de um pequeno chapéu. Ele funciona de forma parecida com a camisinha feminina, devendo ser colocado na vagina para criar uma barreira para os espermatozoides, impedindo sua entrada no útero.

Ele deve ser colocado na vagina antes da relação sexual. Ele deve ser inserido da mesma forma que um absorvente interno. Ele pode ser deixado no lugar por até 24 horas. Depois ele deve ser retirado e se apresentar alguma danificação deve ser substituído.

No entanto o diafragma não é eficaz sozinho, sendo necessário o uso de espermicida para aumentar sua eficácia.

Espermicida

O espermicida nada mais é do que um medicamento que cria um ambiente que dificulta a mobilidade dos espermatozoides. Ele pode ser encontrado em forma de creme, espuma, gel, entre outros.

Ele deve ser colocado na vagina de cinco a noventa minutos antes da relação sexual. Após a relação deve ser deixado no lugar por seis a oito horas, sendo que durante esse tempo você não deve lavar a vagina.

É um método que não funciona bem sozinho devendo ser usado em combinação com o diafragma, camisinha ou capuz cervical.

Capuz cervical

É um objeto feito de silicone ou látex que tem a forma de um capuz. Ele é menor que diafragma e recobre apenas o colo uterino. Esse método pode não funcionar em mulheres que já tiveram filhos, pois o parto causa o estiramento da vagina e do colo do útero e pode ser que o capuz cervical não encaixe bem.

Esse método não deve ser utilizado sozinho e sim em união com espermicida que deve ser passado nele para que ele seja colocado na vagina, da mesma forma que um absorvente interno.

Ele deve ser colocado antes da relação sexual e ficar no lugar por pelo menos seis horas, devendo ser retirado depois.

Esponja

É uma espuma em forma de disco feita de poliuretano que deve ser colocada no colo uterino. Ela libera um espermicida o tempo todo, dessa forma evitando que os espermatozoides penetrem o útero por 24 horas.

Ela deve ser colocada antes da relação sexual e deve ser deixada no local por pelo menos seis horas. Esse método contraceptivo também não funciona bem em mulheres que já passaram pelo parto normal.

Esterilização feminina

O que é? Onde comprar? Dicas de Menina
Foto: via Dr. Alexandre Faisal

A esterilização feminina é definitiva, sendo um método 100% eficaz feito para mulheres que não desejam ter filhos. Ele pode ser feito através da laqueadura, que nada mais é do que a ligadura e corte das trompas.

Isso é feito através de um dispositivo que é colocado no interior da trompa de Falópio através da vagina. Dessa forma as trompas ficam bloqueadas, assim nada entra nem sai e então não há gravidez.

A esterilização feminina deve ser feita em um hospital, e a paciente deve ser submetida à anestesia geral, já que se trata de uma operação.

Musica Feministas dicas de menina

Músicas Feministas: 2017, 2018 e 2019

Bepantol para Cabelo Dicas de Menina

Bepantol para Cabelo: Como Usar? Antes e Depois!