in

Bolinhas na Vagina, o que pode ser?

O que Pode Ser Dicas de Menina
Foto: via Blasting News

Nós mulheres costumamos ficar preocupadas quando algo estranho aparece em nosso corpo, especialmente se está relacionado à região íntima.

Bolinhas na vagina podem aparecer por vários motivos, seja por uma infecção, espinha ou até mesmo uma verruga.

Neste artigo vamos mostrar o que pode ser dando informações que podem te ajudar a descobrir o que está acontecendo com seu corpo.

Vamos conferir?

O que é Foliculite?

A foliculite nada mais é do que a inflamação causada por pelos encravados. Os pelos podem se encravar quando crescem de forma errada, curvando-se e ficando presos sob a pele.

Isso pode acontecer em mulheres que tem o hábito de depilar a parte íntima com lâminas, pinças ou ceras. Mulheres negras também tem maior predisposição a ter foliculite, uma vez que possuem pelos mais grossos e enrolados.

Apesar de ser um problema simples, a foliculite pode apresentar complicação quando há uma infecção secundária. Se este é o caso além da inflamação você deve notar a presença de secreção purulenta.

Tratamento

O pelo encravado geralmente é eliminado sem ser preciso intervir com tratamento, no entanto para ajudar você pode tomar algumas atitudes como:

  • Fazer compressas mornas;
  • Usar calcinha de algodão;
  • Evitar usar roupas apertadas e de tecido sintético;
  • Tomar o devido cuidado na hora de higienizar a pele;
  • Procure saber e utilizar um método adequado de depilação para seu tipo de pele.

No entanto se houver outra infecção associada o indicado é ir ao ginecologista e seguir o tratamento, que geralmente se baseia no uso de pomadas e antibióticos.

O que é Espinha na Vagina?

As bolinhas na vagina também podem ser espinhas. Elas geralmente aparecem na região da vulva, na virilha, na entrada da vagina ou nos grandes ou pequenos lábios. Além da inflamação é comum a área ficar dolorida.

A espinha geralmente ocorre devido à obstrução das glândulas sebáceas. Elas podem ser causadas por alterações hormonais, consumo em excesso de alimentos feitos com açúcar, farinha branca e leite desnatado, suor excessivo no local, depilação com lâmina ou falta de higiene.

Tratamento

As espinhas geralmente são tratadas com uso de pomadas, banho de assento e até mesmo uso antibiótico em casos mais graves.

Além do uso dos medicamentos você deve tomar outras medidas para tratar as espinhas, como evitar que a região fique muito úmida, uma vez que as glândulas sudoríparas são bem numerosas nessa região.

Sendo assim use roupas frescas e de tecidos leves como o de algodão e cuide de sua higiene íntima.

Nunca esprema as espinhas, pois pode aumentar ainda mais a inflamação.

É importante que você vá ao ginecologista para ele indicar o tratamento o mais rápido possível, pois apesar de a espinha ser fácil de tratar pode ser sinal para outra doença, a hidradenite, que é uma doença inflamatória crônica que ocorre nas glândulas sudoríparas.

Furúnculo

O que Pode Ser Dicas de Menina
Foto: via Pt MedBook

O que é?

O furúnculo é uma infecção causada por bactérias. Ele tem a forma de um caroço amarelado, estando cheio de pus. Ele é gerado através de uma infecção na raiz do pelo.

Apesar de parecer com a espinha o furúnculo é bem diferente, podendo aumentar de tamanho com o passar do tempo, provocar coceira, demorar para melhorar, causar febre baixa e mal-estar.

Super Dicas de Compras

Roupas, bolsas, Make up e muito mais. Produtos escolhidos por nossa curadoria especialmente para você. Confira ;)

Tratamento

O normal é que o furúnculo se cure no máximo em duas semanas, podendo ser tratado em casa com a ajuda de compressas de água morna e remédios caseiros como a cebola e compressa de limão.

No entanto se passar de duas semanas é necessário ir ao médico e seguir o tratamento indicado, que geralmente se baseia no uso de sabão antisséptico para lavar a região genital, compressas de água morna para ajudar a retirar o pus e uso de pomadas antibióticas.

Como no caso da espinha você não deve tentar espremer o furúnculo, caso contrário a infecção pode piorar.

É importante que durante o tratamento você também coma alimentos mais saudáveis e evite comer alimentos gordurosos.

Inflamação das Glândulas da Vagina

O que é?

A vagina possui duas glândulas que são responsáveis por lubrificar o canal vaginal durante o contato sexual, as glândulas de Bartholin e de Skene.

As glândulas de Bartholin se encontram dos dois lados do canal vaginal enquanto que as glândulas de Skene se encontram no lado da uretra feminina, próximas à entrada da vagina. São essas glândulas que liberam o líquido que seria a ejaculação feminina.

Pode acontecer de essas glândulas inflamarem devido à concentração de líquido dentro delas, assim surge um pequeno caroço, que também pode ser chamado de cisto. Quando o cisto ocorre devido à inflamação das glândulas de Bartholin ele não apresenta dor, apenas inchaço. Nessa fase a cura pode acontecer naturalmente. No entanto a situação pode se agravar.

No caso das glândulas de Bartholin há a chance de se desenvolver a Bartolinite aguda, que é quando o líquido do interior das glândulas é infectado. Quando isso acontece a região fica vermelha, inchada e dolorida e até mesmo pode sair pus. E é aí que você deve recorrer ao médico.

Tratamento

O tratamento é baseado no uso de medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos. Em casos mais extremos pode até mesmo ser necessário realizar uma cirurgia.

No caso de cisto causado pela inflamação das glândulas de Skene a região além de inchada e vermelha fica dolorida, podendo infeccionar, formando um abscesso com pus.

Também deve ser procurado um ginecologista e nesse caso o tratamento é feito com o uso de antibióticos e da drenagem do pus através de um pequeno corte cirúrgico. Em casos mais drásticos pode até mesmo ser recomendado retirar a glândula de Skene cirurgicamente.

Cisto de Gartner

O que é?

Esse cisto ocorre durante a gravidez, quando há a obstrução do canal de Gartner. Esse canal tem como função a formação do sistema urinário e reprodutor do feto. Ele normalmente desaparece após o nascimento.

Nossas Dicas de Makeup

Roupas, bolsas, Make up e muito mais. Produtos escolhidos por nossa curadoria especialmente para você. Confira ;)

No entanto quando ele se mantém pode ficar com abundância de líquido, causando inflamação e por sua vez o cisto vaginal. Assim a criança mantém o cisto vaginal que pode não apresentar sintomas até a idade adulta.

Tratamento

Quando o cisto já é identificado após o bebê nascer, já é possível tratá-lo, através da aspiração do líquido ou a retirada do cisto em uma cirurgia.

Agora se o cisto se mantém na criança, ela só vai sentir os sintomas na idade adulta, entre os sinais que a mulher pode sentir estão: incontinência urinária, infecções urinárias, dor durante a relação sexual, sentir um caroço na região genital e dor no abdômen.

Varizes Pélvicas

O que Pode Ser Dicas de Menina
Foto: via Globo play

O que é?

As varizes pélvicas são veias dilatadas que podem aparecer na região da vagina, coxas e bumbum. Esse tipo de varizes é comum surgir após a gravidez, uma vez que normalmente o corpo dilata essas veias para poder transportar o sangue necessário para a gestação.

A causa também pode ser genética ou devido ao envelhecimento natural, que deixa as veias mais frágeis e menos elásticas.

Tratamento

Infelizmente não há cura para as varizes pélvicas, mas é possível tratá-las através de medicamentos que ajudam a diminuir a dilatação das veias, caso não dê certo também é possível fazer a embolização das veias para diminuir a variz e aumentar a resistência da parede das veias.

É importante fazer o tratamento, pois embora as varizes pélvicas não serem perigosas pode haver risco de formar coágulos no interior das veias, podendo ser transportados até o pulmão e resultar em embolia pulmonar.

Como essas varizes podem passar para outras partes do corpo como as pernas, também é indicado durante o tratamento o uso de meias elásticas.

Herpes Genital

O que é?

A herpes genital é uma infecção sexualmente transmissível causada pelo vírus HSV-2. Essa infecção é transmitida durante ato sexual sem proteção. Entre seus sintomas estão: coceira, bolhas, úlceras, feridas genitais e dor. As feridas podem aparecer na vagina, vulva e colo do útero.  Também pode haver feridas no bumbum, boca e ânus, dor ao urinar e corrimento vaginal.

Durante os primeiros dias de contágio a mulher também pode apresentar sintomas parecidos com os da gripe, como falta de apetite, febre, mal-estar e dores musculares.

Essa infecção não tem cura, pois o vírus se esconde nas células nervosas, permanecendo no corpo em estado de latência (como se estivesse dormindo).

Durante a vida a mulher pode ter novas crises que pode ser ocasionada por cansaço, irritação genital, menstruação, estresse ou trama. As crises podem ser contínuas ou espaçadas.

Apesar de não ter cura é importante realizar o tratamento, pois ele ajuda a evitar as crises, impedindo que a infecção cause complicações e se espalhe pelo corpo.

Tratamento

O tratamento se baseia no uso de medicamentos antivirais que vão aliviar os sintomas, curando as lesões mais rapidamente.

Também é possível usar remédios caseiros para ajudar no tratamento, sendo muito utilizados extratos de própolis, alho, óleo de rícino e chá de camomila.

Verruga Genital

O que é?

A verruga genital é uma infecção sexualmente transmissível causada pelo vírus HPV (Papilomavírus Humano). As verrugas geralmente são pequenas (e de tão pequenas podem até mesmo ser microscópicas), podendo ter aparência de caroço ou couve-flor.

Tratamento

Geralmente o próprio organismo se encarrega de eliminar o vírus, assim o organismo não apresenta sintomas.

No entanto quando começam a causar desconforto as verrugas devem ser tratadas. Entre os sintomas que a infecção pode causar estão: inchaços cor de carne ou cinza na região da vulva, verrugas bem próximas uma da outra com aspecto couve-flor, coceira e sangramento durante a relação sexual.

Em caso de desconforto deve ser consultado um médico que passará medicamentos para aliviar os sintomas até que a doença seja curada.

Candidíase

O que Pode Ser Dicas de Menina
Foto: via A Revista da Mulher

O que é?

A candidíase é uma infecção causada pelo fungo Candida. Esse fungo normalmente existe no organismo, no entanto quando o sistema imunológico está fraco, ele pode se multiplicar bastante, assim gerando a infecção.

Isso pode acontecer devido a alguns fatores como ter relação sexual sem camisinha, usar frequentemente certos medicamentos como antibióticos, anticoncepcionais e corticoides, durante a gravidez, menstruação, doenças que deixam o organismo mais fraco como diabetes, AIDS, HPV e lúpus, usar com frequência roupas apertadas ou molhadas, andar descalça, partilhar luvas, fazer higiene íntima mais de duas vezes ao dia.

Entre os sintomas da candidíase estão: a formação de placas esbranquiçadas na vagina, coceira intensa, vermelhidão, inchaço, corrimento esbranquiçado, dor ao urinar e durante relação sexual.

Tratamento

O tratamento é feito através do uso de medicamentos antifúngicos e pomadas. Também durante esse tempo é preciso seguir algumas recomendações como: usar calcinha de algodão, lavas a região íntima com sabonete neutro, dormir sem roupa íntima quando possível, evitar absorventes internos e relação íntima sem proteção.

Além disso, você também pode usar remédios caseiros para ajudar, fazendo banho de assento com chá de folhas de barbatimão.

Hidradenite Supurativa

O que é?

É uma doença inflamatória crônica, caracterizada por causar caroços na pele. Esses caroços costumam aparecer em regiões da pele onde há muita fricção, como virilhas, nádegas, seios e axilas.

Essa doença é causada pela obstrução dos poros das glândulas apócrinas, as quais tem a função de produzir suor. Quando acontece a obstrução dos poros há a ruptura da glândula, resultando em sua inflamação e a formação de caroços.

Esses caroços se parecem com furúnculos, são doloridos e podem estourar. Essa doença costuma aparecer em adolescentes e jovens.

Além dos caroços outros sintomas da doença compreendem: caroços que aumentam de tamanho, demora para cicatrizar os caroços que estouraram, presença de pus com odor desagradável, cravos pretos na pele e cicatrizes que se formam após a cicatrização.

Tratamento

Infelizmente não há cura para essa doença, mas existe tratamento. O tratamento consiste no uso de cremes, sabonetes, medicamentos, tratamentos a laser e até mesmo cirurgias, em último caso.

Também há atitudes que podem ajudar no tratamento como colocar compressas de água morna para reduzir a inflamação, manter a área limpa com sabonetes antissépticos, usar roupas confortáveis para evitar irritações na pele e perder peso para diminuir as áreas do corpo que causem fricção.

Dica

Ao notar bolinhas na vagina é importante que você consulte um ginecologista para tirar suas dúvidas. Pois o médico poderá diagnosticar o problema e te indicar qual o melhor tratamento para seu caso.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Como tirar ferrugem da roupa? Dicas de Menina

Como tirar ferrugem da roupa? Bicarbonato, Vanish!

O que Pode Ser Dicas de Menina

Mau Cheiro na Vagina, o que Pode Ser?