in

Celulite infecciosa – Tudo o que você precisa saber

Celulite é um problema que as mulheres detestam, não é mesmo? Afinal aqueles depósitos de gordura sob a pele, que a deixam enrugada, com furinhos e aspecto de laranja podem realmente incomodar.

Mas neste artigo não vamos falar da celulite convencional, mas sim da celulite infecciosa, já ouviu falar?

Esse problema vai além do desconforto estético, é uma celulite grave e que se não receber tratamento adequado pode levar a óbito.

Vamos falar sobre o que é exatamente essa doença, como ela é causada, como eliminar celulite infecciosa e tudo mais o que você precisa saber sobre ela para se cuidar e se prevenir.

Vamos conferir?

O que é celulite infecciosa?

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via Peeling

Também chamada de celulite bacteriana, é uma doença que é transmitida por bactérias. Geralmente os gêneros que a transmitem são Streptococcus e Staphylococcus.

Uma vez que a infecção ocorre essas bactérias agridem as camadas profundas da pele.

A doença é capaz de atingir qualquer parte do corpo, sendo mais comum nas pernas. Mas também pode ocorrer nas mãos ou mesmo na face, o que é ainda mais perigoso, podendo causar meningite.

Como a celulite infecciosa é transmitida?

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via SPDM

Normalmente as bactérias dos gêneros Streptococcus e Staphylococcus se encontram na superfície da nossa pele, mas quando temos algum ferimento, picadas na pele, irritações ou micoses elas podem penetrar, ocasionando a infecção.

A celulite infecciosa pode ser transmitida de uma pessoa para outra?

Se a pessoa está saudável não pode pegar a doença de quem tem celulite infecciosa.

Mas caso a pessoa entre em contato direto com a área infeccionada e tenha alguma ferida ou doença de pele pode acontecer da bactéria entrar por ali e provocar a celulite infecciosa.

Quais os fatores de risco da celulite infecciosa?

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via Veja

Como dissemos anteriormente se a pessoa tiver uma ferida na pele há maior risco de se infectar com a doença.

Além disso, há outros problemas de saúde que representam fatores de ricos, entre eles:

  • Doenças de pele que podem provocar feridas como micose, assaduras, dermatite, eczema ou úlcera;
  • Feridas operatórias e problemas vasculares;
  • Poliomielite (doença causada por um vírus que provoca paralisia);
  • Osteomielite (infecção nos ossos);
  • Linfidema (obstrução do sistema linfático);
  • Diabetes (deixa a imunidade baixa e quando há ferimentos impede que a cicatrização seja rápida);
  • Varizes;
  • Inchaço crônico nas pernas;
  • Excesso de álcool no corpo;
  • Tratamento com corticoide;
  • Aumento de hormônios (que pode acontecer na adolescência ou durante a gestação);
  • Tratamento quimioterápico e câncer (o corpo fica com a imunidade baixa e mais vulnerável a doenças infecciosas).  

Quais os sintomas da celulite infecciosa?

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via Cirurgião Vascular – Dr. Daniel Benitti

Em um primeiro momento a celulite infecciosa pode causar dor, vermelhidão, aumento da temperatura e inchaço no local infeccionado.

Com o passar do tempo pode ocorrer outros sintomas mais graves como febre, mal estar, tremores, enjoo e vômitos.

Como é feito o diagnóstico da celulite infecciosa?

O diagnóstico é feito através da verificação do estado clínico do paciente pelo médico. E também pode ser pedido exame de sangue ou biópsia de um pedaço de pele infectada para determinar qual o tipo de bactéria causou a doença.

Como é realizado o tratamento da celulite infecciosa?

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via Noticias ao Minuto

Confirmado o diagnóstico da celulite infecciosa o médico vai receitar um antibiótico para eliminar a celulite infecciosa.

O tratamento pode durar de 7 a 21 dias e de acordo com a médica dermatologista Giselle Sanches, que deu entrevista ao site Dermaclub não deixa sequelas.

Mas é preciso seguir todas as instruções do médico e tomar o medicamento pelos dias recomendados. Geralmente também são receitados remédios para aliviar a dor e a febre.

De acordo com um estudo apresentado no vigésimo oitavo Congresso Europeu de Microbiologia Clínica e Doenças Infecciosas, no mês de abril de 2018, na cidade de Madri, na Espanha, foi constatado que pacientes que tiveram o tratamento de celulite infecciosa por 12 dias apresentaram menores taxas de recaídas do que pacientes que receberam o tratamento por apenas 6 dias.

Apesar da maioria dos pacientes nos dois testes terem sido curados tanto no período de 6 dias quanto de 12 dias, os pacientes que tiveram uma cura mais rápida apresentaram maiores taxas de recaída após 90 dias do tratamento.

Pode haver complicações?

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via Acontece Botucatu

Sim, caso os sintomas não melhorem em um espaço de dez dias o paciente deve ser internado no hospital para tomar o antibiótico na veia, para que assim a infecção não se espalhe pelo corpo.

Também é perigoso quando a dermatite infecciosa é causada no rosto, pois pode haver risco da pessoa contrair meningite, especialmente em caso de crianças e idosos.

Por isso é importante agir rápido e se dirigir a um dermatologista o mais depressa possível.

Como se prevenir contra celulite infecciosa?

Para se prevenir contra celulite infecciosa você deve seguir as seguintes recomendações:

Tenha uma boa higiene

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via Uol

É importante manter as mãos sempre limpas, especialmente antes de comer e após ir ao banheiro.

Isso vai evitar a contaminação por bactérias e outros micro-organismos.

Você também deve tomar banho devidamente, dessa forma você vai evitar micoses e outros tipos de infecção.

Trate as micoses

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via Bela e Estilos

Caso você tenha alguma micose na pele é bom que você a trate, para que ela não se torne porta de entrada para as bactérias causadoras da celulite infecciosa.

Pois geralmente a micose como frieira, candidíase e até mesmo micose nas unhas das mãos e dos pés formam feridas que podem ser convidativas a uma infecção.

Por isso passe as pomadas ou medicamentos recomendados pelo dermatologista.

Além disso, você deve tomar alguns cuidados para que a micose não se alastre e também para evitá-la. Depois de tomar banho você secar muito bem a pele, para que a umidade não atraia os fungos.

Quando for a piscinas públicas ou locais públicos para tomar banho você deve utilizar chinelos, evite ficar descalço.

Você também deve trocar a meia e as roupas íntimas todos os dias. Outra coisa que você deve fazer é usar roupas de algodão para ventilar melhor a pele.

Evite usar as mesmas roupas, toalhas ou lençóis de pessoas com micose para não facilitar a infecção.

Trate infecções causadas por vírus  

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via VIX

Assim como com as micoses você deve tomar todos os cuidados com as infecções causadas por vírus.

Entre as infecções de pele causadas por vírus estão:

  • Herpes: nesse tipo de infecção ocorre a presença de bolhas e úlceras com borda avermelhada e pus, que geralmente aparecem nas coxas, boca, lábios, olhos ou genitais.
  • Catapora: aparecem bolhas e pintas em todo o corpo, que geram muita coceira.
  • Sarampo: presença de manchas avermelhadas no corpo, além de outros sintomas como febre, tosse, catarro e conjuntivite.

Essas infecções devem ser tratadas com pomadas e remédios que combatem a dor e a febre.

Trate outras infecções causadas por bactérias

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via VIX

Além da celulite infecciosa existem outras infecções causadas por bactérias, entre elas:

  • Impetigo: infecção contagiosa que provoca a formação de pequenas feridas com pus e casquinhas.
  • Erisipela: infecção que se caracteriza por ser superficial e grande.
  • Furúnculo: infecção causada pela raiz do pelo, sua aparência se assemelha a uma espinha.

O tratamento dessas infecções geralmente se dá por pomadas antibióticas. Mas em casos mais graves o médico pode receitar antibióticos via oral.

Tratar essas infecções vai impedir a infecção de outras bactérias como as que causam a celulite infecciosa.

Mantenha a pele hidratada

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via VIX

Utilize cremes na pele após o banho, especialmente nos pés. Dessa forma ela ficará hidratada e você não terá rachaduras.

Pois essas rachaduras podem gerar feridas, que chamam a atenção para a infecção de bactérias.

Cuide de cortes e machucados

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via Saúde Stock

Os cortes e machucados são a primeira porta de entrada para a celulite infecciosa, por isso é muito importante que você cuide deles, para evitar a infecção.

Para isso você deve seguir as seguintes instruções:

  • Higienize bem as mãos antes de tratar os cortes e machucados;
  • Limpe a ferida com soro fisiológico;
  • Procure atendimento médico em caso de cortes mais profundos;
  • Lave queimaduras com água corrente e sabão;
  • Evite estourar bolhas de queimaduras e procure ajuda médica em caso de queimaduras graves;
  • Não utilize outros antissépticos além do soro fisiológico, água e sabão para limpar feridas, sejam elas superficiais ou mais profundas, pois outras substâncias podem irritar a área lesionada;
  • Proteja a ferida com um curativo, especialmente se ela estiver nas mãos e nos pés;
  • Não use algodão ou fita adesiva diretamente na ferida, em pequenos cortes prefira utilizar Band-Aid. Em cortes maiores utilize gaze ou compressas;
  • Evite lamber a ferida, pois você pode acabar contaminando-a;
  • Se a ferida foi causada por mordida de animais é importante ir ao médico e saber se o animal em questão foi vacinado;
  • Caso a ferida esteja apresentando inchaço, vermelhidão, saída de pus ou você apresente febre é importante que procure atendimento médico para tratar;
  • Em caso de ferida, se você não tiver tomado a vacina de tétano ou tenha sido vacinado há menos de 10 anos, procure um hospital para tomar a vacina;
  • Se você tem a imunidade baixa ou é diabético é importante cuidar bem da ferida, pois há um risco maior de infecção;
  • Caso tenha passado um longo tempo e sua ferida não cicatriza é importante que você procure o hospital mais próximo para saber o que está acontecendo, pois pode ser que você tenha diabetes ou outra doença.

Dúvidas

Tudo o que você precisa saber Dicas de Menina
Foto: via Viviane Freitas

Qual a diferença entre a celulite tradicional e a celulite infecciosa?

A celulite tradicional chamada de lipodistrofia ginoide é um problema causado pelo acúmulo de gordura, toxinas e água nas células de gordura, resultando em ondulações, tendo o aspecto de casca de laranja.

Esse tipo de celulite apenas causa desconforto estético, não gerando problemas de saúde.

Para tratar a celulite tradicional é necessário mudar a alimentação, adquirir hábitos saudáveis e fazer tratamentos estéticos como a drenagem linfática.

Se você se incomoda com o problema de celulite confira os melhores cremes para celulite aqui.

Já a celulite infecciosa é causada por uma bactéria que pode ser do gênero Streptococcus ou Staphyloccus.

A infecção ocorre quando há uma ferida ou corte, uma vez dentro da pele, a bactéria agride as camadas profundas da pele.

Esse tipo de celulite provoca dor na região afetada, que também pode ficar vermelha, inchada e quente.

Mas se a infecção se alastrar pode causar outros sintomas como febre, indisposição, tremores, enjoo e vômitos.

O tratamento da doença se baseia na ingestão de antibióticos orais ou mesmo venoso, em casos mais graves.

A celulite infecciosa tem cura?

Sim, como dissemos anteriormente o tratamento é feito através de antibióticos que vão combater a bactéria. No entanto é necessário agir rápido, pois se a celulite infecciosa se tornar generalizada pode ocasionar risco de vida.

Pode ocorrer complicações em caso de celulite infecciosa?

Sim, caso a doença fique sem tratamento ela vai se tornar cada vez mais grave, podendo ocasionar um abscesso, em que há a formação de um nódulo inchado com pus em seu interior e até mesmo haver destruição da região e trombose venosa.

E por fim uma infecção generalizada que poderá causar a morte da pessoa.

Qual médico você deve consultar em caso de celulite infecciosa?

Você deve consultar um dermatologista ou infectologista. O médico fará a anamnese, ou seja, fará um estudo completo do seu caso, onde ele fará uma entrevista com a intenção de descobrir o diagnóstico, além de claro, fazer um exame físico.

Ao notar os sintomas você deve procurar ajuda médica, pois quanto mais rápido for o diagnóstico mais depressa você pode receber o tratamento da celulite infecciosa.

Quais os cuidados que você deve ter para evitar a celulite infecciosa?

Você deve tomar alguns cuidados para evitar a celulite infecciosa, entre eles: lavar suas mãos, tomar banho devidamente, tratar de outras infecções causadas por bactérias, vírus e micoses e cuidar de cortes e machucados para que eles não evoluam para uma infecção.

Por isso em caso de machucados graves o ideal é que você se dirija ao hospital mais próximo para poder tratar de forma correta e assim evitar que o quadro progrida para uma infecção.

Neste artigo você viu o que é celulite infecciosa, seus sintomas, como é feito seu diagnóstico e como tratá-la.

Você também viu as diferenças entre a celulite infecciosa e a celulite tradicional, ou seja, a lipodistrofia ginoide, que é um problema estético e não uma doença.

Você ainda pode tirar suas dúvidas sobre o que fazer caso tenha suspeita de possuir a celulite infecciosa e quais os cuidados que você deve tomar para evitar o problema.

Lembre-se que este artigo não exclui o valor de um atendimento médico e que caso você identifique algum sintoma deve se dirigir a um hospital próximo para tratar o problema.

50 inspirações de cabelos platinados e dicas para cuidar

Celulite bacteriana – Tudo o que você precisa saber